29 de fevereiro de 2012

Altaneira realiza III Conferência Municipal de Cultura

Mesa decorada com adereços regionais - Foto João Alves
Nesta terça-feira (28/02) a Secretaria de Cultura do Município promoveu a III Conferência Municipal de Cultural com o objetivo de envolver a população para a elaboração de propostas para o Plano Municipal da Cultura e também escolher as melhores propostas para serem levadas à Conferência Estadual e possivelmente à Conferência Nacional.

A Conferência se dispôs com o tema: “Cultura, Diversidade, Cidadania e Desenvolvimento”. Na abertura do evento o orador Eugenio leu uma mensagem da Secretária de Cultura Mirian Tolovi, e em seguida convidou a todos e a todas e ficarem de pé para a execução do Hino Nacional ao som da Jovem Talita Tolovi, logo em seguida a pequena Micaele com sua flauta doce executou o Hino de Altaneira,

Após a abertura oficial com a execução dos Hinos a Conferência teve continuidade com uma palestra com o Prof. Mestre Carlos Alberto Tolovi que abordou de uma maneira geral e bem objetiva vários conceitos e ideias acerca de Cultura. Durante a palestra várias pessoas se sentiram a vontade para falar e começou um bate papo sobre cultura.

A Secretária de Cultura Mirian Tolovi também se preocupou em mostrar e inserir os Mestres da Cultura no evento assim sendo tiveram participação especial os Mestres João Zuba, Seu Luis, Dona Odizia, que puderam mostrar seu talento. Seu João Zuba e Seu Luis são Mestre da Banda Cabaçal de Altaneira, e Dona Odizia é uma Artesã de peças de tecido e reciclagem. Outros Mestres também participaram do evento assim como Mestre Edwilson (Capoeira), Mestre Angelita (São Gonçalo), Zé Mariano (Cordelista) e outros.

Confira a banda Cabaçal executando o Hino de Alteneira:

Confira a sequencia do evento registrado em fotos:



























Fotos e Video: João Alves

Prefeito de Nova Olinda não aceita proposta de acordo sobre o Sítio Poças

Prefeito de Nova Olinda Afonso Sampaio - foto Blog Ranilson Silva
O Prefeito Municipal de Nova Olinda, Afonso Sampaio, enviou Ofício ao Prefeito Delvamberto Soares informando que não concorda com a proposta de redefinição dos limites entre os dois municípios com a comunidade do Sítio voltando a pertencer a Altaneira.

Alega o Prefeito que não tem competência para decidir sobre a matéria e mesmo se tivesse não poderia contrariar os interesses do seu município que está pleiteando repasse de aumento no percentual do Fundo de Participação dos Municípios – FPM.

O Prefeito Delvamberto Soares considerou lamentável a decisão do Prefeito de Nova Olinda, uma vez a comunidade do Sítio Poças estava acreditando na possibilidade real de pertencer ao Município de Altaneira, uma vez que todos os estudantes da área estão matriculados em escolas altaneirenses e todos os proprietários de terra são residentes na cidade de Altaneira.

O Deputado Neto Nunes, Presidente da Comissão Especial criada para solucionar impasses de sobre divisas municipais, informou aos prefeitos que havendo acordo entre as partes a homologação seria simples e ratificada pela Assembleia Legislativa.

O Presidente da Comissão Permanente da Câmara Municipal de Altaneira, Vereador Flavio Correia (PCdoB) também lamentou do Prefeito de Nova Olinda e lembrou que a orientação da Assembleia Legislativa é que fossem observadas a vontade do povo e na comunidade do sítio Poças todos querem ficar em Altaneira.

O caso será analisado pela Comissão Permanente da Câmara Municipal de Altaneira com apoio da Procuradoria Geral do Município para adoção das medidas cabíveis.

Açude do Pajeu sangra e é destaque na pagina do Governo do Estado

Aude_Valrio
Sangradouro do Açude Valério em Altaneira - foto arquivo da COGERH

Com o título "Açudes Junco e Valério atingem capacidade máxima" foi publicada na página oficial do Governo do Estado do Ceará na rede munidial a foto acima e uma matéria informando  que açude do Pajeu, oficialmente registrado como Açude Valerio, atingiu a capacidade máxima e transbordou na manhã de ontem (28/02).

