31 de janeiro de 2018

Prefeito não prorroga validade do Concurso Público de Altaneira

O prefeito Dariomar Rodrigues (PT), sem nenhum ato oficial ou mera comunicação aos interessados, deixou caducar o Concurso Público realizado na gestão anterior que teve seu prazo expirado no último domingo (28/01).

A Constituição Federal estabelece que o prazo de validade do concurso público é de até dois anos, prorrogável uma vez, por igual período. É a primeira na história política de Altaneira que a validade de um Concurso Público não é prorrogada.

"Não existe possibilidade", afirma Tasso sobre candidatura ao governo

Em conversa sobre a sucessão estadual de 2018, o senador Tasso Jereissati (PSDB) afirmou, ontem (31/01) que não será candidato ao Governo do Estado. O nome dele vinha sendo apontado como esperança pelo bloco de oposição para fazer frente à candidatura do governador Camilo Santana (PT).

“Não existe essa possibilidade. Evidentemente que nós estamos discutindo. O que está acontecendo hoje mostra que mais do que nunca é preciso que tenhamos uma forte e unida candidatura de oposição e eu tô ajudando nesse trabalho”, afirmou Tasso.

30 de janeiro de 2018

Sindicato dos Servidores de Altaneira quer manter Imposto Sindical

Extinta obrigatoriedade do desconto do Imposto Sindical a todos os trabalhadores da iniciativa privada e do serviço público pela reforma trabalhista, a direção do Sindicato dos Servidores Municipais de Altaneira (SINSEMA) pretende restituir o referido imposto para seus associados.

A presidente da entidade professora Lúcia Lucena convocou a Assembleia Geral para o próximo sábado (03/02) com a finalidade de aprovar a autorização da contribuição sindical que representa um dia de serviço dos servidores municipais a ser descontada no mês de março de cada ano.

Facebook divulga princípios sobre privacidade e lança campanha educativa

O Facebook divulgou ontem(29/01), pela primeira vez, seus princípios sobre a privacidade de dados dos usuários e anunciou uma campanha de esclarecimento sobre a política de privacidade da empresa. A iniciativa propõe explicar como a empresa utiliza os dados coletados de seus usuários e como estes internautas podem controlar as informações disponibilizadas em seus perfis.

29 de janeiro de 2018

Temer diz que sofre oposição radical, mas destaca falta de "povo nas ruas"

Amaury Jr. entrevista o presidente Michel Temer no palácio do Alvorada (Foto: Beto Barata)
O presidente Michel Temer afirmou que tem sofrido uma “oposição radical”, mas “curiosa”, porque não há manifestações contra ele na rua. Segundo medebista, isso ocorre porque a população está sendo capaz de notar a diferença entre o que ocorreu “no passado” e o que ocorre em seu governo. 

As silenciosas polêmicas da “tucana” Raquel Dodge por André Barrocal

O presente de grego que Michel Temer recebeu às vésperas do Natal do juiz Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF), uma intimação para responder em 15 dias a certas perguntas da Polícia Federal (PF), acelera o fim das investigações de um decreto presidencial sobre portos.

Quando o inquérito acabar, caberá à procuradora-geral da República, Raquel Dodge, decidir se há razão para denunciar à Justiça o peemedebista, de notórias e históricas ligações com empresários do porto de Santos, por algum crime.

28 de janeiro de 2018

A esperança que move o nordestino

Nuvem na Lagoa Seca, Zona Rural de Altaneira (Foto: José Evantuil)
A semana que passou foi tempo do cearense olhar para o céu. De encher o coração de alegria pelas alvíssaras que vieram da Funceme. Em 2018, a previsão acena com 40% de chances de chuvas acima da média histórica no Ceará. Não existia esperança tão nítida há seis anos. Tempo que veio a seca pelas bandas de cá, deixando as águas escassas, terras esturricadas, rios sem cheia, a alma entristecida, porém, nunca sem fé.

"O Brasil voltou. Voltou ao passado" por Fernando Brito

No Washington Post, o drama dos moradores de rua que voltaram a encher as calçadas de Copacabana e a de toda parte. No Le Monde, a “democracia em decadência” do Brasil.

