29 de junho de 2010

Heloisa Bitu vence promoção do Blog












A foto a lado enviada por Heloisa Bitu Ferraz retrata parte de uma Coroação de maio de 1946.

Junto com a foto Heloisa enviou o seguinte artigo:

As Coroações de Nossa Senhora da Conceição da Vila Santa Tereza

Segundo as mulheres da antiga Vila de Santa Tereza a primeira coroação de Nossa Senhora, atividade tradicional do mês de maio, foi organizada pela professora: Maria de Lurdes Araújo na década de 40, quando esta veio de mudança de Santana do Cariri para a antiga casa do Sr. Miguel Leite.
Experiente nas coroações de sua terra natal, ela logo tratou de ensinar às crianças e adolescentes da comunidade os versos e as cantigas de cada personagem para a noite de veneração à Maria, mãe de Deus. Estes personagens eram: A ESTRELA DALVA, O DIA, O SOL, A NOITE, A LUA, A FÉ, A ESPERANÇA, A CARIDADE, A VIRGEM, BERNADETE, O CORAÇÃO DE JESUS e OS ANJOS.
O primeiro anjo a coroar Nossa Senhora da Conceição na Vila de Santa Tereza foi: Maria Risalva de Oliveira, que no ápice da apresentação não conseguiu cantar os versinhos de tão tímida que era, sendo acompanhada por outro anjo que estava mais abaixo do altar.
Nesta mesma vez participaram também: Lindalva Gino, Zenilda Bitú, Nenzinha Araújo, Alaíde de Almeida, Tintina Adriano, Maria Lino (de Cícero Ferreiro), Cleomar e Cecília Almeida, Aldenora de Chico Agostinho, Terezinha de Chico Fenelon, Roseli Gonçalves e Zelinda Bitú.
Nos anos seguintes a professora Maria de Lurdes ficou organizando as Coroações na Vila, sempre contando com a ajuda de Dona Raimunda Venâncio (Dona Dodó), que aprendeu os versos, como preparar as coroas, roupas e a substituiu no ofício por muitos anos como é de conhecimento de todos.

FOTOGRAFIA: (da esquerda pra direita): Roseli Gonçalves (anjo), Nenzinha Araújo (a virgem), Zenilda Bitú (o dia) e Zelinda Bitú (anjo). Fontes: Zenilda Bitú e Maria Risalva.

Heloisa recebe o merecido prêmio do Administrador do Blog Raimundo Soares Filho

28 de junho de 2010

Nosso Patrimônio Histórico e Cultural está sendo destruído

Mais uma residência antiga foi destruído para construção de prédio comercial - foto Raimundo Soares
Em 27 de maio de 2009 criamos no sítio de relacionamento Orkut um álbum de imagens e postamos um texto na Comunidade "Altaneira - Ceará", denunciando a destruição do nosso patrimônio histórico e cultural, principalmente as fachadas dos pontos comerciais do Mercado Público Municipal, no centro da cidade.

Convenção homologa candidaturas de Cid, Eunicio e Pimentel


O governador Cid Gomes (PSB) fez uma espécie de prestação de contas do seu Governo na convenção realizada, no Colégio Evolutivo Capital, que homologou seu nome como candidato à reeleição, do presidente da Assembleia Legislativa, deputado Domingos Filho (PMDB), como postulante a vice, dos deputados federais Eunício Oliveira (PMDB) e José Pimentel (PT) para o Senado Federal e dos demais candidatos a deputado federal e estadual da coligação "Ceará Melhor para Todos", que abrange 15 partidos.

A candidata a presidente da República, Dilma Rousseff (PT), encaminhou uma carta (lida na Convenção) na qual destacou o apoio à reeleição de Cid Gomes e dos postulantes ao Senado Federal Eunício Oliveira (PMDB) e José Pimentel (PT), ressaltando o papel de ambos quando foram ministros das Comunicações e Previdência Social do Governo Lula.

No mesmo documento, Dilma disse do privilégio de ter sido companheira do deputado Ciro Gomes, quando ele foi ministro da Integração Nacional.

O governador Cid Gomes destacou que, "há quase quatro anos, neste mesmo local, onde fizemos a primeira convenção, eu conhecia o meu hoje vice-governador, companheiro Francisco Pinheiro, onde criamos uma relação de amizade e confiança pelo seu trabalho sério no cargo" ressaltou.

Ele afirmou que tem humildade e está na condição de governador como "servidor do povo cearense", destacando que ainda há muito a ser realizado, mas disse ter feito aquilo que prometeu na campanha anterior. "O meu objetivo era colocar os projetos debaixo do braço, ir aonde fosse possível para buscar os recursos, e isso tem acontecido como as obras da transposição do Rio São Francisco, a Ferrovia Transnordestina e outras".

Pessoas

Cid destacou que tem investido em infraestrutura, mas que o desafio era fazê-lo também para as pessoas. "De nada adianta, investirmos desta maneira, se não pensarmos nas pessoas, nós iremos continuar trazendo brasileiros de outros estados para trabalhar aqui. Nós estamos tendo competência em qualificar esta mão de obra", ressaltou. O governador afirmou que sua administração está sendo pautada em quatro eixos: Segurança, Saúde, Educação e Emprego.

O deputado federal Ciro Gomes falou dos desafios de melhorar ainda mais o País e o Ceará, abordando também o fato de ter sido preterido pelo PSB como candidato a presidente da República. Ciro Gomes colocou que o Governo Cid continuou os desafios de desenvolver o Estado, assim como Virgílio Távora, Edson Queiroz e Tasso Jereissati. "Temos ainda muitas desigualdades, mas o Ceará, nos últimos anos, tem dobrado os investimentos, tem sido o Estado do Nordeste campeão na geração de empregos.

Com informações do Diário do Nordeste

27 de junho de 2010

Cid anuncia Domingos Filho para vice-governador

Genecias Noronha, Cid Gomes e Domingos Filho

O governador Cid Gomes anunciou há pouco, via Twitter, a escolha de Domingos Filho (PMDB), presidente da Assembleia Legislativa, para concorrer a vice-governador.

E justificou:

“A seriedade e a competência do deputado Domingos Filho são amplamente reconhecidas entre os que observam o processo de formação de lideranças em curso no Estado do Ceará.

“Está comigo na luta por acelerar o progresso do Ceará desde a primeira hora.

