18 de fevereiro de 2018

Temer anuncia criação do Ministério da Segurança

Crivella e Pezão recepcionaram o presidente Temer no Rio (Foto: Alan Santos)
O presidente Michel Temer anunciou ontem (17/02) no Rio, a criação do Ministério Extraordinário da Segurança Pública. O anúncio é mais uma medida no contexto da guerra ao tráfico de drogas. Para a criação da pasta, o Ministério da Justiça será desmembrado. Temer não respondeu perguntas da imprensa e não falou quem assumiria a nova pasta. “Nós não vamos parar por aí. Muito brevemente, na próxima semana ou na outra no mais tardar, eu quero criar o Ministério Extraordinário da Segurança Pública, que vai coordenar a segurança pública em todo o País, evidentemente sem invadir as competências de cada estado federado”, disse o presidente. A nova pasta será desmembrada do Ministério da Justiça e oficializada por meio de um texto que já está na Casa Civil.

Previdência não será única PEC parada durante intervenção no Rio

A intervenção federal no Rio de Janeiro, decretada na última sexta-feira (16/02) pelo presidente Michel Temer devido ao “grave comprometimento da ordem pública”, ainda precisa ser apreciada pela Câmara dos Deputados e pelo Senado nos próximos dias para que não seja revogada. 

Se o decreto for aprovado, propostas de emenda à Constituição (PECs) não podem mais ser discutidas, nem votadas pelos parlamentares até o fim do ano, quando termina a vigência da intervenção. As PECs que tramitam no Congresso Nacional tratam de diversos temas, inclusive segurança pública.

17 de fevereiro de 2018

PT se articula para manter apoio no Nordeste

A preocupação do PT é que caciques do MDB cancelem alianças (Foto: Ricardo Stuckert) 
O Partido dos Trabalhadores tem intensificado articulação pelos estados do Nordeste, a fim de evitar debandada de aliados, caso o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva não possa ser candidato ao Planalto. No centro das atenções, estão os emedebistas. Um dos caciques do MDB que Lula já procurou foi o presidente do Senado, o cearense Eunício Oliveira. Eunício e Lula têm encontro marcado para o início de março.

O título é da Beija-Flor, mas a glória é da Tuiuti por Pai Rodney

Há muito tempo a cidade do Rio de Janeiro não se via em tal situação. A prefeitura cortou metade da verba das escolas de samba, não permitiu a utilização do sambódromo para os ensaios técnicos, forneceu uma organização pífia e os dirigentes e carnavalescos tiveram que se virar.

Também queriam confinar os blocos de rua, restringir acessos e acabar com a farra. Os inimigos do povo, do carnaval e da alegria estavam à solta.

16 de fevereiro de 2018

Mais um ex-prefeito de Altaneira se manifesta favorável ao rateio dos recursos do Precatório do Fundef

O ex-prefeito Antonio Dorival de Oliveira anunciou que também é favorável ao rateio dos recursos do Precatório do Fundef com os profissionais do Magistério.

A informação foi publicada no Blog do Vereador Professor Adeilton na manhã de ontem (15/02). O ex-prefeito disse que foi procurado por vários professores e afirmou que estando a frente do município não seria necessário que os professores buscassem a Justiça  para que tivessem seus direitos garantidos.

"Novo não vinga e vamos nós com o velho mesmo" por Érico Firmo

Pela segunda vez em três meses, Luciano Huck desistiu de ser candidato a presidente. Com isso, cai por terra a grande aposta para o “novo” na próxima eleição. Há outras, nenhuma propriamente empolgante. Mais algumas devem surgir. É cada vez mais improvável que vinguem.
  
O meio político procura novidade não porque haja perfil em voga por aí. Faz isso porque sabe que o eleitor está cansado de “tudo isso que está aí”. Não há propriamente novos grupos ou ideias surgindo. Há os velhos e carcomidos nomes em busca de gente mais jovem para representar as mesmas personagens de sempre. Huck, por exemplo, tomou a bênção de Fernando Henrique Cardoso (PSDB). Pode-se gostar ou não de FHC, mas não dá para chamá-lo de novidade.