O Secretário Municipal de Infraestrutura, Antonio Almeida Leite, anunciara na segunda-feira que o Açude Pajeu sangraria na terça, o que foi confirmado.

No Ceará, além do Açude Valério estão transbordando os açudesTijuquinha, localizado no município de Baturité e o Junco, em Granjeiro.

O percentual de acúmulo até esta terça-feira (28/02), perfaz um total de 69,40%, nos 136 reservatórios monitorados pela Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos (Cogerh), em parceria com o Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (DNOCS).

No momento, 14 açudes estão acima de 80% e três acima de 90%, sendo o mais próximo de sangrar o Açude Gavião, em Pacatuba, Bacias Metropolitanas, com 94,88%. Em seguida vem o Muquém, em Cariús, com 93,94% e o Trussu, em Iguatu, com 93,08%, ambos pertencentes a Bacia do Alto Jaguaribe.

Com informações Assessoria de Imprensa da Cogerh

28 de fevereiro de 2012

Juiz nega cassação do mandato de Delvamberto e Dedé Pio

Dr. Romulo Veras Holanda e o Prefeito Delvamberto por ocasião da Diplomação - foto Heloisa Bitu
Juiz Eleitoral titular da 53ª.  Zona, com sede em Nova Olinda, Dr. Romulo Veras Holanda, julgou improcedente e determinou o arquivamento da Ação de Impugnação de Mandato Eletivo de Delvamberto e Dedé Pio, candidatos eleitos respectivamente para Prefeito e Vice Prefeito, pela Coligação Altaneira do Jeito Certo em Eleição Suplementar realizado em outubro do ano passado.

Constituída a nova composição da Comissão Permanente da Câmara Municipal de Altaneira

Os vereadores Professor Adeilton, Flavio Correia e a vereadora Lélia participam da Comissão Permanente - foto Junior Carvalho
Reuniu-se na manhã de ontem (27/02) os novos membros da Comissão Permanente do Poder Legislativo de Altaneira, na ocasião foram distribuídos os cargos da Comissão que ficou assim constituída: Presidente vereador Flavio Correia (PCdoB), Relatora vereadora Lélia de Oliveira (PCdoB) e Secretário vereador Professor Adeilton (PP).

Ao iniciar os trabalhos, o vereador Flávio Correia mencionou o bom desempenho realizado no ano passado, onde o que predominou foi a boa relação e o diálogo entre os membros, mesmo a oposição tendo a maioria na Comissão. “Queremos que este ano o diálogo e o respeito prevaleçam, sempre tendo como objetivo maior o bem-estar da nossa comunidade com a aprovação dos Projetos importantes”, disse o vereador.

A Relatora, a Vereadora Lélia de Oliveira, argumentou que a Comissão Permanente teve e terá um papel primordial, pois fortalecerá os laços harmônicos entre os dois Poderes, mas sem perder sua autonomia e, por conseguinte a do Legislativo.

Já o Vereador Professor Adeilton frisou que sempre irá procurar o debate entre as partes concernentes as matérias, pois isso contribui para o fortalecimento das relações políticas visando o bem da Comunidade.

Na primeira reunião a Comissão quatro Projetos de Lei sendo três do Executivo Municipal e um de autoria do vereador Flavio Correia.

Metrô de Fortaleza receberá investimento de R$ 2 bilhões



Dilma_Fora
O Governo Federal e o Governo do Estado firmaram nesta segunda-feira (27) a maior parceria em investimento da história do Ceará. Juntos, União e Estado destinarão o montante de R$ 2 bilhões para a construção da Linha Leste do Metrô de Fortaleza. A presidenta Dilma Rousseff fez o anúncio do investimento de R$ 1 bilhão para obra na manhã desta segunda-feira (27), durante visita as obras da Linha Sul do Metrô, em Maracanaú, na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF). 