Elite brasileira e (des)construção nacional por Cláudio Ferreira Lima

A elite é a classe dominante, dos donos do poder, que comanda todo o processo. Não ocupa, necessariamente, de forma direta, o topo do aparelho de Estado, ou seja, o governo, pois este, normalmente, é delegado como concessão às classes subalternas, que elegem seus representantes, em geral egressos da classe média. 

Nesses termos, o chefe do Executivo ocupará a função até quando não desagradar os donos do poder. Se o fizer, haverá um meio de alijá-lo.

27 de janeiro de 2018

Oposição continua sem nome para sucessão estadual

Os líderes da oposição saíram de mais uma reunião no gabinete do senador Tasso Jereissati (PSDB), na noite de ontem (26/01), sem um nome para disputar o cargo de governador do Estado nas próximas eleições. A ideia é que a escolha só seja concluída no fim de fevereiro.

Com a indicação e posterior recusa do deputado estadual Capitão Wagner (ainda no PR, mas de mudança para o Pros) para disputar o cargo este ano, o nome de Tasso volta a ser citado pelas lideranças como uma possibilidade, ainda que haja resistência. Também é ventilada a possibilidade de um nome novo, de fora do meio político.

Açudes só terão recarga a partir de março

Apesar do anseio do cearense em ver o resultado das chuvas, o aporte significativo nos açudes do Estado só deverá acontecer em março. As precipitações da pré-estação não resultam em um aumento na recarga dos reservatórios de imediato.

O abastecimento hídrico atual é de 6,7% da capacidade total dos açudes, segundo resenha divulgada ontem pela Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos (Cogerh).

26 de janeiro de 2018

Quem vai ser presidente? por Érico Firmo

A redemocratização brasileira é recente - há menos de 30 anos se voltou a eleger presidentes de forma direta. Nesse curto tempo, a população vai captando os sinais e formando alguns entendimentos de como funciona eleição. Mais ou menos como partida de futebol, tenta-se definir favoritos, azarões e antever resultados. Chega-se a algumas conclusões e se passa a tratá-las como sinais quase imutáveis. 

Algumas talvez sejam, outras contrariam certezas. Luiz Inácio Lula da Silva (PT) está na iminência de ser impedido de concorrer - ao não deixá-lo viajar para o Exterior, deu-se recado claro que candidato é que não deixarão mesmo que seja. Então, algumas máximas das eleições emergem e são colocadas em teste.

PT ensaia aproximação com Ciro Gomes

Ciro Gomes e Lula em conversa no ano passado (Foto: Ricardo Stuckert)
Numa tentativa de formar “ampla e sólida aliança” da esquerda em torno do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, a cúpula nacional do PT anunciou que buscará diálogo com lideranças de outras siglas. Entre elas, o ex-ministro cearense Ciro Gomes, pré-candidato à Presidência da República pelo PDT e nome que tem apresentado melhor despenho em pesquisas de intenção de voto depois do Lula, no bloco de esquerda.

25 de janeiro de 2018

Os melhores tempos do Circuito da Trilha Sítio Poças em Altaneira

201 ciclistas marcaram tempo no atual formato do Circuito Trilha Sítio Poças. São 193 homens e apenas 8 mulheres que participaram das 24 etapas do Municipal MTB de Altaneira e das duas últimas edições do Desafio MTB 3 Horas realizadas nos últimos dois anos (2016 e 2017).

Ex-prefeito de Altaneira se manifesta sobre Precatório do Fundef

O ex-prefeito Delvamberto Soares (PDT), após mais de seis meses de silêncio sobre as ações dos professores municipais para recebimento dos valores do Precatório do Fundef, finalmente se manifestou sobre o tema.

Em comentário a uma postagem da série #RestrospectivaBA2017 o prefeito justificou seu silêncio em virtude de não ter sido procurado pelo BA ou outro canal de comunicação para falar sobre o tema, mas que apesar da orientação dos advogado, é totalmente favorável ao rateio e teria feito como Gestor.

Imprensa internacional repercute a condenação de Lula em 2ª instância

Os desembargadores da 8ª Turma do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (Foto: Divulgação)
Assim que os desembargadores da 8ª Turma do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) rejeitaram o recurso do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e mantiveram sentença contra ele, meios de comunicação de diversos países repercutiram a decisão — que também resultou na ampliação da pena determinada pelo juiz federal Sérgio Moro.