Huck esbarrou no ótimo emprego que tem na Globo e do qual teria de abrir mão. Além disso, deparou-se com os problemas para se firmar candidato e com os obstáculos a enfrentar numa campanha. Já descobriram que ele comprou jatinho com empréstimo a juros subsidiados pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). Sabe ele lá o que mais poderiam escavacar.

Há várias tentativas de novidade, e outras tantas que tentam passar como se fossem. Do Judiciário, aparece Joaquim Barbosa, ex-ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) que realmente parece disposto a concorrer. E há Sergio Moro, cotado que sempre nega intenção de disputar. Dos movimentos sociais surge o nome de Guilherme Boulos, que negocia com o Psol - partido que nunca embarca nessa conversa de “novo” na política. Do meio financeiro - e, digamos, de palestras - há João Amoêdo, do Partido Novo.

Huck seria nome realmente estranho à política. É amigo de políticos, circula com eles nos meios sociais, faz campanha. Mas, até hoje parou aí. Amoêdo também, embora já esteja quase ficando velho na tentativa de se apresentar como novidade.

Moro e Barbosa não são do meio partidário, ainda, mas são protagonistas da política na última década. Boulos atua politicamente há muito tempo, mas não na arena institucional. No fim das contas, é capaz de nenhum deles concorrer.

As outras possibilidades de “novo” tentam, na verdade, esconder a idade política. Henrique Meirelles disputou só uma eleição, de deputado federal pelo PSDB, em 2002. Mas, teve de fazer muita política nos oito anos como presidente do Banco Central de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e nos quase dois anos como ministro da Fazenda de Michel Temer (MDB).
João Doria (PSDB) participou da última campanha para prefeito de São Paulo. Antes, foi secretário de Mário Covas na Prefeitura de São Paulo e presidente da Embratur quando José Sarney (MDB) ocupava o Palácio do Planalto. Vão lá mais de mais de 30 anos. Fernando Haddad (PT) disputou duas eleições para prefeito. Antes, ocupou cargos na gestão de Marta Suplicy na prefeitura paulistana e nas gestões de Lula e Dilma Rousseff (PT).

O mais que há por aí nem cara tem de se passar por novo.

Lula, líder de todas as pesquisas, obviamente não é novo. Disputou sete eleições, cinco delas a presidente. Jair Bolsonaro (PSC-RJ) até tenta passar como algo de diferente, como alguém que não se encaixa na política que se faz. Pois saiba que ele disputou ainda mais eleições que Lula: oito.

Rodrigo Maia (DEM-RJ), presidente da Câmara dos Deputados, tenta se colocar como político da nova geração. Já disputou seis campanhas. Jaques Wagner é hoje o mais cotado substituto de Lula dentro do PT. Ele já concorreu sete vezes, além da penca de cargos que ocupou, em diversos níveis.

Geraldo Alckmin (PSDB), esse é que é veterano mesmo. Disputou 12 eleições. Fernando Collor de Mello concorreu oito vezes, e isso porque passou oito anos com direitos políticos cassados, sem poder se candidatar. Ciro Gomes (PDT) tenta há 20 anos romper a dicotomia PSDB/PT. Concorreu em sete eleições. Mesmo número de vezes que Marina Silva (Rede) foi candidata. E há Álvaro Dias (Podemos), de todos eles quem há mais tempo disputa eleição. A primeira de duas dez campanhas foi em 1968.

O novo não vingou e não parece que vingará. O velho não empolga, mas, por exclusão, parece que é o que restará.


Publicado originalmente no portal O Povo Online

15 de fevereiro de 2018

O que pode vir de mentirosos e dissimuladores? por Fernando Brito

Doria jura fidelidade a Geraldo Alckmin e vai de jatinho (via BNDES) com Rodrigo Maia encontrar ACM Neto para discutir a possibilidade de ser candidato pelo DEM.