Segundo explicou a Presidenta, o Governo Federal entrará com esse valor, que faz parte do orçamento do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2), e o Governo Estadual entrará com o mesmo montante através de financiamento. “Vamos começar a Linha Leste que é do mais absoluto interesse do Governo Federal. Em parceria com o Governo do Estado, vamos fazer uma revolução no transporte de massa, isso é muito importante para o Brasil”, destacou Dilma Rousseff.
Dilma_Dentro7
Na ocasião, a Presidenta conheceu duas, das 20 estações que compõem a Linha Sul do Metrô de Fortaleza (Metrofor). Ela percorreu de trem o trajeto de cerca um quilômetro entre as estações Virgílio Távora (antiga Novo Maracanaú) e Rachel de Queiroz (antiga Pajuçara). Dilma aproveitou para destacar a importância que a conclusão dessa obra tem não só para o Ceará, mas para todo o Brasil. “Na década de 80 se falava que o Brasil era um país pobre e que por isso não precisava de metrôs. Uma Região Metropolitana precisa de transporte de massa de qualidade, e isso significa um transporte rápido, seguro e confortável. E o Brasil entrou atrasado nisso. O Governo do Ceará hoje nos mostra a capacidade de planejar a estrutura do seu sistema de transporte. Em pouco tempo a Região Metropolitana de Fortaleza terá uma das maiores estruturas de transporte coletivo. E mais importante é que vai anteder os anseios da população que usa o sistema para se deslocar”, destacou a Presidenta. Dilma também conheceu o Veículo Leve sobre Trilhos (VLT), produzido na cidade de Barbalha, no Ceará, que vai funcionar no Ramal Parangaba-Mucuripe.

Sobre a implantação da Linha Leste, que vai ligar a Estação Central Chico da Silva, no Centro de Fortaleza, ao Fórum Clóvis Beviláqua, no bairro Água Fria, o Governador Cid Gomes ressaltou que com sua implantação o Ceará terá “um dos melhores sistemas de transporte do Brasil". “Essa é a nossa meta”, ressaltou. A Linha terá 12 estações e a extensão de 12,4 quilômetros, todos em subterrâneo. A nova linha deverá integrar-se com as Linhas Sul e Oeste do Metrô, já implantada, e  toda rede de transporte público de passageiros da Região Metropolitana de Fortaleza (RMF).
Dilma_Dentro2
Cid Gomes também aproveitou a solenidade para anunciar a inauguração da Linha Sul do Metrô: No dia 15 de junho o Governo do Estado vai entregar a população a primeira etapa dessa Linha, que vai ligar o município de Pacatuba, na estação Carlito Benevides (antiga Vila das Flores), ao bairro Parangaba, passando pelas estações: Jereissati; Maracanaú; Virgílio Távora (antiga Novo Maracanaú); Rachel de Queiroz (antiga Pajuçara); Alto Alegre; Aracapé; Esperança (antiga Conjunto Esperança); Mondubim; Manoel Sátiro; Vila Pery; Parangaba; Jereissati; Maracanaú; Virgílio Távora (antiga Novo Maracanaú); Alto Alegre; Aracapé; Esperança (antiga Conjunto Esperança); Mondubim; Manoel Sátiro e Vila Pery. No dia 15 Outubro será inaugurada a segunda etapa que vai ligar o bairro Parangaba ao Centro de Fortaleza, na Estação Central – Chico da Silva (antiga João Felipe), através das estações: Couto Fernandes, Porangabussu; Benfica; São Benedito e José de Alencar (antiga Lagoinha); “Essa obra foi iniciada em 1997, já se vão 15 anos e muita gente não tem esperança de andar no Metrô. Graças ao apoio do ex-Presidente Lula e continuidade do seu governo com a Presidenta Dilma essa obra agora tem data começar a funcionar” comemorou Cid Gomes.
 Dilma_Dentro3
A Linha Sul tem 24,1 km de extensão em via dupla, sendo 18 km de superfície, 3,9 km subterrâneo e 2,2 km em elevado. A obra está recebendo um investimento total de R$ 1,705 bilhão. Em 2013, serão feitos os ajustes finais. A expectativa é transportar 350 mil passageiros por dia, com a integração plena com os terminais de ônibus. A implantação do metrô de Fortaleza é considerada a maior obra estruturante da Capital. Segundo o Governador, com a conclusão das obras na Linha Sul, o tempo de viagem entre Pacatuba e Centro de Fortaleza vai ser diminuído em um terço. “Essa linha vai permitir o deslocamento fácil, confortável e rápido de quem fazia esse trajeto de ônibus. Tudo isso significa melhoria de vida para a nossa população”, ressaltou.
 Dilma_Dentro4
Após realizar o percurso, a presidenta Dilma declarou que o Ceará hoje dá um exemplo para o País. “Hoje é um dia muito importante porque estamos vendo um das mais importantes obras de redes de Metrô do Brasil”, ressaltou. Segundo ela, as cidades de Belo Horizonte, Curitiba, Porto Alegre e Salvador também estão recebendo investimentos do Governo Federal para a implantação de sistemas rodoviários. “É legítimo que Fortaleza tenha essa estrutura”, reforçou.