“Bacharel em direito, representante de ampla fração da população cearense, agrega à nossa chapa um necessário testemunho das potencialidades e desafios de nosso interior aonde ainda se concentram os maiores problemas de nossa pobreza.

“A escolha de Domingos Filho é ainda reconhecimento que faço à inestimável colaboração que a Assembléia Legislativa cearense vem fazendo ao momento de paz política, dialogo plural e ampla participação de todas as forças cearenses em meu governo. É a esta articulação que atribuo os grandes avanços que nosso Estado vem experimentando ao longo dos últimos anos.

“Respeitado por todas as forças político-partidárias cearenses, tenho convicção de que Domingos Filho prestará ainda maiores serviços aos cearenses acaso tenhamos o privilégio de poder contar mais uma vez com o apoio de nosso povo e ele possa ajudar-me como nosso futuro Vice-Governador.

“Agradeço aos partidos políticos de minha ampla coligação a delegação que me deram para escolha do candidato à Vice-Governador ao mesmo tempo em que estou convicto de que Domingos Filho será por todos reconhecido como a melhor escolha.”

Leia a íntegra da Carta de Cid.

26 de junho de 2010

DEM diz que vice do Serra é sua, e ninguém tasca


Matéria da repórter Luciana Nunes Leal no Estadão, agora à noite, diz que o presidente do DEM, Rodrigo Maia, está disposto a levar o confronto até a convenção nacional do partido, na quarta-feira. Eles esperam que, até lá, que Serra recue e indique um nome do DEM. Caso contrário, o próprio partido fará a indicação.”Vamos esperar que ele indique. Se ele não indicar vamos aprovar o nosso nome na convenção do dia 30″, afirmou Maia. Questionado sobre como se resolveria o impasse, já que o PSDB tem outro candidato – o senador Álvaro Dias (PSDB-PR)-Rodrigo Maia respondeu: “Pergunte ao advogado do PSDB. Na convenção, vamos aprovar apoio ao Serra com candidato a vice do DEM.”

Que coisa, hein? Como era aquela história de que Serra sabia formar equipes, agregar, unir? Ele está numa sinuca de bico. Uma campanha que já se sente derrotada, aliados lhe pondo a faca no pescoço e contando com três preciosos minutos no horário de televisão para obriga-lo a ceder. O Dem quase não tem candidatos a governador, que precisem de um aliado nacional para seus palanques. Com uma votação cada vez mais presa aos esquemas locais de seus deputados, perde muito pouco não apoiando Serra e, talvez, ainda ganhe, pois seus candidatos nas áreas populares não terão de carregar o peso-morto.

Já Serra perde muito. E ele cada vez tem menos para perder.

Colírio do Blog


Amanda Martins é estudante de Serviço Social

25 de junho de 2010

É Hoje: Dia sem Globo


Depois de sua maior estrela esportiva Galvão Bueno, foi a vez da rede Globo cair nas mãos dos usuários do Twitter. Pelo microblog, internautas planejam para hoje um boicote à emissora carioca.

O #diasemglobo convoca os internautas a boicotarem a emissora carioca hoje (25/06), às 11h, durante a partida entre Brasil e Portugal. A orientação é que assistam ao jogo na Band ou no canal fechado ESPN, que também tem o direito de transmissão.

A campanha surgiu após a polêmica entrevista coletiva de Dunga, no último domingo (20/06), na qual o técnico da seleção brasileira teria xingado um jornalista da Rede Globo. No mesmo dia, o jornalista Tadeu Schmidt leu uma nota em tom editorial, na qual reprovava o comportamento do treinador.

Segundo o perfil @diasemglobo, que coordena o movimento, o boicote seria mais um apoio ao "Cala boca, Galvão" e ao "Cala boca, Tadeu Schmidt", que dominam o Twitter desde a semana passada.

Outro usuário aponta que o movimento "não é falta do que fazer, é uma resposta à parcialidade do jornalismo!". O perfil @diasemglobo já conta com quase 6.000 seguidores.

Em nota sobre a polêmica envolvendo seus jornalistas e o técnico da seleção, Dunga, a Globo disse: "Queremos apenas que nossos profissionais sejam tratados com o mesmo respeito com que desempenham o seu trabalho."

Então fica combinado: vamos assistir o jogo do Brasil na na Band

24 de junho de 2010

Inaugurada Quadra Coberta da Escola Santa Tereza


Foi inaugurada ontem à noite a quadra coberta da Escola Santa Tereza, mais um empreendimento do Governo do Estado do Ceará em nossa cidade.

Confiram fotos de Emerson David e João Alves:





Com 40%, Dilma lidera corrida presidencial, diz CNI/Ibope

Mesmo depois de o tucano José Serra ter sido amplamente exposto nos programas eleitorais que PSDB, PTB e PPS veicularam ao longo deste mês, a candidata do PT à presidência da República, Dilma Rousseff (PT), ganhou fôlego e aparece, pela primeira vez, liderando a pesquisa eleitoral do Ibope. Ela tem, segundo levantamento divulgado pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), 40% das intenções de voto, contra 35% de José Serra. Marina Silva, do PV, aparece com 9% da preferência do eleitorado.

Na última pesquisa Ibope, feita a pedido do jornal O Estado de S.Paulo e da TV Globo e divulgado último dia 5, Serra e Dilma estavam empatados, com 37%. Marina Silva, do PV, aparecia com 9%.

Em um levantamento anterior do Ibope, divulgado pela CNI em 17 de março, José Serra ainda liderava as intenções de voto. Naquela ocasião, ele foi apontado por 38% dos entrevistados, contra 33 % da petista, e 8% de Marina Silva.

Dilma Rousseff chegou a figurar numericamente na frente de José Serra na pesquisa CNT/Sensus: 35,7% contra 33,2%. Mas a margem de erro da pesquisa era de 2,2 pontos porcentuais para mais ou para menos, e o resultado foi considerado empate técnico. Marina Silva foi lançada candidata do PV à presidência da República no último dia 10, em evento em Brasília. O vice dela é o empresário Guilherme Leal, dono da Natura.

José Serra foi alçado como aposta do PSDB, em Salvador, no último dia 12. Até hoje, no entanto, o partido não acertou quem será o vice na chapa dele. Dilma Rousseff foi anunciada como candidata no dia seguinte, 13, em Brasília, com o deputado federal Michel Temer (PMDB) como candidato a vice-presidente.