Prefeito de Altaneira quer suplementação de mais de 3,4 milhões no Orçamento

Com apenas 44 dias do exercício financeiro de 2018 o prefeito de Altaneira, Dariomar Rodrigues, apresentou ontem (14/02) Projeto de Lei na Câmara Municipal solicitando abertura de crédito suplementar em percentual equivalente a 20% do orçamento fiscal de 2018.

O Orçamento para o exercício financeiro de 2018 foi estimado em R$ 24.403.317,00 (vinte e quatro milhões, quatrocentos e três mil, trezentos e dezessete reais), com autorização para suplementação no valor de 10% do orçamento fiscal.

Ciro iniciará caravana pelo Cariri em março

Durante a Caravana de Ciro, PDT espera filiar prefeitos, gestores e vereadores (Foto: Francisco Fontenele)
Estacionado com 7% nas pesquisas de intenção de voto, o candidato a presidente pelo PDT, Ciro Gomes, iniciará no próximo mês investida para tomar maior protagonismo na disputa. Com pré-campanha hoje polarizada entre Lula (PT) e Jair Bolsonaro (PSC), o ex-ministro fará caravana pela região do Cariri na busca por se firmar como alternativa, uma “3ª via” no pleito.

Açudes ganham água, mas situação segue crítica

Mais de 100 cidades cearenses registraram precipitações durante o Carnaval. A chuva do início da estação levou aporte a 81 açudes, com um total de 16,4 milhões de m³ de água aos reservatórios. O solo está ficando úmido, facilitando o escoamento; o céu está mais encoberto de nuvens, evitando a evaporação; e o melhor da quadra chuvosa ainda está por vir. O cenário é mais positivo, mas não menos preocupante.

“Todo aporte é importante. Algumas bacias, porém, encontram-se em uma situação mais crítica, como no Centro do Estado e no Sertão do Crateús”, avalia o presidente da Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos (Cogerh), João Lúcio Farias.

14 de fevereiro de 2018

Desprezada pela Globo Paraíso do Tuiuti é vice-campeã do Carnaval carioca

Na ala precendente, os "Manifestoches" (Foto: Divulgação)
A Paraíso do Tuiuti foi vice-campeã do Carnaval do Rio, vencido pela Beija Flor. Os dois enredos foram marcados pelo protesto. Os jurados reconheceram: deram 4 notas 10 ao enredo da Paraíso do Tuiuti. Em fantasias, a escola também tirou nota máxima: foram 4 notas 10.

Axé. Meu coração é Tuiuti por Ailton Lopes

Tuiuti, eu já chorei. E foi de emoção, foi com você.

Eu aprendi a gostar da Beija-Flor logo de pequeno. Gostava do Joãozinho Trinta. Do Neguinho da Beija-Flor, das cores, da plástica da escola, do próprio beija-flor....

Portal da Câmara Municipal de Altaneira mais uma vez em situação irregular

O Tribunal de Contas do Estado do Ceará (TCE) em cumprimento ao disposto na Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) divulgou situação atual dos portais de transparência dos poderes Executivo e Legislativo dos 184 municípios cearenses.

Carnaval no Ceará supera o ano passado em crescimento nos setores

Parte dos turistas veio do Maranhão, Pará, Paraíba e Rio Grande do Norte (Foto: Tatiana Fortes)
O Carnaval 2018 vai deixar saudades não apenas para foliões. Os números ainda não estão fechados, mas setores da economia já comemoram o bom desempenho no Ceará. Apenas a hotelaria chega nesta Quarta-feira de Cinzas com taxa de ocupação em 93%.

Oposição segue "no limbo" e mantém caminho livre para Camilo

Com pouco mais de cinco meses até a definição de quem disputará eleições neste ano, bloco de oposição no Ceará continua “no limbo” sem fechar chapa para concorrer ao Governo do Estado. Mesmo passado o Carnaval, bloco do PSDB, PSD, PR e SD segue com agenda parada que mantém Camilo Santana (PT) como um dos únicos nomes já confirmados para a disputa.

Até agora, todos os principais pré-candidatos da oposição são políticos que têm rejeitado participar na disputa. Principal nome em pesquisas internas, o senador Tasso Jereissati (PSDB) tem negado entrar no páreo e prega “renovação política”. 