Presente na solenidade, o Ministro das Cidades, Agnaldo Rebelo, destacou a implantação de todo o Projeto do Metrô de Fortaleza como a solução de um dos maiores problemas de quem vive hoje nas grandes cidades. “Esse é um Governo de grandes parcerias e que visa não só obras de infraestrutura, mas que está olhando para o cuidado do bem estar da população”, destacou. Ainda segundo Rebelo, o Governo Federal está investindo R$ 30 bilhões em obras de infraestrutura no País, do montante, o Ceará está sendo beneficiado com R$ 4 bilhões através dos PAC de Mobilidade Urbana, da Copa e das Grandes Cidades.
Dilma_Dentro5
A Presidenta finalizou a visita destacando o trabalho que vem sendo realizado durante a gestão do Governador. “Cid Gomes é um governante com muita sensibilidade e que consegue resolver difíceis problemas”, analisou. Ela também anunciou que ainda este ano volta ao Estado para tratar do andamento das obras da Refinaria Premium II. “Esse empreendimento não é só uma questão do Ceará, é também uma questão do Brasil. O Brasil precisa investir em refino. Nós queremos que as questões da Refinaria sejam acertadas e que se cumpram os prazos”, finalizou Dilma.
Dilma_Dentro6
Prestigiaram o evento os senadores Inácio Arruda, Eunício Oliveira e José Pimentel; os ministros, Miriam Belchior (Casa Civil), Helena Chagas (Comunicação) e Leônidas Cristino (Portos); o vice-governador, Domingos Filho; o presidente da Assembleia Legislativa do Ceará, Roberto Cláudio; o presidente do Banco do Nordeste, Jurandir Santiago; o presidente da Companhia Cearense de Transportes Metropolitanos (Metrofor), Rômulo Fortes; os secretários estaduais, Adail Fontenele (Infraestrutura) e Camilo Santana (Cidades), o presidente da Caixa Econômica Federal, Jorge Hereda; os deputados federais, Chico Lopes, José Airton Cirilo, Domingos Neto e Edson Silva, o prefeito de Maracanaú, Roberto Pessoa e a Prefeita de Fortaleza, Luizianne Lins.
 
Com informações Coordenadoria de Imprensa do Governo do Estado

Em Fortaleza, a Presidenta Dilma visita obras do PAC

Presidenta Dilma faz viagem no Metrô de Fortaleza - foto Roberto Stuckert Filho

A presidenta Dilma Rousseff anunciou hoje (27) investimentos no valor de R$ 2 bilhões para ampliar o Metrô de Fortaleza. Em cerimônia na Estação Virgílio Távora, em Maracanaú, ela afirmou que a ampliação do metrô vai provocar uma “revolução” no transporte de massa. 

Segundo a presidenta Dilma, outras cidades, como Belo Horizonte, Curitiba, Porto Alegre e Salvador, também estão recebendo recursos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) para ampliar e melhorar a mobilidade urbana, deixando para trás o tempo em que não se investia em metrô no Brasil.

    “Uma região metropolitana que cresce precisa ter transporte de massa de qualidade, rápido, seguro e confortável”, disse a presidenta, após o deslocamento de trem entre as estações Raquel de Queiroz e Virgílio Távora.

A viagem foi feita em um vagão fabricado na cidade de Barbalha, no Ceará, o que, segundo Dilma Rousseff, demonstra a importância de o Brasil avançar na logística do metrô. Por isso, acrescentou, o governo federal vai investir R$ 1 bilhão em recursos do Orçamento da União na ampliação do Metrô de Fortaleza e outros R$ 1 bilhão serão financiados.

    “Eu considero muito importante para o governo federal a construção e a expansão da rede de metrô, porque o Brasil mudou. O governo federal tem que ajudar os governos estaduais a transformar a vida urbana das médias e grandes cidades. O metrô é uma realidade em todas as grandes cidades do mundo. E é legítimo que Fortaleza tenha essa estrutura”, acrescentou a presidenta que fez ainda uma visita às obras do Eixo de Integração Castanhão-Pécem, outra obra do PAC.

