31 de outubro de 2012

Blogueiro faz dura critica ao prefeito cassado

Professor e Blogueiro José Nicolau Neto e administrador do Blog Informações em Foco - foto de arquivo
Com o título “Mãos ao alto: ex-prefeito cassado de altaneira fala em boa gerência dos recursos públicos” o professor e blogueiro José Nicolau Neto, postou no seu Blog uma análise da entrevista do prefeito cassado Antonio Dorival de Oliveira, concedida no dia de ontem (30/10) na Radio Comunitária Altaneira FM.

Nicolau narra que o ex-prefeito usou a entrevista para superar a humilhante situação que lhe foi imposta pelos próprios membros do seu  grupo que o impediu participar do palanque dos seus candidatos no último comício.

O blogueiro escreveu que discursos proferidos hoje pelo tucano são descabidos e que a sua gestão é responsável direta e indiretamente pelos problemas sociais que a cidade vive e faz duas indagações que merecem profunda reflexão:

Quer enganar a quem?
Seria ele tão fluente discursivamente a ponto de enganar a si mesmo?

O professor Nicolau afirma que a administração do prefeito cassado “foi um desastre para os trabalhadores e para o povo pobre, reduziram direitos sociais, os serviços públicos aconteceram de forma precária, além de governar diretamente para as elites da cidade, aprofundando o abismo social entre ricos e pobres.”

Conclui o blogueiro que não pretende fazer uma apologia a atual administração, a sua intenção é tecer comentários sobre as circunstâncias históricas que ensejaram tal entrevista e os seus desdobramentos.

Altaneira participará da 14ª. Mostra SESC Cariri

A Mostra SESC Cariri de Cultura é a reunião de vários campos da arte em uma mesma mostra sem caráter competitivo. Literatura, Música, Artes Cênicas, Artes Visuais e Audiovisuais fazem parte desse tradicional evento da região cearense do Cariri, que abrange os municípios do Sul do Ceará que receberão o Circuito Patativa do Assaré. 

O evento é dividido em quatro partes: Overdoze, com doze horas ininterruptas onde, em diversos espaços distintos, são apresentadas diversas manifestações artísticas; Banquete Dionisíaco, onde a festividade se faz como um momento de confraternização com variadas apresentações musicais; Cena Cariri, com espaços dos espetáculos da região; e Mostra de Tradição Oral, que traz os mestres da cultura e seus saberes, representando Reisados, Bandas Cabaçais, Rabequeiros, Maracatus, entre outras manifestações.

Idealizado pelo Departamento Nacional do Sesc e pelo Departamento Regional do Ceará, a Mostra Sesc Cariri de Culturas, palco de difusão das mais diversificadas manifestações artísticas e culturais, chega com sucesso à sua 14ª edição.

Este ano, a grande mostra cultural de 8 a 13 de novembro e pela primeira vez o Município de Altaneira será contemplado com vários espetáculos de grupos cearenses paulistas e cariocas.




30 de outubro de 2012

Elevação da abstenção nas eleições deve ser analisada pela Justiça Eleitoral

Mesários da Seção 007 em Altaneira
A Presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministra Cármen Lúcia Antunes Rocha, lamentou o índice de 19% de abstenção no pleito deste domingo, em entrevista coletiva concedida na noite de domingo (28/10) após apuração dos votos do segundo turno das eleições municipais. 

 A Ministra considerou a elevação da abstenção uma questão preocupante que precisa ser analisada pela Justiça Eleitoral e pelos cientistas políticos. Para alguns analistas políticos quem deve fazer esta análise são políticos, pois um em cada cinco eleitores não está motivado para ir as urnas.

Em Altaneira a abstenção tem crescido a cada eleição, até o pleito de 2004 a abstenção estava abaixo dos 10%, em 2008 foi de 11,23% e agora em 2012 foi de 16,32% o que representou quase 1.000 votos fora das urnas.

Felizmente esta tendência é de crescimento da abstenção pode ser barrado com a mobilização do eleitor para que compareçam as urnas e decida o melhor para seu Município, Estado ou para o País.

Por outro lado ao final de cada pleito surgem comentários de eleitores que venderam seus documentos para não votarem, fatos até hoje não comprovados.

Percebe-se, ainda, que em casos de eleição bem disputada, nas pequenas cidades, o índice de abstenção é menor, pois o eleitor está motivado para participar do pleito.

29 de outubro de 2012

Agilidade na apuração e tranquilidade na votação marcam as Eleições 2012

Em entrevista coletiva concedida na noite deste domingo (28/10), a Presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministra Cármen Lúcia Antunes Rocha, destacou a eficiência da Justiça Eleitoral na apuração dos votos do segundo turno das eleições municipais. “Mais uma vez conseguimos diminuir o tempo entre o final da eleição e a totalização dos votos”, ressaltou a ministra, informando que o município de Vitória-ES foi o primeiro a fechar a totalização, concluída em apenas 44 minutos.