13 de fevereiro de 2018

Tuiuti desfila contra retrocesso por Ana Luiza Basilio

Último carro da escola faz crítica ao presidente Michel Temer e à Reforma Trabalhista (Foto: Mauro Pimentel)
Quarta escola a cruzar a Sapucaí no primeiro dia de desfile do grupo especial no Rio de Janeiro, a Paraíso do Tuiuti investiu em um tom político, carregado de críticas sociais. Com o enredo, “Meu Deus, meu Deus, está extinta a escravidão?”, dos compositores Claudio Russo, Moacyr Luz, Dona Zezé, Jurandir e Aníbal, a escola recontou a história da escravidão no Brasil, nos 130 anos da Lei Áurea, propondo uma reflexão sobre a exploração do trabalho humano.

12 de fevereiro de 2018

Altaneira registra a maior chuva do Cariri no domingo de Carnaval

Depois de dois dias, o município de Altaneira, na região do cariri, voltou a ter precipitações pluviométricas na madrugada de ontem (11/02).

A volta das pancadas de chuvas que tiveram início já na virada do sábado para o domingo, dando aos agricultores e agricultoras motivos para manterem a esperança de uma quadra invernosa boa, pois voltou a chover na cidade alta e em grande intensidade, além de contribuir de forma significativa para afastar o medo que paira sobre os munícipes acerca do plantio.

MPF quer suspensão de leis sobre abordagem de gênero e escola sem partido

A Procuradoria Federal dos Direitos do Cidadão (PFDC), do Ministério Público Federal (MPF), quer que o Supremo Tribunal Federal (STF) suspenda e julgue a inconstitucionalidade de duas leis municipais que tratam do ensino de questões de gênero e da escola sem partido. 

Para a procuradoria, as regras violam garantias fundamentais do direito à educação.

11 de fevereiro de 2018

Depois do Carnaval, temas polêmicos entram na agenda da política

Seguindo a máxima brasileira de só começar o ano após o Carnaval, o Congresso Nacional aguarda o fim da folia para iniciar discussão e votação de longa e polêmica agenda. Os principais temas que vão pautar a Câmara dos Deputados e o Senado são a controversa reforma da Previdência e a regulamentação do auxílio-moradia dos Três Poderes, além de matérias sobre segurança pública.

10 de fevereiro de 2018

Plano C por Nelson Motta

Com a saída de Lula, crescem as chances de Ciro Gomes — e de outros candidatos. Por que falar em Ciro Gomes? Apesar de pontuar razoavelmente nas pesquisas, sem Lula vai a 12% contra 18% de Bolsonaro, ninguém fala dele. Mas ele está vivo — e quieto, contrariando sua habitual impetuosidade.

Afinal, o que há contra Ciro Gomes? Na campanha de 2002, ele disse que a função de sua mulher era dormir com ele e chamou um eleitor de burro. Oh! Uma bravata machista e uma grosseria com um popular que falou uma... burrice. Será que isso bastou para perder a eleição? Há controvérsias. Ciro nunca foi acusado de corrupto, mesmo tendo sido prefeito, governador e ministro da Integração Nacional no primeiro governo Lula. É verdade, o cara é esquentado, responde a mais de 80 processos por danos morais, quase todos a Eunício Oliveira, Eduardo Cunha e Michel Temer. Mas, convenhamos, ser processado por esses caras é quase um elogio.

O enredo político nas festas de Carnaval

Conhecido como o tempo de extravasar, o Carnaval se transformou no palco natural para as manifestações políticas e sociais que se avolumam no Brasil de agora. Em fantasias e marchinhas; no sambódromo ou na rua, a política pauta a festa e enseja protestos nos principais polos carnavalescos do País.

A democracia seletiva de FHC

Com muito papel à disposição, oferecido pela mídia aliada desde outros carnavais, Fernando Henrique Cardoso costumeiramente tem bombardeado Luiz Inácio Lula da Silva com palavras e acusações vãs.

A intenção do príncipe dos sociólogos é a de desqualificar o metalúrgico como deixa antever, pela undécima vez, na coluna dominical assinada por ele em dois jornais: O Globo e Folha de S.Paulo.