Ainda em Fortaleza, a presidenta Dilma visitou o Projeto Vila do Mar de urbanização da orla, abrangendo os bairros de Pirambu, Cristo Redentor e Barra do Ceará. O Projeto vai retirar as famílias que se encontravam em áreas de risco e levá-las para conjuntos habitacionais.

De acordo com a Prefeitura de Fortaleza, aproximadamente 300 mil pessoas serão beneficiadas com a construção de 1.710 novas habitações, além da melhoria da infraestrutura nos bairros. O Projeto também prevê a construção de 14 quadras esportivas, quiosques padronizados e equipamentos culturais.

Com informações Blog do Planalto

27 de fevereiro de 2012

Cobras de Altaneira viajarão para Petrolina


Os membros do Cobras Moto Clube viajarão no dia 05 de abril para a cidade de Petrolina ilustrada na foto de Ana Acevedo. A viagem faz parte das atividades de comemoração do nono aniversário defundação do Moto Clube.

A cidade de Petrolina está localizada no Sertão do São Francisco, a 722 km do Recife. Possui
área territorial de 4.559 km2 e tem População:
294.081 habitantes (IBGE/2010) foi escolhida por maioria de votos dos membros. O outro destino era a cidade de Cabedelo na Paraíba.

Até a primeira metade do século XIX, o local onde hoje fica a cidade de Petrolina era apenas o ponto por onde viajantes nordestinos faziam a travessia do Rio São Francisco, para chegar a cidade baiana de Juazeiro. Por isso, o local era denominado Passagem do Juazeiro.

Em 1858, o capuchinho Frei Henrique iniciou ali a construção de uma igreja dedicada à Santa Maria Rainha dos Anjos, concluída dois anos depois. Foi em torno dessa igreja que o povoado cresceu e hoje dia 21 de setembro comemora a sua emancipação política.

A Orla do São Francisco em Petrolina é um movimentado ponto de encontro. Dispõe de bares e lanchonetes, playground, restaurantes, pista de cooper, pista de patinação e palco de shows artísticos.

O Museu do Sertão guarda um bom e variado acervo de documentos históricos, instrumentos indígenas, peças sacras e objetos típicos do uso de cangaceiros, boiadeiros, antigos coronéis e pescadores.

Outro local bem visitado é o bodódromo que reune um complexo gastronômico de 10 bares, todos especializados em servir a carne de bode e de carneiro.

Confira outras fotos do Blog Meu Pernambuco:



OUTROS PONTOS TURISTICOS


Barragem de Sobradinho - A Barragem de Sobradinho tem o maior lago artificial do mundo. Além de local de competições esportivas, uma outra atração é a Eclusa –que é um reservatório em forma de câmara para possibilitar, pelo enchimento e esvaziamento, que uma embarcação transpunha uma diferença de nível. No local existem restaurantes que servem pratos à base de surubim pescado no próprio lago.

Ateliê de Ana das Carrancas - Local de trabalho da ceramista Ana Leopoldina Santos Silva, a Ana das Carrancas, que ficou famosa por fazer carrancas em barro - a tradição no São Francisco era carranca em madeira.

Concha Acústica - Tem palco elevado e arquibancadas com capacidade para cinco mil pessoas.

Centro de Convenções Senador Nilo Coelho - Tem 16.000 metros quadrados de área construída, onde existem auditórios, restaurantes, lojas comerciais, sala de imprensa, sala vip, entre outros equipamentos.

Fazendas Vinícolas - Também são atrações no município as fazendas vinícolas, onde é produzido o saboroso vinho do São Francisco. Entre elas estão Fazenda Vinícola Milano e a Fazenda Vinícola Ouro Verde.

Qualidade da Câmara dos Vereadores: A culpa também é sua

Plenário da Câmara Municipal de Fortaleza - foto Genilson de Lima


O Jornal o Povo publica na edição de hoje uma excelente matéria sobre o processo de escolha dos parlamentares municipais.

A matéria deixa claro que a Câmara Municipal reflete o povo e seus critérios na hora de escolher seus representantes e comprove que na capital a maioria dos eleitores não lembra em quem votou e que não entendem bem a função constitucional do Vereador.

Em rápida enquete realizada na Praça do Ferreira quinta-feira, a maioria dos entrevistados pelo O POVO citou como missão do vereador trazer benfeitorias para o seu bairro. Por benfeitorias, entende-se: asfaltar as ruas, construir postos de saúde, escolas, creches. Atribuições que, na verdade, cabem ao Executivo Municipal, ou seja: à Prefeitura. “Então por que eles prometem se não é da alçada deles?”, questionou uma das eleitoras ouvidas pela reportagem.

A impressão do eleitor, por mais desinformado que seja, é resultado do discurso dos candidatos em tempos de campanha. “O papel do vereador é muitas vezes confundido. Às vezes há uma confusão, pela própria história do vereador, com o papel que ele exercia de líder comunitário”, explica o presidente da Câmara Municipal, Acrísio Sena (PT).

Ao mesmo tempo, vereadores endossam a tal percepção equivocada do eleitor ao incluir na lista de atribuições o papel de ser um elo entre o cidadão e o Executivo Municipal. “Eu mesmo tenho trabalhado como elo. A comunidade do Conjunto Palmeiras, por exemplo: ‘Vereador, estamos precisando de uma linha de ônibus’. O que eu fiz? Agendei com a comunidade e a Etufor (Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza)”, disse o vereador, acrescentando que já articulou creche com o secretário de Educação e asfalto com a Secretaria Executiva Regional.

Neste ano, o eleitor se verá novamente diante da tarefa de escolher um candidato a vereador, a edição de hoje do O POVO tem o propósito de alertar sobre a importância de escolher bem o seu representante, pois você é também responsável pelo bom ou mau rendimento da produção do parlamento. 

Para isso, é fundamental entender o papel do parlamentar e observar se as promessas de campanha condizem ou não com a real atribuição dos eleitos.   

26 de fevereiro de 2012

Dilma Rousseff visita o Ceará na próxima segunda-feira



A presidenta Dilma Rousseff estará no Ceará na próxima segunda-feira (27). Ao lado do governador Cid Gomes, ela participará da cerimônia de assinatura da ordem de serviço para início das obras civis do VLT Parangaba-Mucuripe. O evento será realizado, a partir das 10 horas, na estação Virgílio Távora, em Maracanaú, na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF). Dilma Rousseff acompanhará as ações de conclusão da Linha Sul e assinará liberação de recursos para a Linha Leste do Metrô de Fortaleza. Para chegar a estação Virgílio Távora, a Presidenta embarcará na estação Rachel de Queiroz, também em Maracanaú, e fará o percurso de cerca de 1 km de trem.
 ETA2
Em seguida, às 15 horas, Dilma Rousseff e Cid Gomes visitam as obras de construção da nova Estação de Tratamento de Água Oeste (ETA-Oeste), em Caucaia, também na RMF. A construção da ETA-Oeste atende a necessidade de aumentar a oferta de água para a zona oeste da Capital e reforçar o abastecimento no município de Caucaia, locais estes que passaram por um acelerado crescimento demográfico nos últimos anos. A expectativa é aumentar a vazão de água para 5m³ por segundo, o que representa metade da capacidade atual da Estação de Tratamento de Água Gavião. Após sua conclusão, prevista para outubro de 2012, estima-se que a obra irá beneficiar 1,2 milhão de habitantes.

A obra está sendo realizada em duas etapas. Na primeira fase, executada pela Secretaria de Recursos Hídricos e finalizada no final de 2010, foram construídos seis filtros descendentes, uma estação elevatória, reservatório elevado, um sistema de aplicação de produtos químicos, sistema de lavagem de gases, além de toda a área administrativa da estação. Essa estrutura é capaz de produzir 1,5 m³ por segundo de água tratada.

A segunda etapa, que está sendo realizada pela Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece), consiste na construção de sete filtros, um reservatório pulmão de água tratada, uma estação elevatória e uma adutora de 11,7 km, com 1.500 de diâmetro. O investimento total previsto é de R$ 158 milhões, dos quais R$ 25,7 da 1ª etapa R$ 132,3 milhões da 2ª Etapa. Atualmente, a obra está 45% concluída e tem sua previsão de conclusão para outubro de 2012.

