10 de julho de 2020

Bolsonaro diz que cumpre medidas de isolamento "para evitar críticas"

O presidente mais uma vez minimizou a pandemia e pediu a volta do comércio (Foto: Divulgação/YouTube)

Mais uma vez com problemas de conexão de internet, o presidente Jair Bolsonaro fez a habitual transmissão ao vivo na rede social Facebook, nesta quinta-feira (09/07). Desta vez, devido à infecção por covid-19, a transmissão foi um pouco diferente. Sozinho, sem nem mesmo a intérprete de libras, o presidente explicou a diferença.

"Tem um cara aqui a 10 metros de distância. Não tem problema de estar infectando ninguém. Até mesmo para evitar críticas", afirmou.  Ao anunciar que estava contaminado, o presidente chegou a tirar a máscara perto de repórteres e recebeu críticas pelo ato. 

O presidente mais uma vez minimizou a pandemia, mesmo tendo contraído o vírus, e pediu a volta do comércio.  "Só quem precisa se preocupar é o idoso, meu caso, tenho 65 anos, mas os jovens, se contrair o vírus, não precisam entrar em pânico", afirmou.

Bolsonaro aproveitou para justificar os vetos à lei das máscaras, que rendeu muitas críticas. Os textos sancionados retiram a proteção a população indígena e a obrigatoriedade de uso de máscaras em igrejas e presídios.

"Tinha artigo que falava para eu fornecer EPIs para quilombolas, indígenas, e eu não tenho recurso para isso, Mas se o Congresso quiser derrubar o veto, pode derrubar, mas a gente entra na Justiça. Obrigava a usar em locais fechados, então até eu seria multado aqui", afirmou.

Com informações portal Correio Braziliense

Leia também:

 

Bolsonaro entrará na Justiça se Congresso derrubar vetos sobre máscaras



Nenhum comentário:

Postar um comentário

A Administração do Blog de Altaneira recomenda:
Leia a postagem antes de comentar;
É livre a manifestação do pensamento desde que não abuse ou desvirtuem os objetivos do Blog.