Segundo turno

Dilma Rousseff, candidata do PT à sucessão de Lula, venceria um eventual segundo turno contra José Serra, do PSDB. Dilma aparece com 45% das intenções de voto neste levantamento contra 38% de Serra. A margem de erro é de 2%.

Na pesquisa feita pelo jornal O Estado de S.Paulo e da TV Globo no início de junho, o dois candidatos empatavam na simulação de um eventual segundo turno: 42% para o tucano, 42% para a petista.

Se Dilma disputasse o segundo turno com a candidata do PV, Marina Silva, ganharia com 53% contra 19% da candidata verde .(ela tinha 48% em março) (17% em março)

Cenário com nanicos

A candidata do PT, Dilma Rousseff, lidera este cenário com 38,2% das intenções de voto, contra 32,3% de José Serra, candidato do PSDB, e 7% de Marina Silva, do PV. Outros 13,8% responderam não saber em quem vão votar nesta eleição e 6,3% votarão branco ou nulo.

Nenhum dos candidatos dos partidos chamados nanicos conseguiu alcançar 1% das intenções de voto na pesquisa CNI/Ibope divulgada nesta quarta-feira. O candidato Ciro Moura (PTC) aparece, nesta pesquisa, com 0,9%, e Levy Fidelix (PRTB) com 0,3%, Ivan Pinheiro (PCB), Zé Maria (PSTU) e José Maria Eymael (PSDC) figuram com 0,2% da preferência do eleitorado. Américo de Souza (PSL), Mário de Oliveira (PTdoB) e Oscar Silva (PHS) vêm atrás, com 0,1%. O candidato do PSOL, Plínio de Arruda Sampaio, ficou com 0% nesta pesquisa.

Espontânea

A candidata do PT à sucessão de Lula aparece em primeiro lugar na pesquisa espontânea das intenções de voto feita pela CNI/Ibope com 22% da preferência do eleitorado. Na última pesquisa, em março, ela tinha 14%.

Nesta pesquisa, os entrevistados falam em quem pretendem votar para presidente sem que o entrevistador apresente antes o nome dos candidatos.

O presidente Lula, que não pode concorrer a um terceiro mandato, vem em segundo lugar, apontado por 20% do eleitorado. Em março, 9% apontaram Lula como sendo o candidato deles à presidência este ano.

O candidato do PSDB, José Serra, também cresceu nesta pesquisa, chegando a 16% contra 10% na pesquisa anterior. Marina Silva, do PV, passou de 1% para 3% na pesquisa espontânea.

Ainda é grande, porém, o número de entrevistados que disseram não saber em quem vão votar para presidente nesta eleição: 40%. Em março, 42% responderam assim na pesquisa CNI/Ibope.

A pesquisa foi feita entre os dias 19 e 21 deste mês, com 2,2 mil entrevistados de 140 municípios. A margem de erro é de 2% para mais ou para menos. A pesquisa está registrada no TSE sob o número 106390/2010.

Com informações de Carol Pires e Rodrigo Álvares do Jus Brasil

23 de junho de 2010

PSDB anuncia Marcos Cals ao Governo


Secretário de Justiça do Governo Cid Gomes (PSB) até pouco mais de dois meses atrás, o deputado estadual Marcos Cals (PSDB) recebeu ontem no colo uma pré-candidatura ao Governo do Estado. A decisão saiu após reunião a portas fechadas de cerca de três horas no escritório do senador Tasso Jereissati (PSDB), na qual o líder escutou a preferência do tucanato por Cals.

Além da preferência da base tucana, uma pesquisa encomendada pelo partido, que indicaria a possibilidade de segundo turno caso Cid, Cals e o ex-governador Lúcio Alcântara (PR) se enfrentassem, também teria levado o senador a tomar a decisão. Como a pesquisa não foi registrada na Justiça Eleitoral, os dados não foram divulgados.

Cals não compareceu ao encontro, que reuniu 230 tucanos. Apenas se posicionou friamente no microblog Twitter: “Tasso acelerou a eleição, lançando meu nome como candidato do partido ao Governo do Estado”. O senador também optou por não conceder entrevistas e seguiu logo para Brasília.

Segundo o líder do PSDB na Assembleia Legislativa, deputado João Jaime (PSDB), o senador falou abertamente ao grupo sobre o encontro que deveria ter ontem com o deputado federal Ciro Gomes (PSB), irmão de Cid.

Apesar da parceria de 25 anos, Tasso teria garantido que a reunião marcada com Ciro - conforme O POVO antecipou ontem - não iria afetar a decisão, que seria “irreversível”. “Eu não sei o que vai ser discutido nessa reunião, mas o senador lançou o candidato a governador, não tem mais o que se discutir sobre essa questão”, afirmou Jaime.

Segundo ele, a ideia inicial era não anunciar ontem o nome do candidato, mas as bases do partido pediram que o nome não fosse mais postergado. “Até porque esse fato poderia gerar uma falta de credibilidade”.

Da reunião de ontem, ficaram apenas duas pendências: a segunda vaga do Senado e a do vice. A expectativa é de que sejam resolvidas até amanhã, quando Tasso e Cals vão oficializar, em entrevista coletiva, a decisão.

O nome do vice, segundo os presentes à reunião, tende a ser o do radialista Paulo Oliveira (PSDB). Já com relação à outra vaga do Senado, o partido ainda não definiu se irá lançar algum nome para fazer dobradinha com Tasso. Legendas como DEM e PPS podem compor a chapa com o PSDB.

Já na Assembleia , o presidente do partido, Marco Penaforte, garantiu que o PSDB continuará a ser “elegante” mesmo na oposição, apesar da mágoa com o governador Cid Gomes (PSB). “(A bancada) há um mês pediu audiência ao governador do Estado e não foi atendida. Isso é um desrespeito muito grande a uma bancada que realmente foi leal”.

Discurso

Com o desafio de fazer agora um discurso de oposição, após três anos integrando o Governo, o PSDB vai apostar na ideia de “novo ciclo de mudanças”, a exemplo do que aconteceu com o senador Tasso Jereissati (PSDB) em sua primeira disputa ao Governo, em 1986. Na época, Tasso derrotou os coronéis, um dos quais era o pai de Marcos, César Cals.

De partida, Penaforte já criticou setores como saúde, educação e segurança pública - essa colocada como situação de emergência. Questionado se a militância vai abraçar a causa da campanha de Cals, Penaforte alegou que a força de Tasso para isso é um fator “importantíssimo”.