VLT Parangaba-Mucuripe

No Diário Oficial do Estado (DOE) do último dia 16, página 36, o consórcio CPE-VLT Fortaleza, composto pelas empresas Consbem Construções e Comércio LTDA, Construtora Passarelli LTDA e Engexata Engenharia LTDA apresentou o menor preço, de R$ 179.546.499,60 para realizar as obras civis do Ramal Parangaba Mucuripe. O valor proposto pelo consórcio CPE-VLT Fortaleza é, aproximadamente, 13% inferior ( R$ 25.649.502,64) ao preço de referência, o máximo que havia sido proposto na licitação, que foi de R$ 205.196.002,24.
metrdentro1
Por determinação do governador Cid Gomes as obras do VLT Parangaba Mucuripe, a serem realizadas pelo consórcio CPE, terão início em locais em que não será necessário realizar desapropriações. Entre os trechos que serão iniciados estão o elevado da Parangaba que cruza a rua Germano Franck; o elevado sobre a avenida Aguanambi; os deslocamentos da linha de carga, a exemplo o cruzamento da linha férrea com a BR-116; além dos viadutos ferroviários da Raul Barbosa, Virgílio Távora, Antônio Sales e Dom Luís.

As próximas ações para a construção do VLT Parangaba Mucuripe incluem, também, a realização de reuniões com as comunidades que moram nas áreas, onde acontecerão as obras, para explicá-las sobre o processo de desapropriação. Pela Lei Estadual 15.056, as famílias poderão receber, além da indenização em dinheiro, um apartamento no condomínio Cidade Jardim, no José Walter, dentro do Programa Minha Casa Minha Vida do Governo Federal.

Conheça o projeto

O Ramal Parangaba - Mucuripe será uma das grandes obras estruturantes no conceito de mobilidade urbana em Fortaleza para a Copa de 2014. O Ramal vai ser operado com VLTs (Veículos Leves Sobre Trilhos) e fará a conexão ferroviária de 12,7 quilômetros entre a Estação Parangaba e o Porto do Mucuripe. Serão 11,3 km em superfície e 1,4 km em elevado.

Metro2
A obra visa à remodelação do ramal ferroviário Parangaba-Mucuripe, para utilização do espaço pelos dois modais de uso (passageiro e carga) de forma segregada. O Ramal Parangaba Mucuripe passará por 22 bairros da Capital. A previsão é que a obra tenha início em 2012 e seja concluída até o início do segundo semestre de  2013 (inclusive final dos testes) e, uma vez concluído, deverá ser utilizado por mais de 90 mil passageiros por dia.

Seis Veículos Leves sobre Trilhos (VLTs) fabricados pela Bom Sinal no Cariri, conduzirão os passageiros. Movidos a diesel, os VLTs possuem ar condicionado, sendo mais confortáveis que os antigos trens. Serão oito estações, sendo que as da Parangaba e do Papicu possuem projeto diferenciado, devido à integração com os terminais de ônibus. As demais estações serão localizadas no Montese, Vila União, Rodoviária, São João do Tauape, Pontes Vieira e Mucuripe.

Lei 15.056

As propostas do governador Cid Gomes referentes a realocações e indenizações dos moradores por onde as obras do Ramal Parangaba-Mucuripe passarão foram oficializadas na Lei 15.056, publicada no dia 12 de dezembro de 2011.

Pela lei os proprietários dos imóveis residenciais ou mistos avaliados em até R$ 40 mil e que morem no local, além da indenização correspondente, receberão uma unidade residencial dentro do Programa Minha Casa Minha Vida (PMCMV), da Caixa Econômica Federal, com prestações custeadas pelo Estado. O local escolhido pela Seinfra para as famílias será o condomínio Cidade Jardim, ao lado do Conjunto Prefeito José Walter.

Já os proprietários de imóveis avaliados acima de R$ 40 mil receberão o valor correspondente à desapropriação em dinheiro. A unidade do PMCMV será entregue mediante o custeio das prestações. As avaliações são realizadas levando em consideração o terreno e as benfeitorias, como edificações, dentro da área.

Os exclusivamente posseiros na forma da legislação civil e que morem há pelo menos 12 meses antes da data da publicação da lei 15.056, também receberão um imóvel quitado pelo Governo do Estado. Quem for posseiro há menos de 12 meses receberá o imóvel do PMCMV, mediante o aceite em custear as prestações.