Em discurso, Lula diz que nunca se iludiu com julgamento do TRF4

Lula discursou na Praça da República em São Paulo após o julgamento (Foto: Ricardo Stuckert)
Após os desembargadores da 8ª Turma do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4) terem confirmado a condenação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e aumentado a pena fixada na primeira instância para 12 anos e 1 mês de prisão, manifestantes reuniram-se na Praça da República, centro paulistano, para manifestar apoio ao ex-presidente. Lula participou do ato e fez o primeiro discurso após a condenação em segunda instância na Justiça Federal.

24 de janeiro de 2018

“Um país onde é proibido ser feliz” por Fernando Brito

Seja qual for o resultado da sessão do Tribunal Regional Federal que julga hoje o direito de que os brasileiros possam votar livremente daqui a nove meses, há uma sentença irrevogável e terrível contra o nosso país.

Temos, em toda a parte, uma elite má e mesquinha, incapaz do jogo democrático e sempre disposta a “melá-lo” depois de perder algumas mãos.

Protestos contra e a favor do ex-presidente Lula marcam véspera do julgamento

Manifestantes fizeram ato pela condenação de Lula em frente ao Tribunal Regional Federal, na Avenida Paulista (Foto: Rovena Rosa)
Na véspera do julgamento do recurso do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, marcado para esta quarta-feira (24/01) no Tribunal Regional Federal da 4ª Região, em Porto Alegre, manifestações contra e a favor da condenação foram realizadas em várias cidades do país no início da noite de ontem (23/01). O ex-presidente foi condenado em julho do ano passado pelo juiz Sérgio Moro, da 13ª Vara de Curitiba, a 9 anos e 6 meses de prisão pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro no caso envolvendo a compra de um tríplex no Guarujá, litoral de São Paulo.

Ruas de Porto Alegre divididas pela tensão do julgamento

A tensão nas ruas de Porto Alegre equivale a uma final de campeonato com torcidas rivais. A capital do Rio Grande do Sul é sede do Tribunal Regional Federal da 4a região, onde o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e outros seis réus serão julgados em segunda instância por acusações de corrupção e lavagem de dinheiro no âmbito da Operação Lava Jato.

Existem barreiras policiais e desvios no trânsito ao redor de prédios públicos, como a Assembleia Legislativa, onde houve eventos de apoiadores de Lula. Desde o meio-dia de ontem, todo o perímetro que circunda os prédios da Justiça, que inclui as sedes do Ministério Público Federal, da Justiça Federal e do próprio TRF-4 estão fechados.

Os caminhos que podem surgir com o julgamento de Lula

Sob olhares atentos e expectativas diversas de todo o País, começa hoje (24/01) às 7h30min (horário local) o julgamento histórico do ex-presidente Lula no Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4). 

Longe das redes sociais, onde grupos contrários defendem a prisão ou a declaração de inocência do petista, os cenários menos prováveis são exatamente estes. Tendência é de condenação, que pode ser unânime ou não, abrindo espaço para sua candidatura.

"Não aceito o complexo de vira-lata que tomou esse País" diz Lula em Porto Alegre

Lula discursou em ato no Centro de Porto Alegre (Foto: Ricardo Stuckert)
Em discurso em Porto Alegre ontem (23/01), véspera de seu julgamento em segunda instância na capital gaúcha, o ex-presidente Lula preferiu deixar em segundo plano a possibilidade de ter sua condenação confirmada pelo TRF-4 e atacou a elite brasileira, a quem chamou de "perversa", e o desmonte da soberania nacional.

23 de janeiro de 2018

Impacto político de um prognóstico positivo por Érico Firmo

A divulgação dos dados da Funceme foi presidida pelo governador Camilo Santana  (Foto: Carlos Gibaja)
Poucas notícias são tão boas para um estado sertanejo quanto o anúncio de boas chuvas. Ainda mais quando o Ceará ainda cura as cicatrizes da mais prolongada estiagem de sua história. Há, obviamente, de se ter cautela diante do prognóstico da Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme). É sempre uma análise de cenário, com percentuais de chances de se concretizar. O que se está falando é de uma probabilidade de chover mais do que a média histórica. O que não elimina a hipótese de as chuvas ocorrerem dentro da normalidade ou mesmo abaixo da média. Esse risco existe e está contemplado no panorama divulgado ontem.