Segundo a ministra, as eleições transcorreram em clima de absoluta normalidade e os poucos incidentes registrados, em sua maioria referentes à boca de urna, estão se reduzindo espontaneamente a cada eleição. Para ela, o próprio cidadão está cobrando e adotando posturas mais corretas e rigorosas contra esse tipo de comportamento. “É um aprimoramento da própria sociedade. Já melhoramos muito, mas sempre temos muito mais a melhorar”, disse.  

A presidente do TSE agradeceu o empenho dos juízes e dos servidores da Justiça Eleitoral, elogiou a transparência e o profissionalismo da imprensa e enalteceu a participação do cidadão que compareceu às urnas e trouxe, mais uma vez, a representatividade e a legitimidade necessárias para que a democracia brasileira se consolide cada vez mais.

Entretanto, a ministra Cármen Lúcia lamentou o índice de 19% de abstenção no pleito deste domingo, índice quase 3% superior ao verificado no primeiro turno. Ela considerou a elevação da abstenção uma questão preocupante que precisa ser analisada pela Justiça Eleitoral e pelos cientistas políticos.

“Devemos nos debruçar sobre esses dados para que tenhamos uma verificação adequada de suas causas e consequências, e quais as medidas que podem ser tomadas para convidar com mais eficácia todos esses eleitores que se abstiveram de votar nas eleições de 2012”.

Ela reiterou a meta do Tribunal de julgar todos os recursos pendentes até o dia 19 de dezembro, data-limite para a diplomação dos eleitos, e adiantou que caso seja necessário, serão convocadas sessões extraordinárias “para que a resposta que a sociedade espera seja dada a contento para todos”.

Com informações Secretaria de Comunicação do TSE

Eleições na Capital: Elmano e PT ocuparão novos espaços

Elmano durante discurso na av. da Universidade após a apuração - foto  Eduardo Magalhães
Após vencer o primeiro turno, Elmano de Freitas (PT) não conseguiu sustentar a façanha e foi vencido pelas forças política e econômicas em sua primeira eleição. Com isso, termina também o ciclo de oito anos de administração do PT na Capital, comandado pela maior incentivadora da candidatura de Elmano, Luizianne Lins (PT). Agora, partido, prefeita e candidato entram em um novo momento.

Para entender como se deu a derrota de Elmano é preciso lançar um breve olhar sobre as poucas e decisivas semanas do segundo turno. No dia seguinte ao primeiro turno, o Jornal O POVO já mostrava algumas dificuldades que Elmano encontraria para manter-se à frente. A estrutura de campanha menor que a do adversário era um deles. A dificuldade de conseguir apoios era outra – em contrapartida ao amplo arco de aliança de Roberto Cláudio (PSB).

Um dos maiores trunfos era a vinda do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para o palanque, que, porém, não surtiu o efeito esperado. Assim, mesmo sem cometer grandes erros, a estratégia mostrou-se incapaz de garantir a dianteira na disputa.

Aos 42 anos, Elmano certamente ainda tem um longo futuro político pela frente – ontem, no entanto, ao discursar pela primeira vez como candidato vencido, ele disse não ter pretensões por outros cargos eletivos, por enquanto. “Vou continuar advogando no movimento popular”, afirmou. Embora ele saia da eleição maior que entrou, provavelmente não alcançará status de nova liderança no partido, o que ocorreria naturalmente caso tivesse saído vitorioso.

Luizianne Lins terá pela frente uma situação delicada para administrar. Com uma ascensão política rápida – de vereadora, passando à deputada estadual e depois à prefeita em menos de uma década – ela colecionava êxitos até ontem. A partir de janeiro, estará sem cargo eletivo e sem a força de ter conseguido fazer o sucessor.

Embora ainda deva continuar com considerável grau de influência local, Luizianne deve enfrentar dificuldades para levar em frente aspirações políticas mais elevadas. E tende a enfrentar ainda mais resistência dentro do próprio partido.

Até alguns petistas consideram que a gestão Luizianne é essencialmente concentrada na Democracia Socialista (DS), a corrente interna da prefeita no PT. Agora, as demais correntes e lideranças tendem a reivindicar maior participação e lutar pelo comando da sigla. Porém, ontem a prefeita confirmou que segue no comando estadual do PT pelo menos até novembro de 2013, quando ocorre novo processo de eleição interna.