EMAIS

Ouviam-se as palmas e os gritos vindos do interior do escritório do senador Tasso Jereissati durante o encontro. Um dos tucanos históricos, Assis Machado foi o primeiro a confirmar a novidade. “Vai ter candidato. Foi aclamado”.

Outro que saiu com sorriso foi o ex-secretário dos Governos Tasso e Lúcio Alcântara, Maia Júnior. “Tomaram uma decisão madura, finalmente. É um nome que agrega”.

Depois de ter se colocado para sair candidato pelo partido, o deputado Cirilo Pimenta (PSDB), foi outro que disse ter saído “satisfeitíssimo”. “Temos um candidato, ao meu ver, o oposto do que está aí. O que está aí é prepotente, o Marcos é humilde”.

Giselle Dutra Jornal O Povo

22 de junho de 2010

Encontro Nacional de Blogueiros Progressistas será em Brasília

Luis Carlos Azenha, Altamiro Borges e Paulo Henrique Amorim

A ideia do Encontro Nacional de Blogueiros Progressistas nasceu em maio. Sugerida por Luiz Carlos Azenha, foi aprovada durante o lançamento, em São Paulo, do Centro de Estudos da Mídia Alternativa Barão de Itararé.

No final de maio, tivemos uma primeira conversa, da qual participaram o próprio Azenha, Altamiro Borges, Eduardo Guimarães, Rodrigo Vianna e eu. Azenha lançou a ideia no Viomundo. A receptividade foi excelente. Tivemos, aqui, mais de 400 comentários. Fora a acolhida calorosa em vários outros blogs.

Resultado: o Encontro Nacional de Blogueiros Progressistas é indispensável, imperioso e vai sair, sim.

Tivemos, ontem, a segunda reunião. Foi na sede do Conversa Afiada. Participaram Paulo Henrique Amorim (Conversa Afiada), Altamiro Borges (do Barão de Itararé e do blog do Miro), Conceição Oliveira (Maria-Fro), Eduardo Guimarães (Blog da Cidadania), Diego Casaes (Global Voices) e eu (do Viomundo), representando também o Azenha, derrubado por uma tremenda gripe).

Avançamos alguns pontos. Ficou decidido que:

1) O Encontro Nacional de Blogueiros será em Brasília. A opção se deveu a dois motivos: fugir do eixo Rio-São Paulo; os vôos de todas as regiões do Brasil passam por lá, o que facilitará a vida dos blogueiros.

2) Ocorrerá, provavelmente, nos dias 20 (abertura à noite), 21 e 22 de agosto. Como ainda estamos estudando a viabilidade de oferecer ao menos acomodações e passagens, até o início de julho bateremos o martelo sobre a data definitiva.

3)A organização ficará a cargo do Centro de Estudos de Mídia Alternativa Barão de Itararé.

4) Na programação, haverá mesas redondas com palestras de grandes blogueiros do país. Algumas já propostas: os rumos da internet no Brasil; marco regulatório (mesa na qual serão discutidas a legislação atual, a necessidade de aprimorá-la e as tentativas de amordaçar alguns espaços críticos); e experiências de blogueiros de vários estados do Brasil.

5) Haverá, também, oficinas para ensinar blogueiros a otimizarem os recursos da internet. Por exemplo, twitter, produção de vídeos e de rádio web.

6) Realização de painéis, para que blogueiros possam se conhecer, conversar e trocar experiências.

7)Transmissão do evento pela internet. Como há possibilidade de as oficinas ocorrerem simultaneamente, a ideia é gravar todas para que depois possam ser acessadas por todos os participantes e blogueiros de qualquer parte do país. O objetivo é o de que as oficinas se transformem em conteúdo, mesmo.

8 ) A necessidade de buscar patrocínios, para tornar viável o encontro e ter maior número de participantes.

9) Abertura de uma lista para troca de ideias — por exemplo, sugestão de convidados, programação, oficinas, viabilização financeira, entre outras.

Esses são os primeiros passos, elaborados com ajuda de vocês. A intenção é a de que o encontro não olhe para o próprio umbigo, mas reflita preocupações de blogueiros com os vários sotaques do Brasil. Também pedimos a cada um que nos ajude a aperfeiçoar instrumentos que atendam às necessidades dos blogueiros e dos próprios brasileiros.

Sugestões serão muito bem-vindas. Afinal, o objetivo de todos nós é contribuir para a democratização dos meios de comunicação e fortalecer as mídias alternativas no país.

Por Conceição Lemes da pagina do Azenha.

273 cearenses na lista de inelegíveis do TCU


“O Tribunal de Contas da União (TCU) enviou à Justiça Eleitoral uma lista com os nomes de 4.922 gestores públicos que estão impedidos de disputar as eleições de outubro.

Eles ficaram inelegíveis porque tiveram suas contas dos últimos anos rejeitadas por mau uso do dinheiro da União em convênios de estados e municípios com entidades federais.

A grande maioria dos integrantes da lista é de funcionários de carreiras ou de cargos de confiança, e a maior parte não pretende disputar a eleição. Mas o que tiver essa pretensão será barrado na Justiça Eleitoral.

De acordo com a Lei das Inelegibilidades (64/90), os agentes que tiverem suas contas relativas ao exercício de cargos ou funções públicas rejeitadas por irregularidade insanável que configure ato doloso de improbidade administrativa não pode se candidatar a cargo eletivo.

A exceção acontece apenas nos casos em que a decisão tiver sido suspensa ou anulada pelo Poder Judiciário, para as eleições que se realizarem nos oito anos seguintes, contados a partir da data da decisão.

Lista

Cabe ao Tribunal de Contas da União (TCU), de acordo com a Lei das Eleições (Lei 9504/97) apresentar à Justiça Eleitoral, até o dia 5 de julho do ano em que se realizarem as eleições, a relação dos responsáveis que tiveram suas contas relativas ao exercício de cargos ou funções públicas rejeitadas por irregularidade insanável e por decisão irrecorrível do órgão competente. De acordo com a lista, em todo o país 7.854 contas foram julgadas irregulares de 4.922 gestores. Deste total, a maioria provém do Maranhão (728), seguido da Bahia (700), Distrito Federal (614) e Minas Gerais (575). O Ceará entra com 273 casos.”