Funceme prevê chuvas acima da média no Ceará em 2018

O presidente da Funceme, Eduardo Sávio, explicou que a situação é mais favorável em 2018 (Foto Marcos Studart)
Depois de seis anos de previsões que somente vislumbravam o prolongamento da seca, a maior da história do Ceará, o horizonte desponta favorável às chuvas acima da média. O prognóstico da Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme) para fevereiro, março e abril — o primeiro trimestre da quadra chuvosa, que segue até maio — veio a público ontem (22/01), no Palácio da Abolição. E as chances são de 40% de chuvas acima, 35% em torno e 25% abaixo do normal.

22 de janeiro de 2018

Presidente do STF suspende posse de Cristiane Brasil no Ministério do Trabalho

A presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Cármen Lúcia, suspendeu, na madrugada de hoje (22/01), a posse da deputada Cristiane Brasil (PTB-RJ) como ministra do Trabalho. 

Ela analisou reclamação do Movimento dos Advogados Trabalhistas Independentes (Mati), que contestou decisão do Superior Tribunal de Justiça (STJ) autorizando a posse da deputada. A cerimônia estava prevista para esta segunda-feira de manhã.

“A melhora requer compromisso de todos” por José Maria Gomes Pereira

Vivemos talvez um dos períodos mais difíceis de nossa história, onde a sociedade busca o caminho mais curto para solução de seus conflitos, e não percebe que esse atalho prejudica de forma perigosa a nossa democracia.

Tempos onde se fala e se deseja justiça de acordo com a conveniência de cada lado, justiça essa, sem a devida obediência ao ordenamento legal, instrumento legítimo para se mediar os conflitos de todas as naturezas, e fugir a essa regra é a barbárie ou a desordem, pois os tribunais de exceção a muito foram banidos pela civilização moderna.

Ciro disse que não vê complô da Justiça no caso Lula

Pré-candidato à Presidência da República pelo PDT, o ex-ministro Ciro Gomes afirmou ontem (21/01) em sua página no Facebook, que vai torcer para que a Justiça brasileira reconheça a inocência do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva em julgamento em segunda instância marcado para a próxima quarta-feira (24/01), no 4º Tribunal Regional Federal (TRF-4), em Porto Alegre.

Embora tenha dito que “é definitivamente constrangedor e inexplicável que nenhum quadro relevante do PSDB esteja preso apesar de fartas e robustas evidências de seu orgânico e ancestral envolvimento em corrupção”, ele negou que haja uma conspiração política no Judiciário contra Lula.

Projeto Farmácia Viva valoriza o conhecimento popular em prol da saúde

A coordenadora do horto na UFC, Mary Anne Bandeira (Foto: Mateus Dantas)
A gente aprende que ouvir vem em primeiro lugar. E é assim, ouvindo, que se produz ciência no projeto Farmácia Viva, da Universidade Federal do Ceará (UFC). Por meio do saber popular e dos usos das ervas medicinais, o programa acadêmico atua catalogando, distribuindo e ensinando o melhor preparo fitoterápico de cada erva. A premissa é dar de volta à comunidade o saber produzido por ela mesma.

21 de janeiro de 2018

A seca impulsionou o estudo de alternativas de uso da água do mar

A Usina deverá ser construída na área do Porto do Mucuripe em Fortaleza (Foto: Evilázio Bezerra)
A discussão sobre o uso ou não da água do mar não é nova e ganha força nos períodos mais críticos de seca, como a de agora. Consultor em recursos hídricos, Hypérides Macêdo diz que, em 1997, quando era secretário de Recursos Hídricos na gestão do então governador Tasso Jereissati, chegou a ir à região da Costa Dourada, entre Barcelona e o sul da Espanha, para conhecer plantas de dessalinização.

“O Ceará que precisa olhar para o mar” por Irna Cavalcante

Usina poderá operar na Região Metropolitana (Foto: Evilázio Bezerra)
O Ceará é banhado por mais de 573 quilômetros de faixas de praia. É em torno delas que pulsam o turismo, a pesca, o lazer, dentre outros pilares da economia do Estado. Mas a água potável – aquela que se bebe, faz comida e é essencial para as atividades econômicas funcionem – vem distante. Mais precisamente dos açudes de Orós e Castanhão, que, mais uma vez, correm o risco de entrar em colapso, após seis anos consecutivos de seca. Em muitos países, dessalinizar a água do mar é a alternativa para evitar o desabastecimento do consumo humano.