Na Câmara Municipal, os quatro petistas eleitos são ligados a Luizianne e, por isso, tendem a se opor à administração de Roberto Cláudio. Líderes petistas ouvidos pelo Jornal O POVO ontem, no entanto, preferiram não antecipar a postura dos parlamentares na próxima gestão, apesar de terem destacado o desgaste na relação com o PSB .

No nível estadual, o mais provável é que os petistas permaneçam aliados a Cid Gomes (PSB), mesmo com o esfacelamento que a campanha trouxe para a relação entre ele e a prefeita. Há três secretários petistas na gestão estadual – todos eles ausentes no comitê de Elmano ontem e fortemente criticados por outros colegas de partido. Na Assembleia, dos três parlamentares do PT, o único ligado a Luizianne é Antônio Carlos, que é suplente em exercício.

Durante discurso na av. da Universidade, após a apuração, Elmano 13 agradeceu o apoio de todos que militaram e trabalharam pela sua campanha.

"Meu sentimento é de missão cumprida. Estou muito feliz e agradecido pelo mais de 500 mil votos que recebi hoje. Nós somos um projeto político e vamos seguir nossa luta por uma cidade mais justa" disse o candidato

Com informações O Povo Online

28 de outubro de 2012

Roberto Cláudio é eleito novo prefeito de Fortaleza

Roberto Claudio no momento em que votava - foto divulgação
O novo prefeito de Fortaleza é Roberto Cláudio (PSB). O deputado estadual conquistou 53,02% dos votos. Roberto teve como principal padrinho político o governador Cid Gomes (PSB).

Já Elmano de Freitas (PT), que alcançou 46,98% era o candidato da atual prefeita de Fortaleza, Luizianne Lins e recebeu apoio do ex-presidente Lula, que participou de comício na ultima terça-feira.

O prefeito eleito de Fortaleza, Roberto Cláudio, garantiu para o Blog do Eliomar, que, no seu primeiro dia de trabalho à frente da Prefeitura, percorrerá todos os postos de saúde do município para conferir a realidade, porque “vou botar todos eles para funcionar. Essa foi uma das promessas de campanha e vou cumprir”.

Roberto Cláudio disse também que as obras de mobilidade urbana para a Copa 2014 serão tocadas com maior celeridade. A ideia é montar um grupo de trabalho em parceria com o apoio do secretário especial da Copa para tratar desse setor.

A festa dos apoiadores de Roberto Cláudio ocorre na sede do Comitê Central, no bairro Cocó.
Vamos aos números:

Roberto Cláudio (PSB) teve 650.607 votos, o que corresponde a 53,02% do total.
Elmano de Freitas (PT) conquistou  576.435 votos, o que representa 46,98% dos sufrágios.
74.172 foi a diferença de votos entre Roberto Cláudio e Elmano de Freitas.
A abstenção foi de 268.138 votos, 16,63% dos eleitores.
1.344.017 eleitores foram às urnas neste domingo.
33.782 eleitores votaram em branco.
83.193 eleitores votaram nulo.
1.227.042 votos foram considerados válidos.

Segundo turno emocionante na Capital

Emano (PT) e Roberto Claudio (PSB) brigam hoje pelos 7% que se dizem indecisos
O fortalezense irá às urnas hoje decidir a eleição mais disputada desde que foi instituída a realização de segundo turno. De forma inédita na história da Capital, a pesquisa realizada na véspera da votação mostra empate entre os dois competidores que chegaram a essa fase da disputa. No dia da eleição, o resultado é completamente imprevisível.

Tanto Elmano de Freitas (PT) quanto Roberto Cláudio (PSB) aparecem com 50% dos votos válidos, que é a forma oficial como será divulgado pela Justiça Eleitoral o resultado do pleito deste domingo. Nesse cálculo, são desconsiderados os indecisos, os que dizem votar em branco, nulo ou em nenhum dos dois.

Considerado o total de votos, os dois competidores aparecem com 42% das intenções de voto. Roberto Cláudio oscilou positivamente um ponto desde a pesquisa realizada nas últimas terça e quarta-feira. Já Elmano se manteve com o mesmo percentual desde a primeira pesquisa realizada neste segundo turno, realizada há cerca de dez dias.

Mesmo na véspera do pleito, ainda há 7% de eleitores que não sabem em quem votar para prefeito. Além disso, dentre aqueles que já se decidiram por um dos lados, há 8% que admitem rever a posição até a hora de digitar o número na urna eletrônica. O que acrescenta ingredientes adicionais ao cenário de indefinição.

O índice de consolidação do voto entre ambos é igualmente muito próximo: são 8% os que votam em Elmano e admitem trocar de candidato. Entre os que votam em Roberto Cláudio, o índice é de 7%.