Do Blog do Eliomar

Confira a lista

20 de junho de 2010

Viabilidade das candidaturas ao Governo do Estado

Tasso Jereissati, Cid Gomes e Lucio Alcântara

Dirigentes, parlamentares e militantes do Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB) aguardam o senador Tasso Jereissati anunciar, amanhã, como prometido, o nome do tucano que disputará o Governo do Estado. Nos próximos dias, o ex-governador Lúcio Alcântara (PR) também decidirá se será candidato a governador.

O Partido Verde (PV) é outro que ainda vai decidir se lançará um dos seus filiados para disputar a sucessão estadual, sob a alegação de viabilizar um palanque no Estado para a candidata a presidente do partido, a senadora Marina Silva (AC). Embora não oficializadas, até agora só duas candidaturas ao Governo do Ceará estão postas: a de Cid Gomes (PSB) e da Soraya Tupinambá (PSOL).

Como candidaturas, definidas às vésperas do fim do prazo das convenções partidárias, teriam viabilidade? Os cientistas políticos Valmir Lopes e Danyelle Gonçalves apresentam pontos de vistas distintos em torno desta questão. Enquanto Valmir diz que, no caso do PSDB, somente a candidatura do senador Tasso Jereissati teria viabilidade junto ao eleitorado, Danyelle argumenta que não apenas o momento de definição é suficiente, mas também a história e trajetória política do candidato são apresentados durante a campanha.

Patética

Para Valmir Lopes, uma candidatura do PSDB, lançada às vésperas do fim do prazo para realização das convenções partidárias, soa como patética. Segundo ele, a agremiação aderiu a uma administração (Cid Gomes) que utiliza as mesmas práticas políticas e econômicas de seus governos (Tasso, Ciro e Lúcio). Para ele, fica complicado, depois de três anos e meio, os tucanos construirem um discurso de oposição.

"Não vejo viabilidade. No caso do PSDB, acho mais grave ainda porque eles vão criticar o quê? O modelo político é o mesmo, prestaram apoio administrativo na Assembleia Legislativa, em que eles irão se diferenciar do atual governo? É meio patético". Lopes justifica sua linha de raciocínio citando que, o exemplo que o PSDB pretende seguir, foi repetido, há três anos, pela senadora Patrícia Saboya (PDT), uma das principais entusiastas da campanha de Luizianne Lins (PT) à Prefeitura de Fortaleza em 2004, mas que faltando um ano para as eleições de 2008, saiu do PSB para o PDT, a fim de viabilizar uma candidatura à Prefeitura de Fortaleza e assumir um discurso de oposição à petista.

"Eu, particularmente, acho muito oportunismo você agora tecer críticas a administração. Você não tinha aqui, um lugar de oposição constituído", colocou, citando que o PT, nos governos tucanos de Tasso, Lúcio e Ciro preenchia tal espaço.

O acadêmico fala, inicialmente, que os únicos políticos com legitimidade para um discurso de oposição a Cid Gomes são justamente o ex-governador Lúcio Alcântara e os deputados estaduais Heitor Férrer (PDT) e Adahil Barreto (PR). No entanto, em relação ao primeiro, Valmir não acredita que uma nova empreitada de Lúcio ao Palácio Iracema se torne uma candidatura competitiva.

"O Lúcio como candidato? Que perdeu na condição de governador, candidato à reeleição, com o apoio de um bloco de partidos, perde da forma como perdeu. Imaginar que um candidato desses é competitivo? Definitivamente não é. A situação não alterou. Se alterou foi para pior em relação a ele", ressaltou, pelo fato de Lúcio ter poucas opções de coligação e não ter apoio de qualquer máquina administrativa.

Para Valmir Lopes, o único nome que poderia fazer frente a Cid Gomes seria o do senador Tasso Jereissati, que já foi governador do Estado por três oportunidades e guarda uma boa relação com o eleitorado, principalmente o do Interior. "Agora, uma candidatura para bater, para fazer frente, (o PSDB) não tem. A única pessoa que pode fazer é o próprio Tasso. Você teria uma disputa de peso. Você dificilmente terá um disputa desse nível se realizando. Acho que o próprio Tasso não tem muito interesse, a não ser na sua própria candidatura como senador", colocou.

Variedades ao eleitor

Já a professora Danyelle Gonçalves apresenta ponto de vista distinto do colega de UFC. Segundo ela, a legitimidade de uma candidatura não se constrói somente com o anúncio dela, mas também com outras questões. De acordo com a pesquisadora, a legitimidade de uma postulação também é construída com base "nas trajetórias e no uso que se faz delas, pelos apoios recebidos, e, em alguns casos, pelos apoios não recebidos e essa se faz também durante o próprio período eleitoral", ressaltou.

Ela coloca ainda que a credibilidade de um candidato pode ser construída e (ou) reforçada quando a campanha ganhar mais as ruas, "ainda que seja verdade que ela já está em parte nas ruas. Do ponto de vista eleitoral, é interessante pensar que o eleitor terá mais possibilidades de escolha. Eleição plebiscitária é um desserviço ao debate e à democracia", ressaltou ao criticar o fato de que a eleição no Ceará poderia, não fosse a reação tucana, ter apenas Cid Gomes como candidato.

Do Diário do Nordeste

19 de junho de 2010

Sindicato dos Servidores apresenta Prestação de Contas


Presidente e diretores do SINSEMA em reunião com os associado - foto de arquivo

O Presidente Sindicato dos Servidores Municipais de Altaneira - SINSEMA, Antonio Pereira da Silva, enviou para a administração do Blog de Altaneira o balancete da Prestação de Contas do primeiro trimestre do Exercício de 2010. Antonio avisa que tentará enviar a prestação de contas  mensais da entidade para publicação neste Blog.