Vice-presidente do STJ suspende decisão que impedia posse de Cristiane Brasil como ministra

O ministro Humberto Martins, vice-presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), no exercício da presidência, suspendeu ontem (20/01) a decisão da 4ª Vara Federal de Niterói que impedia a posse da deputada federal Cristiane Brasil (PTB-RJ) como ministra do Trabalho.

Por meio de nota, o STJ informou que, ao analisar o caso durante o recesso forense, o ministro Humberto Martins concordou com os argumentos da Advocacia-Geral da União (AGU) “no sentido de que condenações em processos trabalhistas não impedem a deputada de assumir o cargo, já que não há nenhum dispositivo legal com essa determinação”.

20 de janeiro de 2018

"Os três juízes e as três promotoras da mídia" por Fernando Brito

Montagem com a matéria especial da revista veja sobre o julgamento de Lula e as capas das três principais revistas do Brasil
Não são apenas Lula e a liberdade das eleições que estarão em jogo na quarta-feira. É, também, o papel das três grandes revistas brasileiras – Veja, Época e – sobrevivendo com as verbas de Temer – a Istoé – como “força tarefa” da Lava Jato.

Especialista diz que sociedade precisa estar preparada para viver com menos água

O diretor-presidente da Aadasa, Paulo Salles, e o diretor da agência Jorge Enoch Furquim Werneck Lima participam de palestra sobre o 8º Fórum mundial da Água, (Foto: José Cruz)
O diretor-presidente da Agência Reguladora de Águas, Energia e Saneamento do Distrito Federal (Adasa), Paulo Salles, disse ontem (19/01) que a sociedade precisa estar preparada para viver com menos água e que isso implica, do ponto de vista tecnológico, na aposta em técnicas de reúso da água. Durante palestra na Empresa Brasil de Comunicação (EBC), o biólogo falou sobre os preparativos para o 8º Fórum Mundial da Água, que ocorrerá em Brasília de 18 a 23 de março.

2018 já mudou o panorama da eleição no Ceará por Érico Firmo

Os 20 dias decorridos do ano que começa foram suficientes para mover peças importantes na sucessão estadual do Ceará e provocou transformações profundas na oposição. 

Um movimento já vinha em curso e se consolidou: o MDB deixou o bloco que se contrapõe ao governador Camilo Santana (PT) na Assembleia Legislativa.

19 de janeiro de 2018

O voto nulo não anula eleição por Paulo Roberto Queiroz

Em 7 de outubro próximo, todos os eleitores terão a chance de escolher ocupantes para seis cargos: deputado estadual, governador, deputado federal, dois cargos de senador e presidente da República.

Sendo ano eleitoral, multiplicam-se nas redes sociais mensagens que, apesar de falsas, são compartilhadas à exaustão. Um dos textos que chama atenção diz: “segundo a legislação brasileira, se a eleição tiver 51% de votos nulos, o pleito é anulado e novas eleições têm que ser convocadas imediatamente; e os candidatos não eleitos ficarão impossibilitados de concorrer nesta nova eleição”.

Número de ações trabalhistas cai 57% no Ceará após reforma

Sede do Tribunal Regional do Trabalho em Fortaleza (Foto: Arquivo do BA)
O antes e depois da reforma trabalhista já podem ser contabilizados nas 37 varas do Trabalho no Ceará. Enquanto que, em outubro de 2017, foram 7.952 novos processos na Justiça, em dezembro, um mês após a entrada em vigor das mudanças, o número de novas ações caiu para 3.450, uma retração em torno de 57% quando comparados os períodos.

18 de janeiro de 2018

Presidente em exercício da Câmara não crê em votação da Previdência neste ano

O presidente em exercício da Câmara, Fábio Ramalho (MDB-MG), afirmou ontem (17/01) que não acredita que a reforma da Previdência seja votada este ano em plenário. 

Depois de participar de cerimônia no Palácio do Planalto de liberação de recursos para programa de educação em tempo integral, Ramalho declarou que não houve avanço na quantidade de votos favoráveis à proposta e que a reforma pode ficar para 2019.

"O partido mutante ganha novo uso" por Érico Firmo

Poucas coisas são tão erráticas na política do Ceará quanto a trajetória do Pros. O partido muda de lado e de orientação política sem constrangimento ou cerimônia. É uma carcaça burocrática, que serve e se serve dos interesses passageiros de políticos.

A sigla ganhou relevância no Ceará em 2013, quando a família Ferreira Gomes e seu séquito de deputados, prefeitos e vereadores a escolheu como abrigo ao abandonar o PSB, por cujo controle tanto havia lutado. As brigas logo começaram.

Capitão Wagner anuncia que sai do PR para se filiar ao Pros

O deputado estadual Capitão Wagner está de saída do Partido da República (PR) com destino ao Partido Republicano da Ordem Social (Pros). A mudança deve ser anunciada oficialmente hoje (18/01).

Em entrevista ao jornal O POVO, ele revelou que a intenção é consolidar mais um partido na oposição.

17 de janeiro de 2018

Altaneira realizará quinta edição do Campeonato de MTB

Diretoria da ACICA e ciclistas em reunião (Foto:  Aderson Pereira)
A diretoria da Associação dos Ciclistas de Altaneira (ACICA) decidiu em reunião na tarde de ontem (16/01) pela realização do Campeonato Municipal MTB de Altaneira, que pelo quinto ano seguido será realizado no circuito da Trilha Sítio Poças, localizado nas margens da CE-388, na entrada da cidade.

Cid e a construção da plataforma de Ciro por Érico Firmo

Dentro do projeto nacional dos Ferreira Gomes, o ex-governador Cid Gomes (PDT) publicou artigo no site da revista Carta Capital no qual, essencialmente, defende as bases da pré-canditadura presidencial de Ciro Gomes (PDT).

O texto trata de situar Cid Gomes no plano nacional. O espaço de artigos é comumente ocupado por Ciro, na busca de dialogar com segmentos de centro-esquerda, sobretudo no Sudeste. 

Temer afasta quatro vice-presidentes da Caixa

Na semana passada, o Palácio do Planalto disse que não cumpriria a recomendação (Foto: Valter Campanato)
O presidente Michel Temer determinou o afastamento de quatro dos 12 vice-presidentes da Caixa Econômica Federal (CEF) por um período de 15 dias. Em nota, o Palácio do Planalto informou que esse será o prazo para que eles apresentem defesa das acusações de que são alvo.

16 de janeiro de 2018

Maia diz que se Previdência não for votada em fevereiro, não será mais

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), afirmou ontem (15/01), em Washington, que, se o governo não conseguir os votos necessários para aprovar a reforma da Previdência em fevereiro, a Câmara não votará mais a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 287/2016. O início da discussão da matéria está previsto para 19 de fevereiro.

“Na minha opinião, se não conseguir voto em fevereiro, não vota mais. Depois, nós vamos ter outras agendas que precisam avançar”, disse o deputado. 

Regulamento do Campeonato Municipal MTB de Altaneira 2018


1. DA COMPETIÇÃO
1.1. O Campeonato Municipal de Ciclismo de Altaneira é uma competição disputada com bicicleta específica para o MTB, criado com o intuito de incrementar e difundir o Mountain Bike no Município.
1.2. A competição será disputada em 10 etapas a ser realizadas nas seguintes datas:
1.2.1. Primeira Etapa: 25/02/2018;
1.2.1. Segunda Etapa: 25/03/2018;
1.2.1. Terceira Etapa: 29/04/2018;
1.2.1. Quarta Etapa: 27/05/2018
1.2.1. Quinta Etapa: 24/06/2018;
1.2.1. Sexta Etapa: 29/07/2018;
1.2.1. Sétima Etapa: 26/08/2018;
1.2.1. Oitava Etapa: 30/09/2018;
1.2.1. Nona Etapa: 28/10/2018;
1.2.1. Décima Etapa: 24/11/2018;
1.3. As etapas da competição serão disputadas em 6 voltas no Circuito da Trilha Sítio Poças, no Município de Altaneira com largada às 9h (nove horas), com exceção da última etapa que a largada será às 16h. (dezesseis horas).
1.4. A ordem dos ciclistas na Largada será de acordo com a Classificação Geral, alinhando de quatro em quatro.
1.5. O número da placa do ciclista nas etapas é o da sua posição na Classificação Geral. Na primeira etapa o número será a posição na Classificação Geral em 2017, a numeração dos demais ciclistas será por ordem de inscrição.
1.6. Ao final da etapa a placa deve ser devolvida na Comissão Organizadora. Em caso de dano ou extravio da placa o ciclista pagará a multa no valor de R$ 20,00 (vinte reais).  

O estranho distanciamento entre o contexto nacional e o cenário cearense por Érico Firmo

Os pilares da oposição na campanha de 2016 (Foto: Mateus Dantas)
O veto do senador Tasso Jereissati (PSDB) a uma aliança com Jair Bolsonaro (PSC-RJ) provavelmente deu ao Capitão Wagner (PR) o pretexto que queria para desistir de concorrer ao Governo do Estado. Diante da falta de alternativas, ele disse estar disponível. Mas, ao se deparar com as dificuldades, recuou. A oposição cearense tem, ou tinha, três pilares: Tasso, Wagner e Eunício Oliveira (PMDB). Nenhum deve concorrer ao governo.

Heitor atribui baixas na oposição “à horrenda dinâmica da política”.

O governador Camilo Santana (PT) nunca teve uma oposição que ameaçasse seus projetos na Assembleia, mas chegou a ter mais de um terço dos deputados estaduais na oposição, passados três anos, a gestão conseguiu praticamente anular as principais forças opositoras. 

Pelo menos nove siglas integravam as fileiras opositoras ao governador em 2015. Uma a uma, no entanto, foi deixando o posto. A articulação do governador Camilo Santana e de aliados, pelos bastidores, acabou mudando de lado partidos como o PV, PPS, PMB, DEM, e por fim, o MDB, maior partido adversário nos últimos anos. 

Grupo de Eunício Oliveira abandona oposição a Camilo Santana

Liderando a bancada de oposição ao governador Camilo Santana (PT), logo após a derrota do senador Eunício Oliveira (MDB) ao Palácio da Abolição, ainda em 2014, o MDB não mais se declara pertencente à ala opositora ao petista na Assembleia Legislativa do Ceará (AL-CE), três anos passados desde o racha do grupo.

O presidente estadual da legenda, Gaudêncio Lucena, reconhece que a chamada “parceria institucional” entre o governador e o presidente do Congresso Nacional “fez com que aquele discurso de oposição que vinha se caracterizando no partido, ao longo deste mandato, houvesse uma reversão”.

15 de janeiro de 2018

Profetas da chuva fazem previsões e são otimistas sobre o inverno cearense em 2017

Profetas populares reunidos em Quixadá (Foto: Ceza Cristóvão)
Em Quixadá, dezenas de homens e mulheres que cresceram lendo a natureza discutiram sobre a possibilidade de chuvas no Ceará em 2017. É o 22º Encontro dos Profetas da Chuva, que este ano enfrenta a ansiedade de um possível sexto ano de seca severa no Estado. De acordo com as apresentações deste sábado (13/01) , a quadra chuvosa será positiva, mas ainda em intensidade insuficiente para recarregar os reservatórios.

14 de janeiro de 2018

Se o Facebook virar Orkut, algo virá em seu lugar por Fernando Brito

Tanto quanto posso – difícil em meio à continuada crise brasileira – tenho acompanhado de longe a discussão sobre as mudanças de política do Facebook, que envolve “fake news”, direcionamento de conteúdo e, diz o “dono” da ferramenta, Mark Zuckerberg, a decisão de privilegiar redes de amigos sobre conteúdo jornalística (ou pseudojornalístico).

A semana em que Bolsonaro apanhou por Guálter George

O momento pode ser interessante para o deputado federal Jair Bolsonaro, no sentido de se perceber a consistência real do seu projeto de disputar a presidência da República em 2018.

Foi uma semana de artilharia pesada contra o parlamentar, alvo de uma série de denúncias que animaram o noticiário político em pleno recesso do Congresso, restando-nos a curiosidade sobre o efeito que tudo isso terá sobre o eleitorado.