O percentual dos que dizem votar em branco, nulo ou em nenhum dos dois soma 9%. Mas esse percentual é mais elevado entre os mais jovens - chega a 17% - e entre os mais escolarizados - fica em 14%.

O petista abre sua maior vantagem entre os eleitores entre 45 e 59 anos. Já o candidato do PSB alcança maior diferença sobre o oponente entre os eleitores mais ricos.

O Datafolha ouviu 1.748 eleitores de Fortaleza na sexta-feira e neste sábado. A margem de erro máxima é de três pontos percentuais para mais ou para menos, considerado nível de confiança de 95%. Isso significa que, entre 100 levantamentos feitos com a mesma metodologia, em 95 o resultado estará dentro da margem de erro prevista. A pesquisa está registrada no Tribunal Regional Eleitoral do Ceará (TRE-CE) com o número CE-00185/2012.

Com informações O Povo Online

27 de outubro de 2012

O Filme "Gonzaga - De Pai pra Filho" comove com drama familiar

Um acerto de contas entre pai e filho. Esse é o drama que sustenta o filme Gonzaga - de pai pra filho, que conta a biografia de Luiz Gonzaga e retrata, ao mesmo tempo, como era a relação entre ele e o filho Gonzaguinha. "Para funcionar bem no cinema, toda biografia tem que ter um drama pra puxar a história", declarou o diretor Breno Silveira, que escolheu três artistas (Land Vieira, Chambinho do Acordeon e Adélio Lima) para interpretar o personagem de Luiz Gonzaga em diferentes fases da vida.

O filme representa um pequeno recorte da vida de Luiz Gonzaga a partir da biografia O Rei e o Baião, de Bené Fonteles, e também de fitas com diálogos entre o Gonzagão e Gonzaguinha durante a turnê Vida de Viajante - a primeira e única que pai e filho fizeram juntos após o 'acerto de contas'. "Transformamos várias horas de fita em apenas duas horas de filme", revelou Breno.

A história do longa começa em 1981 quando Gonzaguinha - já adulto - recebe uma visita inesperada de Helena, esposa do seu pai. Ela havia ido ao Rio de Janeiro para dizer ao enteado que o 'Rei do Baião' precisava de ajuda. Mesmo com muita mágoa do pai, Gonzaguinha resolve viajar a cidade de Exu, no sertão nordestino, para encontrar Luiz Gonzaga - que naquele momento já havia se aposentado da carreira de músico.

Chegando lá, ele discute com o pai e questiona o fato de ter sido deixado sob os cuidados dos seus padrinhos Xavier (Luciano Quirino) e Dina (Silvia Buarque), no Morro de São Carlos, no Rio de Janeiro. Ao ouvir uma série de perguntas do filho, Luiz Gonzaga decide contar toda sua trajetória de vida, desde a infância até o sucesso e o declínio da carreira. Neste momento do filme, o roteiro volta aos anos 20, quando Luiz Gonzaga - ainda criança - ajudava seu pai a consertar sanfonas na pequena cidade de Exu. A partir daí, o filme traça várias situações da vida do 'Rei do Baião', que foi pioneiro em gêneros musicais como baião, xote e xaxado.
Desenvolvido por Patrícia Andrade, o roteiro de Gonzaga - de pai pra filho intercala precisamente várias situações do passado de Luiz Gonzaga com a conversa entre ele e o filho durante o reencontro nos anos 80 - onde é possível notar o desejo de Gonzaguinha em estabelecer uma relação de afeto e harmonia com seu pai.

Com uma fotografia e figurino que expressam a realidade do sertão nordestino e da cidade do Rio de Janeiro entre os anos 1920 e 1980, o filme traz um show de interpretação do ator Júlio Andrade, que "ressuscitou" o músico Gonzaguinha, segundo o diretor Breno Silveira. E ele tem razão. Júlio Andrade incorporou o personagem em todos os sentidos: desde os trejeitos de Gonzaguinha até a maneira de falar. "No dia do teste, ele apareceu vestido todo de branco, com uma peruca e um violão", relembrou Breno.

Chambinho do Acordeon e Adélio Lima, que interpretam Luiz Gonzaga em diferentes momentos da vida, também foram capazes de transmitir toda áurea e emoção do músico - mesmo sem ter a formação de ator. "Tive que engordar 27 quilos pra fazer o Gonzaga mais velho", revelou Adélio.

Durante um bate-papo com os jornalistas, o diretor Bruno Silveira fez uma síntese bastante coerente sobre o longa: "é um filme pra quem gosta de cultura popular brasileira, músicas regionais e também de um bom drama".

O filme estreou ontem (26/10) em todo o Brasil.