Confira a prestação de contasapresentadas:

PRESTAÇÃO DE CONTAS MÊS JANEIRO 2010

SALDO EM 01/01/2010 ...... R$ 2.141,01
MENSALIDADES .............. R$ 1.003,06

COELCE .................... R$ 6,95
CAGECE .................. R$ 11,80
MAXCON NET ................ R$ 60,00
RECICLE PIMENTEL .......... R$ 40,00
TOTAL DA DESPESA .......... R$ 168,75

SALDO ..................... R$ 2.975,26


PRESTAÇÃO DE CONTAS MÊS FEVEREIRO 2010

MENSALIDADES ................................. R$ 1.299,79
COELCE ....................................... R$ 17,72
CAGECE ..................................... R$ 12,07
MAXCON NET ................................... R$ 60,00
RECICLE PIMENTEL ............................. R$ 40,00
ARIOVALDO CONTABILIDADE ...................... R$ 200,00
DR. ORLANDO SARAIVA ADVOGADO ................. R$ 510,00
LIVRARIA COLEGIAL ............................ R$ 152,00
DIÁRIAS DO PRESIDENTE ........................ R$ 66,30
DIÁRIAS DA TESOUREIRA ........................ R$ 66,30
NAP INFORMÁTICA .............................. R$ 700,00
CDIPEL ....................................... R$ 39,00
LOJÃO NORTELAR ............................... R$ 1.043,00
FRETES ....................................... R$ 15,00
TOTAL DA DESPESA ............................ R$ 2.023,89

SALDO ........................................ R$ 1.351,22


PRESTAÇÃO DE CONTAS MÊS MARÇO 2010

MENSALIDADES ..................................... R$ 1.349,93
COELCE ........................................... R$ 21,00
CAGECE ......................................... R$ 12,03
MAXCON NET ....................................... R$ 60,00
RECICLE PIMENTEL ................................. R$ 40,00
DR. ORLANDO SARAIVA ADVOGADO ..................... R$ 510,00
DIÁRIAS DO PRESIDENTE ............................ R$ 88,30
ZENIR MOVEIS ..................................... R$ 668,00
RECARGAS CLARO ................................... R$ 22,00
LOJÃO NORTELAR ................................... R$ 1.043,00
FRETES ........................................... R$ 15,00
TOTAL DA DESPESA ................................. R$ 1.396,33

SALDO ............................................ R$ 1.304,82


PRESTAÇÃO DE CONTAS MÊS ABRIL 2010

MENSALIDADES ............................. R$ 1.352,84
CONTRIBUIÇÃO SINDICAL (CAMARA) ........... R$ 620,48
CONTRIBUIÇÃO SINDICAL (PREFEITURA) ....... R$ 2.925,44
COELCE ................................... R$ 23,15
CAGECE ................................. R$ 12,04
FOTOCOPIAS ............................... R$ 22,95
DIÁRIAS DO PRESIDENTE .................... R$ 88,30
FRETES ................................... R$ 15,00
TOTAL DA DESPESA ......................... R$ 119,70

SALDO .................................... R$ 6.083,88


PRESTAÇÃO DE CONTAS MÊS MAIO 2010

MENSALIDADES ..................... R$ 1.403,87
CAGECE ......................... R$ 11,80
MAXCON NET ....................... R$ 60,00
RECARGA CLARO .................... R$ 39,00
RECICLE PIMENTEL ................. R$ 40,00
PRESENTES DAS MÃES ............... R$ 190,00
LIVRARIA COLEGIAL ................ R$ 152,00
CONFECÇÃO DE MOVEIS .............. R$ 650,00
TOTAL DA DESPESA ................. R$ 990,90

SALDO ............................ R$ 6.496,95

O Presidente disse ainda que a Diretoria Executiva decidirá, ainda este mês, como será aplicado os recursos em caixa da entidade.

18 de junho de 2010

Eleitor terá de apresentar título e documento com foto para votar


Para votar nas eleições gerais de 3 de outubro, o eleitor deverá apresentar, além do título eleitoral, documento de identificação com fotografia. Esta determinação foi incluída na Lei das Eleições por meio da Lei 12.034/09. Serão aceitos a carteira de identidade ou documento de valor legal equivalente (identidade funcional), carteira de trabalho ou de habilitação com foto e certificado de reservista. Já as certidões de nascimento ou casamento não serão admitidas como prova de identidade.

Caso o presidente da mesa receptora ainda tenha dúvida quanto à identidade do eleitor, mesmo após a apresentação do título e documento de identificação, deverá interrogá-lo sobre os dados do título, do documento oficial ou do caderno de votação, além de confrontar assinatura constante desses documentos com a feita pelo eleitor na sua presença.

Segunda via

O eleitor que perder ou tiver o título extraviado tem até 23 de setembro para solicitar a segunda do documento em seu cartório eleitoral. No entanto, quem estiver fora da cidade onde vota tem somente até 4 de agosto para requerer a segunda via ao juiz da zona em que se encontra. Neste caso, o eleitor precisa esclarecer se quer receber o título em sua zona eleitoral ou naquela em que pediu a segunda via.

Apesar de funcionarem normalmente durante o período eleitoral, os cartórios só vão atender os eleitores que precisarem emitir a segunda via do título, porque o prazo para emissão do primeiro documento ou transferência de local de votação foi encerrado no último dia 5. Os cartórios eleitorais devem entregar a segunda via até um dia antes das eleições, ou seja, 2 de outubro.

Fonte: TSE

17 de junho de 2010

A política nas redes sociais


Muita coisa vem mudando nesses tempos de internet, e agora vemos cada vez mais políticos aderirem as novas redes sociais pra se comunicarem com seu eleitorado. Para a geração que cresceu assistindo propaganda política na TV, comandadas pelos mestres da publicidade, ter acesso direto aos seus candidatos representa um grande passo.

Um dos maiores exemplos de sucesso dessa nova propaganda eleitoral é o do Presidente dos EUA. O Twitter foi uma das ferramentas escolhida por Barack Obama para apresentar suas idéias durante o período que precedeu as eleições.

No Brasil, algumas medidas vêm acontecendo como a liberação do uso de e-mail, blogs, sites de relacionamento e até do Twitter nas campanhas eleitorais. As ex-ministra Dilma Roussef e Marina Silva e o ex-governador José Serra “twittam” diariamente.

Aqui no Ceará além do Governador Cid Gomes e da Prefeita Luizianne Lins os potenciais candidatos ao Senado José Pimentel, Eunicio Oliveira e Tasso Jereissati já podem ser seguidos no Twitter.

Recentemente o Portal Terra apontou o vereador Deuzinho Filho, atual presidente da UVC como destaque sobre o bom uso da mídia nas redes sociais.

Na região do Cariri os prefeitos de Juazeiro, Mauriti e Penaforte se destacam no uso de redes sociais principalmente no Twitter.

Resta-nos agora acompanhar as próximas eleições e ver como se dará a campanha on line. Será que entrarão os marketeiros de plantão com sua força? ou veremos um debate mais aberto com os candidatos?… É esperar pra ver!

