17 de agosto de 2017

TRE anuncia extinção de 18 zonas no interior

Plenário do TRE-CE (Foto: Ascon/TRE-CE)
O pleno do Tribunal Regional Eleitoral do Ceará (TRE) aprovou, por unanimidade, na manhã de ontem (16/08),a Resolução TRE-CE nº 661/2017 que será enviada ao TSE para análise e aprovação do rezoneamento que reduzirá de 123 para 109 o número de zonas eleitorais em todo o Estado do Ceará, sendo que, em Fortaleza, aumentará de 13 para 17 o total de zonas.

16 de agosto de 2017

Reajuste de salário de servidores públicos pode ser adiado em um ano

O ministro do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão, Dyogo de Oliveira, anunciou ontem (15/08)) que pretende adiar em 12 meses do reajuste de salário para os servidores públicos do Executivo federal. 

Pelo acordado inicialmente, as categorias teriam aumento a partir de agosto deste ano ou janeiro do ano que vem. O congelamento do reajuste não atinge os militares.

15 de agosto de 2017

Presidentes do TJCE e da Assembleia tratam sobre o projeto da nova Organização Judiciária

Os presidentes Gladyson Pontes e Zezinho Albuquerque trataram do projeto (Foto: Ascon/TJ-Ce)
O presidente do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE), desembargador Gladyson Pontes, esteve reunido ontem (14/08) com o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Zezinho Albuquerque. Na ocasião, trataram de pontos específicos do projeto da nova Lei de Organização Judiciária do Estado, objeto da Mensagem nº 03/2017, enviada à Assembleia no dia 4 de julho.

Secretário de Governo diz ser favorável a legalização do rateio do Fundef

Apesar do prefeito municipal Dariomar Rodrigues (PT) anunciar que só rateia os recursos do antigo Fundef com decisão judicial em o última instância, o secretário de Governo, professor Claudovino Soares, disse ser favorável a legalização do procedimento.

“Portanto, deixo bem claro que o meu posicionamento na condição de governo é favorável a legalização do procedimento e não a negação de direitos” disse o secretário em comentários na rede social Facebook.

14 de agosto de 2017

Continua indefinido rateio do precatório do Fundef em Altaneira

Professores de Altaneira na Assembleia do SINSEMA (Foto: João Alves)
O Sindicato dos Servidores Municipais de Altaneira (Sinsema) reuniu na manhã de ontem (13/07), a classe dos profissionais do magistério em Assembleia Extraordinária com o propósito de mais uma vez debater, analisar e encontrar saída para o embaraço que se gerou com os recursos provenientes do precatório do antigo Fundo de Manutenção e Desenvolvimento do Ensino Fundamental e de Valorização do Magistério (Fundef).

Presidente do PDT propõe chapa quase pura no Ceará

O presidente do PDT, Carlos Lupi, anunciou que o partido já tem chapa para as eleições de 2018 no Ceará. 

Em encontro regional do partido em São Gonçalo do Amarante, no último sábado, o dirigente afirmou que a chapa terá Ciro Gomes para presidente, Camilo Santana (PT) para governador e lançará ainda dois candidatos para as vagas no Senado: Cid Gomes e André Figueiredo.

Papa questiona fé de cristãos que consultam horóscopos e cartomantes

O papa Francisco afirmou neste domingo (13/08) que a fé não é uma fuga dos problemas, mas, sim, o que dá sentido à vida. Para Francisco, cristãos que consultam "cartomantes e horóscopos" não tem "fé tão forte".
 
Durante a Oração do Ângelus no Vaticano, o pontífice disse que, quando os fiéis não se "apegam à palavra do Senhor e, para ter mais segurança, consultam horóscopos e cartomantes, a pessoa começa a chegar ao fundo".

13 de agosto de 2017

Ciro diz preferir Alckmin a Doria

Pré-candidato a presidente pelo PDT, o ex-ministro Ciro Gomes disse ontem que o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), possui mais “autoridade e legitimidade” do que o prefeito da capital paulista, João Doria (PSDB), para disputar pela Presidência da República.

Em entrevista ao jornal O POVO, Ciro classificou Doria como um “aventureiro” e destacou qualidades pessoais de Alckmin para a disputa. “Acho que ele tem muito mais autoridade e legitimidade, embora eu discorde dele em tudo, do que um aventureiro como o João Doria”, disse Ciro ontem (12/08), durante evento estadual do PDT em São Gonçalo do Amarante.

A eleição que o Brasil terá em 2018 se aprovada a Reforma Política

Uma semana depois da votação que arquivou denúncia contra o presidente Michel Temer (PMDB), a Câmara dos Deputados já estava em outra. Desde quarta-feira, 9, a comissão especial da reforma política desenha as próximas eleições, aprovando mudanças como a criação de fundo público bilionário para as campanhas e o controverso “distritão”, que transforma a disputa de deputados e vereadores em sistema similar à majoritária.

12 de agosto de 2017

Cabo Sabino critica oposição no Ceará e elogia Camilo

O deputado federal Cabo Sabino (PR), eleito na aliança com Capitão Wagner (PR) em 2014, criticou a oposição no Ceará e elogiou a gestão do governador Camilo Santana (PT). 

Ele declarou que os adversários do petista estão “adormecidos” e que a “individualidade” tem dificultado as articulações para o lançamento de uma candidatura com musculatura eleitoral de disputa com Camilo.

11 de agosto de 2017

Prefeito de Altaneira pede desculpas por informações equivocadas sobre Fundef de Potengi

O prefeito de Altaneira Dariomar Rodrigues (PT) fez publicar no portal oficial do Município uma Nota de Esclarecimento sobre sua fala na noite da última quarta-feira (09/10) na Tribuna da Câmara Municipal acerca dos recursos provenientes do precatório do antigo Fundef do Município de Potengi.

"Melhor deixar quieto" por Érico Firmo

Em toda crise — ou seja, quase 100% do tempo — a reforma política surge como consenso capaz de solucionar os problemas. Sempre fico preocupado, porque as propostas que aparecem costumam piorar as coisas ao invés de melhorar. 

Quando Eduardo Cunha (PMDB-RJ) presidia a Câmara, foi aprovada regra que livra os partidos de punição em caso de reprovação de contas eleitorais ou de a prestação nem ser apresentada. Só uma amostra do que são capazes quando falam da “solução” reforma política. Mudanças são necessárias, sim. 

Comissão da reforma política adia votação de destaques

Comissão Especial da Reforma Política vota destaques do texto aprovado (Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom)
A comissão especial da Câmara criada para analisar a Proposta de Emenda à Constitucional (PEC) 77/03, que propõe mudanças no sistema político-eleitoral brasileiro, adiou para a próxima terça-feira (15/08) a conclusão da votação dos destaques apresentados à matéria.