Com informações Portal Terra

31,7 milhões de eleitores vão às urnas escolher novos prefeitos neste domingo (28)

Neste domingo (28), 31.725.967 brasileiros vão às urnas para escolher prefeitos em segundo turno em 50 cidades, sendo 17 delas capitais de Estado. São Paulo é o Estado com o maior número de cidades que terão eleição no próximo domingo de outubro: 12. Em seguida vem o Rio de Janeiro (7) e, em terceiro, o Paraná (5). No primeiro turno, que aconteceu em 5.568 municípios, 138.544.348 milhões de eleitores puderam participar das eleições para prefeitos e vereadores.

Na maior eleição informatizada do mundo, os eleitores terão à disposição 96.140 urnas eletrônicas para votação ou justificativa, incluindo aquelas consideradas de contingência, ou seja, as que a Justiça Eleitoral pode utilizar caso algum equipamento apresente problemas no dia do pleito.

Horário e documento

O segundo turno das eleições municipais acontece das 8h às 17h, considerando o horário local do município. Para votar,  é necessário levar um documento oficial com foto (carteira de identidade, passaporte, carteira de categoria profissional reconhecida por lei, certificado de reservista, carteira de trabalho ou carteira nacional de habilitação). Apesar de não ser obrigatória a apresentação do título, o documento facilita a localização da seção eleitoral.

Justificativa

O eleitor que não puder comparecer ao seu local de votação e, em consequência, não votar, deve justificar a ausência em qualquer cidade, nos postos de justificativa. Ao todo, 1.587 urnas eletrônicas serão utilizadas para este procedimento, inclusive no Distrito Federal, onde não há eleição, mas haverá 99 postos de justificativa .

Caso não seja possível justificar a ausência ao segundo turno no próprio domingo, o eleitor tem até o dia 27 de dezembro para comparecer a um cartório eleitoral da cidade onde se encontre para realizar o procedimento. Para o eleitor que se encontrar no exterior na data do pleito, o prazo para regularizar a situação junto à Justiça Eleitoral é de 30 dias, contados do seu retorno ao país.

O eleitor que não votar e não apresentar justificativa em três eleições consecutivas, considerando cada turno uma eleição, tem o título cancelado e fica impedido, dentre outras coisas, de tirar passaporte, inscrever-se em concurso ou prova para cargo ou função pública e investir-se ou empossar-se neles e renovar matrícula em estabelecimento de ensino oficial ou fiscalizado pelo governo.

Com informações Secretaria de Comunicação do TSE

26 de outubro de 2012

Apagão deixa 11 estados sem luz por três horas

Um apagão elétrico atingiu estados das regiões Nordeste, Norte e Centro-Oeste na noite desta quinta-feira, 25. Em Fortaleza, o blecaute começou por volta de 23h14min e a energia elétrica só retornou, parcialmente, às 2h40 min desta madrugada. O apagão é o segundo registrado no País em 35 dias, segundo a Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS). A Companhia Energética do Ceará (Coelce) informou, pelo twitter, que houve uma “ocorrência de grande porte no sistema interligado nacional. E as linhas da Companhia Hidroelétrica do São Francisco (Chesf) estavam fora de operação”.

O que parecia apenas uma queda de energia elétrica transformou a noite na Capital cearense em caos. A partir das 23h14min minutos, as luzes dos semáforos, das ruas, hospitais, casas e de prédios caíram. Foi por meio das redes sociais que o fortalezense descobriu que o Ceará estava às escuras, já que a Central de Informações da Coelce teve as linhas congestionadas.

Por cerca de três horas, os geradores se transformaram na fonte de energia no Ceará. Graças a eles, o Aeroporto Internacional Pinto Martins, o Instituto Dr. José Frota e o Hospital Geral de Fortaleza informaram que não tiveram nenhum problema durante o período do apagão.

Por volta das 4h40min de desta sexta-feira, a Coelce informou, também pelo Twitter, que o fornecimento de energia foi restabelecido em todo o território cearense.

A Operadora Nacional do Sistema Elétrico, até o início da manhã de hoje, não havia identificado a causa da pane elétrica nos nove estados nordestinos, no Pará, Tocantins, Distrito Federal, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e parte de Minas Gerais.

Neste ano, no Brasil já ocorreram 63 cortes no fornecimento de energia elétrica. Entre os dias 15 de setembro e 15 deste mês, foram 14 desligamentos em várias regiões do País. Uma média de quase um corte a cada dois dias. Em termos de volume de energia desligada, os blecautes dos últimos 30 dias foram 153% maiores do que os de 2011.