O que conta mesmo é que os canais estão aí, acessíveis a todos e, com isso, torna-se cada vez mais fácil questionar, debater e esclarecer questões.

15 de junho de 2010

Altaneira em clima de Copa do Mundo

Avenida Santa Tereza na entrada da cidade de Altaneira (fotos Raimundo Soares Filho)

Na manhã de hoje, dia de estréia da seleção brasileira, servidores municipais colocavam bandeirinhas nas principais ruas da cidade.

Vários pessoas enfeitaram suas residências vejamos dois casos:

Residência na Rua João Gonçalves

Residência na Travessa Alexandre de Oliveira

Na chácara de Ariovaldo a turma se reuniu para assistir o primeiro jogo do Brasil na Copa da Africa, confira os flagrantes:

O Capitão Lucio cantando o Hino Nacional
Edycler concentrado
O Prof. Deza como sempre chega atrasado
O Bolão do primeiro gol saiu pra Wilton
A festa foi regada à Cerveja
No final a turma foi unânime na opinião que o selecionado brasileiro não agradou, mas o que vale são os três pontos conquistados.

14 de junho de 2010

PT lança Dilma à Presidência com discurso de vitória

Lula afirmou que faz parte de seu plano de governo eleger sua sucessora na Presidência (Foto por Celso Júnior/AE)

Confiante, o PT lançou neste domingo (13), em Brasília, a candidatura de Dilma Rousseff à Presidência com um discurso de vitória. Dilma, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva e o presidente da legenda, José Eduardo Dutra, falaram sobre a necessidade de “continuar” os feitos do governo Lula. O presidente até se despediu afirmando que Dilma pode ganhar a eleição já no primeiro turno.

Apesar de não ter empolgado a militância do partido, Dilma conseguiu arrancar gritos da plateia. A candidata do PT fez promessas para as áreas de saúde, educação, tecnologia e infraestrutura. O discurso de Dilma foi baseado nos feitos do governo Lula.

Na maior parte do tempo, Dilma falou sobre a necessidade de o Brasil ter uma presidente mulher. Para conquistar o eleitorado, a petista afirmou que quer mostrar para todas as meninas do país que uma mulher pode comandar o governo.

- "Assim como Lula construiu essa certeza, [eu quero que] essas pequenas Marinas e Vitórias possam responder quando perguntadas o que vão ser quando crescer: “eu quero ser presidente do Brasil!”

Antes de Dilma discursar, já como candidata oficial do PT à Presidência, Lula fez um discurso caloroso, afagando e ressaltando as qualidades de sua escolhida. Lula afirmou até que Dilma já tem até cara de presidente e que quer passar a faixa presidencial para a “companheira”.

- Faz parte do meu programa eleger a Dilma. Eleger a Dilma significa melhorar as coisas que nós fizemos nesse país.

Lula afagou aliados, mas não deixou de lado os ataques à oposição. Logo no início de sua fala, o presidente citou o caso dos supostos dossiês contra o tucano José Serra.

- Esperamos que nossos adversários estejam dispostos a fazer uma campanha de nível elevado e que não façam jogo rasteiro, inventando dossiês. Nós já estamos maduros, já aprendemos, já sabemos como eles funcionam.

Dutra, presidente do PT, também não poupou ataques a Serra. Exaltado, Dutra afirmou que Serra decepcionou nas administrações que fez. Dutra citou a frase de Serra que, ontem, no lançamento de sua candidatura, afirmou que, com o tucano na Presidência, o povo brasileiro não teria surpresas. Dutra foi categórico:

- O povo não vai ter surpresas mesmo. Porque já sabe o fracasso que foi o governo que ele [Serra] participou.

Além de Dilma, Lula e Dutra, o peemedebista Michel Temer, escolhido para ser vice de Dilma na disputa pela Presidência, também discursou. Na mesa do evento petista estavam, além de líderes do PT, o vice-presidente, José Alencar, e o presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP).

O evento do PT “fecha” a maratona de convenções dos três principais candidatos à Presidência. Ontem, os tucanos oficializaram o nome de Serra em Salvador. Na quinta-feira (10) foi a vez do PV lançar Marina Silva na disputa. Agora, todos são oficialmente candidatos à sucessão de Lula no Planalto.

Com informações do R7

Leia mais AQUI

Dilma com Lula, ladeados de Michel Temer, candidato a vice, dona Marisa e José Alencar participam da convenção nacional do PT que homologou ontem seus candidatos (FOTO: ROBERTO STUCKERT FILHO)

PSDB lança Serra mais raivoso contra Lula

Em Salvador, candidato tucano assume tom mais duro em relação ao governo. FHC não comparece, mas marca presença em vídeo. Após ser aclamado candidato, Serra desfilou com a camisa do Brasil (Foto: Fábio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil)

Salvador - O PSDB confirmou, na manhã deste sábado (12), na capital baiana, o nome do ex-governador de São Paulo José Serra como candidato da legenda a presidente. É a segunda vez que Serra concorre ao mais alto posto do Executivo do país. Como em 2002, vai a uma cidade nordestina para lançar a sua candidatura – naquele ano, a escolhida foi Teresina.

A Bahia é o quarto maior colégio eleitoral do país, o maior do Nordeste, região em que sua principal adversária, a ex-ministra Dilma Rousseff (PT), tem grande vantagem. Segundo pesquisas eleitorais de diferentes institutos, a petista teria uma vantagem de 20 pontos percentuais. A senadora Marisa Serrano (PSDB-MS) reconheceu o peso desse fator para a definição de Salvador.

Serra discursou após o ex-governador de Minas Gerais Aécio Neves. Por 40 minutos, o tucano paulista tentou se identificar com as classes mais populares apelando para sua origem, em bairros periféricos de São Paulo, apesar de não ter empolgado a maioria dos presentes. Diferentemente do lançamento da pré-candidatura, em abril, foram poucos os momentos em que os cabos eleitorais se manifestaram de forma mais entusiasmada.

O ex-governador surpreendeu ao assumir uma posição mais raivosa em relação ao presidente Lula, fugindo à sua tendência de se mostrar mais calmo para não afrontar à popularidade do presidente. Ele criticou o “aparelhamento do Estado”, “a utilização de dossiês” e relacionando com o rei francês Luís XIV, disse ser necessário acabar com o pensamento que o “Estado sou eu”.