Os inquilinos poderão ser contemplados com as unidades habitacionais, bastando comprovar que residem no local há pelo menos 12 meses e se comprometerem ao pagamento das prestações das unidades.

O Governo do Estado também custeará o aluguel social de R$ 200,00 mensais às famílias que tiverem seus imóveis avaliados abaixo de R$ 16 mil até a unidade habitacional do PMCMV ficar pronta. Alguns destes casos são de moradores que não podem ter os terrenos em que residem somados ao valor da desapropriação pelo fato de as propriedades pertencerem à União.

Durante a visita da presidente ao Ceará, Dilma Rousseff também irá conhecer a linha Sul do metrô de Fortaleza. Com mais de 94% das obras físicas concluídas, o Governo do Estado já marcou as datas das duas fases de testes do metrô de Fortaleza: 15 de junho e 15 de outubro de 2012.
O Metrô de Fortaleza passará a fazer todo o trecho de Maracanaú ao centro de Fortaleza a partir de 15 de outubro deste ano durante a segunda fase de testes com passageiros. O anúncio foi feito no dia 10 de fevereiro pelo secretário de infraestrutura do Estado, Adail Fontenele, durante visita de empresários às obras do metrô.

Durante esta segunda fase, as composições passarão por todas as 18 estações da Linha Sul do metrô. “Duas estações, a Chico da Silva e a José de Alencar, ainda estarão em fase de acabamento, mas poderão receber os passageiros”, afirma. De acordo com Rômulo Fortes, presidente da Companhia Cearense de Transportes Metropolitanos (Metrofor), a primeira fase será iniciada no dia 15 de junho. “O metrô vai sair de Maracanaú e irá parar na estação Parangaba. Esses testes servirão para fazer quaisquer ajustes necessários”, afirma.

Essas operações são chamados “testes dinâmicos” e consiste em colocar os equipamentos em funcionamento para ajuste. “É uma fase necessária para oferecer segurança quando formos iniciar a operação comercial. Antes fazemos a operação assistida, que consiste em transportamos passageiros sem a cobrança de passagem. Mas também o passageiro está consciente que é uma fase de teste”, explica Fortes.

Linha Sul

A linha Sul, que está sendo concluída pelo Metrofor, irá ligar Fortaleza a Pacatuba. São 24,1 km de extensão em via dupla, sendo 18 km de superfície, 3,9 km subterrâneo e 2,2 km em elevado. Esta linha irá receber um total de 20 trens que formarão dez composições de 80 metros, cada. Estão sendo finalizadas 18 novas estações: Carlito Benevides (antiga Vila das Flores); Jereissati; Maracanaú; Virgílio Távora (antiga Novo Maracanaú); Rachel de Queiroz (antiga Pajuçara); Alto Alegre; Aracapé; Esperança (antiga Conjunto Esperança); Mondubim; Manoel Sátiro; Vila Pery; Parangaba; Couto Fernandes, Porangabussu; Benfica; São Benedito; José de Alencar (antiga Lagoinha); Central – Chico da Silva (antiga João Felipe).

Além dessas 18 estações, o Governo do Estado conseguiu a inclusão de mais duas estações no cronograma de obras: Juscelino Kubitschek e Padre Cícero. As duas estações já estavam previstas desde a concepção original da Linha Sul, mas com o Plano de Mobilidade Urbana gerado pela Copa do Mundo da Fifa em 2014, suas implantações foram antecipadas. Com isso, a Linha Sul do Metrô de Fortaleza, que liga Pacatuba ao Centro de Fortaleza, terá ao todo 20 estações.

A obra está recebendo um investimento total de R$ 1,705 bilhão. Em 2013, serão feitos os ajustes finais. A expectativa é transportar 350 mil passageiros por dia, com a integração plena com os terminais de ônibus. A implantação do metrô de Fortaleza é considerada a maior obra estruturante da Capital. A expectativa é que o metrô solucione um dos grandes problemas da cidade, que é o ordenamento de seu trânsito. A necessidade de se aumentar a oferta de transporte público de qualidade em substituição aos carros de passeio tem sido um dos objetivos de governos para desafogar as vias e melhorar a mobilidade urbana.

Com informações Assessoria de Imprensa do Metrofor e Cagece