Com informações O Povo Online

25 de outubro de 2012

O segundo turno será realizado em 50 municípios brasileiros


Em todo o país, 50 municípios conhecerão seus novos prefeitos no próximo domingo (28/10), quando será realizado o segundo turno das Eleições 2012. De acordo com a Constituição Federal (inciso II do artigo 29), é necessária a realização de segundo turno para prefeito quando nenhum dos candidatos obtém, em primeiro turno, mais do que a metade dos votos válidos, ou seja, dos votos dados expressamente a todos os candidatos que concorreram ao cargo. Neste caso, disputam o segundo turno os dois candidatos a prefeito mais votados.

Portanto, 100 candidatos estão na disputa nesses 50 municípios, e os eleitores podem conhecer mais sobre eles acessando seus dados na página do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Confira aqui onde haverá segundo turno.

Um dos sistemas disponíveis na página do TSE é o DivulgaCand, que traz informações detalhadas sobre cada candidato. Ao preencher os dados do município, o eleitor deve clicar no nome do candidato que concorre ao segundo turno e poderá acessar a declaração de bens, as certidões criminais e as duas primeiras parciais da prestação de contas, além da proposta de governo, dados da coligação que apoia o candidato e ainda informações sobre o candidato a vice.

O outro sistema mostra o desempenho dos candidatos no primeiro turno da eleição e pode ser acessado na página do TSE na opção Eleições > Eleições 2012 > Estatísticas. Nessa opção é possível saber quantos votos foram dados ao candidato e qual a porcentagem que esses votos representam em relação ao total de eleitores do município.

Confira as 50 municípios que realizarão segundo turno:

Acre:
Município
Rio Branco
Amazonas:
Manaus
Amapá:
Macapá
Bahia:
Salvador
Vitória da Conquista
Ceará:
Fortaleza
Espírito Santo:
Cariacica
Vila Velha
Vitória
Maranhão:
São Luís
Minas Gerais:
Contagem
Juiz de Fora
Montes Claros
Uberaba
Mato Grosso:
Cuiabá
Mato grosso do Sul
Campo Grande
Pará:
Belém
Paraiba:
Campina Grande
João Pessoa
Piauí:
Teresina
Paraná:
Cascavel
Curitiba
Londrina
Maringá
Ponta Grossa
Rio de Janeiro:
Belford Roxo
Duque de Caxias
Niterói
Nova Iguaçu
Petrópolis
São Gonçalo
Volta Redonda
Rio Grande do Norte:
Natal
Rondonia:
Porto Velho
Rio Grande Sul:
Pelotas
Santa Catarina
Blumenau
Florianópolis
Joinville
São Paulo:
Campinas
Diadema
Franca
Guarujá
Guarulhos
Jundiaí
Mauá
Ribeirão Preto
Santo André
São Paulo
Sorocaba
Taubaté

Com informações Secretaria de Comunicação do TSE

24 de outubro de 2012

Uma multidão em Fortaleza para ouvir Lula e Elmano

Militantes lotaram a Praça do Ferreira para ouvir o ex-presidente Lula – foto André Salgado
O ex-presidente Luis Ignácio Lula da Silva esteve ontem em Fortaleza para reforçar a campanha de Elmano de Freitas a Prefeito do Capital

Lula chegou ao aeroporto, no bairro Vila União, e foi para uma sala reservada, onde estavam Luizianne, Elmano e alguns líderes partidários, entre eles o ex-governador Lúcio Alcântara (PR).

Antes de embarcar, Lula apareceu no pátio do aeroporto e cumprimentou algumas dezenas de pessoas que esperavam no local. “Tinha medo de nunca mais vê-lo”, disse uma senhora, emocionada.

Há quatro meses, o ex-presidente Lula, principal liderança do PT nacional, era esperado, como uma carta na manga, para participar da campanha do petista Elmano de Freitas em Fortaleza.

Em meio a críticas indiretas ao candidato do PSB à Prefeitura de Fortaleza, Roberto Cláudio, o ex-presidente Lula em discurso emocionado disse que as críticas se faziam necessárias pelo fato de Elmano ser considerado “o poste” da prefeita Luizianne Lins (PT) nessas eleições.

“Quando lancei o Haddad em São Paulo, ele era um poste. A (presidente) Dilma (Rousseff) era um poste. O Elmano é um poste. Então, de poste em poste, nós vamos iluminar o Brasil inteiro”, disparou Lula, mesmo com a voz ainda rouca por conta de um câncer na laringe.

Lula orientou que, se nos próximos dias os militantes encontrarem pessoas que votam em Roberto Cláudio, façam a seguinte pergunta: “você vai deixar de votar no cara para votar em quem não tem cara?”.

Durante o comício de Elmano, o ex-presidente, no entanto, pediu que a militância não “caísse” em discussão com os adversários. “Vocês (opositores) querem briga? Nós só queremos Elmano na Prefeitura”, afirmou.

Ao destacar que não entendia o motivo pelo qual “parte da elite cidade” critica tanto a gestão da prefeita, o ex-presidente ponderou que “os empresários tinham era que acender uma vela, porque nunca ganharam tanto dinheiro”.

Em seu discurso, Lula fez questão de frisar o slogan do candidato petista - “olho no olho” - que segundo ele é “extraordinário”. “Minha mãe dizia que, se você quiser saber se uma pessoa está falando a verdade, olhe no olho dela”.

Mesmo com a multidão que lotava a praça engrossando o coro de “volta Lula”, o ex-presidente não fez comentários sobre seu futuro político e, além disso, explicitou o apoio à reeleição da presidente Dilma Rousseff (PT), na eleição de 2014.

“Tenho um edema na garganta e tenho que falar pouco, porque em 2014 tenho que estar fazendo campanha para reeleger a Dilma presidente”, disse, logo que iniciou sua fala. Ele acrescentou que, se eleito, Elmano “terá na Dilma uma grande parceira para continuar o que a Luizianne começou”.

O ex-presidente também comparou sua trajetória política à de Luizianne e disse que ela, assim como ele, “vai sair pela porta da frente” ao fim do mandato, que termina em dezembro. Luizianne se emocionou ao final de seu discurso, no palanque.

Com informações O Povo Online

23 de outubro de 2012

Ações do Sindicato podem gerar rombo de mais de 1 milhão de reais aos cofres municipais

Os processos já estão no Fórum aguardando julgamento
Já estão no Fórum local as Ações Trabalhistas ajuizadas pelo Sindicato dos Servidores Municipais de Altaneira – SINSEMA em favor de alguns servidores que pleiteiam o recebimento de Fundo de Garantia por Tempo de Serviço – FGTS e diferenças salariais.

As ações foram remetidas para a Comarca de Altaneira em virtude da declaração de incompetência Justiça do Trabalho para apreciar os pedidos apresentados pelo SINSEMA na qualidade de substituto processual.

A maioria das ações visa anular a Lei que instituiu o Estatuto dos servidores sancionada na gestão do ex-prefeito João Ivan Alcântara. Alegam os advogados do SINSEMA que em virtude da não publicação da Lei em Diário Oficial a mesma não tem validade, dessa forma os servidores seriam regidos pelo regime celetista com direito aos depósitos do FGTS.

A Justiça do Trabalho atendeu o pleito do sindicato em duas ações que somadas ultrapassam o montante de R$ 200.000,00 para apenas cinco servidores municipais, dentre eles a Presidente um diretor da entidade.

No início do ano foi instaurado procedimento administrativo para apurar os direitos que esses servidores receberam no mesmo período em face do estatuto, constatando-se que os benefícios estatutários são superiores aos celetistas.

Alguns servidores concordaram em desistir da demanda, mas a Diretoria do Sindicato insistiu com as ações que podem acarretar um prejuízo para o Município em quantia superior R$ 1.000.000,00.

Além dos direitos aos depósitos do FGTS o sindicato cobra ainda diferença salarial de servidores que trabalhar com jornada reduzida e pretendem receber um salário mínimo retroativo aos últimos cinco anos.

As primeiras ações ajuizadas já estão em fase de precatório não cabe mais recursos as demais ainda estão pendentes de julgamento.

22 de outubro de 2012

Altaneira encerra festejos da Padroeira com Procissão

A imagem da padroeira foi conduzida por várias ruas da cidade - foto João Alves
Centenas de pessoas participaram da tradicional procissão luminosa em homenagem a Santa Teresa D`Avila no início da noite de ontem (21), em Altaneira.

Os devotos liderados pelo Pároco local, Padre Alberto, caminharam pelas principais ruas da cidade. A procissão que teve início na Praça do Ginásio Poliesportivo durou pouco mais de uma hora encerrando-se na Igreja Matriz.

Altaneirenses que residem em outros Estados aguardavam ansiosos por este momento para demonstrarem a sua fé a Padroeira da cidade. A procissão tradicional é realizada no dia 15 de outubro, dia de Santa Teresa, mas este foi adiada em virtude das eleições municipais.

A Banda de Musica Municipal Pe. David Moreira acompanhou a procissão executando hinos de louvor a Padroeira e contou ainda com a participação da tradicional Fanfarra Moreira de Sousa da cidade de Juazeiro do Norte que realizou um pequeno show em frente a Igreja Matriz final da Procissão.

A Secretária de Cultura, Mirian Tolovi, disse que não tinha dúvidas de que esta foi a maior e melhor Festa da Padroeira de todos os tempos, da mesma forma a procissão de encerramento dos festejos foi grandiosa e emocionante.