Ele prometeu uma campanha de debate e de união. "Nada nos aproximará da política de dossiês, nada nos aproximará da denúncia, dos atos subalternos. A campanha de José Serra se afirma na defesa das melhores proposta para o povo do Nordeste e para o povo do Brasil", afirmou.

Em seu discurso, o ex-governador concentrou-se nas áreas mais mal avaliadas do governo atual, como segurança pública, saúde e educação e reafirmou que o PSDB foi o responsável pela criação dos programas que originaram o Bolsa-Família, um dos principais programas do governo Lula. Serra, no entanto, fugiu de questões relativas ao governo de Fernando Henrique Cardoso. Deixou de comentar privatizações de empresas públicas, por exemplo.

As principais lideranças do DEM e PSDB estiveram presentes no evento. Os presidentes dos outros dois partidos que apoiam Serra formalmente – PTB e PSC – também vieram a Salvador. Uma das ausências mais importantes foi a do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, que, apesar de não ter comparecido, enviou um vídeo exibido na convenção apoiando o nome do ex-governador.

Por: Thiago Santos, especial para a Rede Brasil Atual

PV oficializa candidatura de Marina à Presidência

Foto por Ed Ferreira/AE

O PV oficializou na manhã desta quinta-feira (10) a candidatura de Marina Silva à Presidência. A legenda deve gastar R$ 90 milhões na campanha de Marina, segundo afirmou hoje na convenção do partido o presidente da legenda, José Luiz Penna. Apesar da candidatura já ter sido anunciada, Marina ainda não discursou no evento, o que só deve acontecer depois das 15 horas.

O evento estava marcado para começar às 10 horas, mas, esvaziado, só começou depois das 11 horas. No período da manhã, falaram Penna, o coordenadora da pré-campanha, Alfredo Sirkis, e colaboradores do plano de governo do PV.

Marina deve ser a última a falar, após o discurso do empresário Guilherme Leal, escolhido para ser seu vice na chapa à Presidência. Na segunda fase do evento também devem discursar o deputado federal Fernando Gabeira, pré-candidato ao governo do Rio de Janeiro, o teólogo Leonardo Boff e o presidente da legenda.

O PV apresentou também as diretrizes da campanha. Pela manhã, Sirkis ressaltou a necessidade do partido ter candidatos próprios nos Estados. Até agora, a sigla apresentou os nomes dos verdes que disputarão o comando de governos estaduais: São Paulo (Fábio Feldmann), Rio de Janeiro (Fernando Gabeira), Luiz Bassuma (Bahia), José Fernando Aparecido (Minas Gerais), Sérgio Xavier (Pernambuco), Montserrat Martins (Rio Grande do Sul), Fabiano Piovezani (Santa Catarina), Reynaldo Nunes (Sergipe), Paulo Salamuni (Paraná) e Eduardo Brandão (Distrito Federal).

Para conquistar votos, o PV deve fazer uma campanha voltada para o eleitorado feminino. A legenda aposta na identificação das mulheres com a trajetória de vida de Marina Silva.

Com informações do R7

13 de junho de 2010

Cerveja Ricca Premium é a preferida em Altaneira

O mecânico Eduardo, o Prof. Deza e o comerciante Jussier tomam Ricca
 no Restaurante Bom Sabor de Antonio Caldas

A Cerveja Ricca Premium é a preferida em Altaneira, segundo comerciantes locais atualmente a cerveja desde cedo teve boa aceitação no mercado.

O Comerciante Antonio Caldas disse que vende em média 25 grades de cerveja Ricca por semana e aproximadamente 15 grades das demais.

O Prof. Deza disse que a cerveja Ricca é leve e saborosa, muito melhor do que algumas marcas nacionais.

Leia mais:


12 de junho de 2010

Senador Tasso Jereissati visita Altaneira


Tasso cochilou durante as homenagens em Altaneira - Foto João Alves


O senador Tasso Jereissati esteve ontem (11/06) em Altaneira, foi a primeira viagem do tucano após o anuncio do rompimento com o Governador Cid Gomes. A reunião de Tasso com os tucanos locais estava marcada para às 11h., no entanto o senador chegou por volta das 15h. deixando as lideranças locais apreensivas.

O senador Tasso Jereissati, embora não tenham falado em candidatura disse que a decisão do PSDB de lançar um candidato próprio ao Governo do Estado, se dar pelo fato de que o Ceará precisa de renovação e de quebrar uma hegemonia, o senador anunciou que é candidato ao Senado.

Apesar do longo discurso o senador Tasso não entrou em detalhes sobre os reais motivos do rompimento com o Governador Cid Gomes, mas imprensa da Capital noticia que Tasso teria se irritado pelo fato do Governador não atender suas ligações.

Por sua vez governador Cid Gomes durante visita ao Porto do Pecém, avisou que não irá aceitar qualquer pressão. "Cada um tem seu tempo. Eu não estou obrigando que ninguém se submeta ao meu tempo, mas também não vou aceitar que minhas obrigações sejam descumpridas por pressões de qualquer ordem", disse ontem.

Cid Gomes disse não ser certo que um integrante de outro partido faça críticas às decisões do PSB e por este motivo também não comentaria as decisões do PSDB, como esta última. O governador disse, entretanto, se preocupar em não deixar transparecer que está se movendo por qualquer tipo de pressão.

"Não acho certo que alguém venha querer me pressionar coisa nenhuma. Me incomoda, não estou dizendo que é o caso, alguém vir querer me pressionar a vir fazer qualquer coisa. Não é correto".

Na cidade do Crato o Senador Tasso Jereissati, em entrevista coletiva, voltou a justificar a postura de seu partido afirmando que o "PSDB não está se sentindo confortável num processo político muito hegemônicoNós queremos um nome novo. O Ceará precisa inovar. Não pode ficar só em uma disputa entre um ou dois nomes. Uma ou duas famílias", disse.

O senador cearense voltou a afirmar que rompimento se deu pelo fato de o PSDB não estar se sentindo "confortável" no atual processo político que ele mesmo considerou como hegemônico. "O atual cenário está muito centrado em uma só força. Não há muitas alternativas e nós devemos contribuir com essa inovação porque o povo cearense merece uma renovação", enfatizou o líder maior dos tucanos no Estado do Ceará.

O Garoto Beleza, João Alves, acompanhou a visita do senador tucano em Altaneira, confira as fotos: