17 de setembro de 2011

Copa do Mundo 2014 é um momento de afirmação do Brasil


Pelé, Dilma e Fernando Pimentel no ato de anuncio de
 investimentos do PAC Copa - foto Roberto Stuckert Filho

Ao anunciar R$ 3,16 bilhões do PAC Mobilidade Grandes Cidades para a região metropolitana de Belo Horizonte (MG) nesta sexta-feira (16/9), a presidenta Dilma Rousseff afirmou que investir em infraestrutura é uma maneira de dizer ‘não’ à crise internacional e um ‘sonoro sim’ ao crescimento e à melhoria de vida da população. Os recursos do PAC 2 serão utilizados na revitalização do metrô da cidade, na implantação de terminais metropolitanos em sete municípios da região e na complementação do Complexo da Lagoinha, obras que, segundo a Presidenta, representarão um dos legados que a Copa do Mundo 2014 deixará à população de Minas Gerais e de todo o país.

“Quero concentrar essa cerimônia para que Belo Horizonte e Minas Gerais tenham de fato não só um legado da Copa, mas tenham de fato uma infraestrutura de transporte à altura da importância do estado de Minas Gerais.”
  
A presidenta Dilma Rousseff e o rei Pelé visitam as obras do estádio Mineirão e fazem menção ao início da contagem regressiva para a Copa do Mundo. Foto: Roberto Stuckert Filho/PR

A Presidenta fez menção ao início da contagem regressiva para a Copa do Mundo 2014 – já que a partir desta sexta-feira faltam mil dias para o início do Mundial –, e disse que as obras na capital mineira nascem sob bons auspícios do rei Pelé, embaixador honorário da Copa, “um especialista em mil” – ao longo de sua carreira profissional, Edson Arantes do Nascimento, o Pelé, fez 1.283 gols.

Ela afirmou, ainda, que a Copa do Mundo se dá em um momento muito importante para o Brasil, quando o país incluiu na classe média 40 milhões de pessoas, um esforço permanente e que tem continuidade com o Plano Brasil sem Miséria, que visa retirar da pobreza extrema 16,2 milhões de brasileiros.

“Uma Copa do Mundo é um momento de afirmação do país. De afirmação da sua capacidade de organizar, talvez, um dos maiores eventos internacionais.”

À população mineira, a presidenta deixou um recado: ela voltará ao estádio Mineirão no dia 21 de dezembro de 2012 para assistir a um gol do rei Pelé. Antes do evento, a Presidenta se encontrou com trabalhadores durante visita às obras de revitalização do Estádio Governador Magalhães Pinto (Mineirão) e conheceu as obras do Trânsito Rápido de Ônibus (TRO) Antonio Carlos.

Durante a visita ao Mineirão, a presidenta recebeu a camisa 10 do Atlético-MG com o nome dela nas costas e uma camisa da seleção brasileira simbolizando os mil dias para o início da Copa do Mundo da Fifa 2014. Dilma Rouseff passeou pelo empreendimento e observou a maquete que mostra como uma projeção da arena mineira.

Com informações Blog do Planalto

Nenhum comentário:

Postar um comentário

A Administração do Blog de Altaneira recomenda:
Leia a postagem antes de comentar;
É livre a manifestação do pensamento desde que não abuse ou desvirtuem os objetivos do Blog.