Ao final de tudo foi celebrada uma Missa na Igreja Matriz.

Confiram outras fotos do Garoto Beleza:

21 de outubro de 2012

Acabou a Festa da Padroeira de Altaneira

Forro Bota Pra Moer se apresenta com o sol em Altaneira - foto João Matias
Na manhã de hoje os últimos forrozeiros deixavam o Calçadão da Praça Manoel Pinheiro de Almeida com a certeza de que esta foi a maior e melhor Festa da Padroeira já realizada em Altaneira. Foram nove noites de muita alegria e descontração. Altaneira recebeu nessa semana mais do que o dobro de sua população em número de visitantes.

Os filhos ausentes voltaram a cidade em grande número para rever suas famílias e participar dos festejos que teve início na sexta-feira (12) com o cortejo do Pau da Bandeira e shows da Banda Moleca 100 Vergonha e do cantor Fabio Carneirinho.


No sábado (13) realizou-se a tradicional Seresta Baile com o Fenômeno Dedé Moral no Poliesportivo e no domingo (14) a festa voltou ao calçadão para a apresentação de Caninana do Forró.

A segunda-feira (15) foi dedicada aos artistas da terra com apresentação das crianças do Projeto Melodia, Amado Toba, Amado Antonio, Doé e outros  artistas altaneirenses.


Na terça-feira (16) foi a vez de Zezo e Banda, Maurício Patrocínio e Forró Dakele Jeito.


A noite de quarta-feira (17) foi dedicada as crianças. No calçadão foram montados vários brinquedos e diversas apresentações e peças teatrais.

Na quinta-feira (18) a mistura do romantismo de Fran & Félix e Solteirões do Forró.


A sexta-feira (19) foi a Noite da Jovem Guarda com show da Banda TREPIDANT'S pela primeira vez em Altaneira e Banda Arquivo Revivendo os anos 60.


O Encerramento dos Festejos da Padroeira de Altaneira iniciou ontem (20), mas só acabou agora há pouco com as apresentações de Ytalo e Maciel, Forró Boca a Boca e Forro Bota Pra Moer.

O estudante Willian Soares e o empresário João Matias postaram fotos em tempo real do encerramento dos festejos da padroeira de Altaneira, confiram algumas:

20 de outubro de 2012

Estudante altaneirense participa de intercâmbio em Portugal

O ex-aluno da Escola 18 de dezembro e da Escola Santa Tereza Johny Moreira da Silva (foto ao lado) participa de intercâmbio em Portugal para estudar no Instituto Politécnico de Bragança.

Johny é aluno do quarto semestre do curso de Bacharelado em Sistemas de Informação do IFCE - Campus Crato e foi aprovado na seleção do programa IFCE Internacional com direito a bolsa para estudos durante um semestre na Europa.

Baterias, carregadores e mitos

Espere seu notebook ou celular descarregar completamente antes de recarregá-lo. Assim, sua bateria não fica “viciada” e dura mais. Certo? Errado!

Essa regra funcionava para as antigas pilhas (de níquel-cádmio), mas não faz nenhum sentido no caso das atuais (de íon-lítio), usadas na maioria dos gadgets de hoje.

Esse é apenas um, entre muitos mitos que circulam sobre como preservar a vida de suas bateriaas.

Separamos algumas dicas para, de fato, prolongar a vida de seus aparelhos eletrônicos:

1- O calor é um veneno  para a sua bateria. Evite deixar seus gadgets embaixo do sol, em lugares quentes, ou ainda em superfícies que não permitem circulação de ar, para garantir uma boa ventilação e um refresco para a sua bateria. O clima brasileiro já é ruim o suficiente para ela.

2 - Use os carregadores fornecidos pelo fabricante do seu aparelho. Se você perdê-lo não corra para um camelô, a economia pode sair cara.

3 - Crie o hábito de carregar a bateria apenas até os 80% de carga. Assim, além de fazer ciclos mais curtos, você diminui a chance de causar o superaquecimento que acontece quando ela passa do tempo na tomada.

4 - Esqueça a história de zerar a bateria. A dica é da Universidade da Bateria, empresa americana que faz testes para fabricantes. Seus resultados mostram que recarregar nessa faixa faz a pilha ficar mais tempo a 100% Se você troca seu aparelho uma vez por ano, porém, essa regra não vai fazer diferença.

5- Uma vez por mês use a bateria até zerar. Assim, você calibra o sistema que lhe informa a carga disponível e pode seguir com mais precisão a regra de carregar até 80% e recarregar a partir dos 50%.

Com informações Revista Galileu