9 de fevereiro de 2018

Por que os juízes pressionam contra a reforma da Previdência? por Miguel Martins

Na atual proposta, juízes como Bretas e Moro teriam de trabalhar até os 65 anos por aposentadoria integral (Foto: Rovena Rosa)
Rechaçada por grande parte dos brasileiros, a reforma da Previdência também é impopular no Judiciário e no Ministério Público. Na quinta-feira 1º, a Associação de Juízes Federais (Ajufe) enviou uma carta à Carmén Lúcia, presidente do Supremo Tribunal Federal, como parte de uma campanha de diversas entidades de magistrados e procuradores contra as mudanças nas aposentadorias.

Presidente do TSE quer discutir efeito de liminares de candidatos fichas-sujas

Dois gestos do Judiciário nesta semana reduzem ainda mais as possibilidades de o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) ser candidato nas eleições deste ano. Ontem (08/02), o presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Luiz Fux, afirmou que pretende discutir com os colegas da Corte Eleitoral o veto automático a registro de candidatos que se enquadrem na Lei da Ficha Limpa. Na última segunda-feira, o deputado federal João Rodrigues (PSD-SC), que tinha condenação em segunda instância, teve prisão imediata decretada pela 1ª Turma do Supremo Tribunal Federal (STF). Rodrigues foi preso ontem.

O que é o Huck? por Érico Firmo

A candidatura de Luciano Huck à Presidência já nasceu, já morreu e agora ameaça ressuscitar. O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB) tenta ser o parteiro. FHC assegurou seu lugar na história ao ser o ministro que conduziu à estabilidade econômica e o presidente que consolidou a transição pós-ditadura. 

Foi do binômio FHC/Lula (PSDB/PT) que se constituiu a estrutura de poder no Brasil por duas décadas. Agora que essa polarização desmoronou, FHC tenta ter algum protagonismo na construção de uma nova ordem.

Ao se aliar a Bolsonaro, Capitão Wagner se apequena por Ítalo Coriolano

O deputado estadual Capitão Wagner (PR) é dono de carreira política impressionante. Vereador mais votado da história do Ceará em 2012, repetindo o recorde quando disputou uma vaga na Assembleia dois anos depois.

Em 2016, foi candidato a prefeito de Fortaleza, com mais de 588 mil votos no 2º turno. Apesar da ligação com profissionais da segurança, nunca foi político de uma tecla só: trata de educação, saúde e urbanidade com desenvoltura.

8 de fevereiro de 2018

Prefeito participa da Sessão de abertura dos trabalhos do Legislativo e propõe reajuste dos servidores

O prefeito Dariomar Rodrigues (PT) participou da Sessão de abertura dos trabalhos da Câmara Municipal de Altaneira realizada na noite de ontem (07/02), mas não apresentou Mensagem escrita dos trabalhos realizados no ano anterior e nem os projetos a serem desenvolvidos no ano que se inicia.

Segundo informações do portal do Legislativo Municipal o prefeito apresentou planilha financeira com os valores dos saldos deixados pela gestão anterior, como ainda com as despesas empenhadas, citou também as ações positivas desenvolvidas durante ano passado e agradeceu aos vereadores pelo apoio com os projetos aprovados.

Câmara de Altaneira altera horário das Sessões Ordinárias

Plenário da Câmara Municipal de Altaneira (Foto: Júnior Carvalho)
Em Sessão Extraordinária realizada na noite de ontem (07/02), por unanimidade os vereadores aprovaram projeto de Resolução, autoria do vereador Professor Adeilton alterando o horário das Sessões Ordinárias e das reuniões da Comissão Permanente da Casa.

Câmara Municipal de Altaneira retorna aos trabalhos após recesso parlamentar

Prefeito Municipal na Tribuna da Câmara Municipal de Altaneira (Foto: Júnior Carvalho)
Foi realizada na noite de ontem (07/02) a primeira Sessão Ordinária da Câmara Municipal de Altaneira no ano de 2018. Os parlamentares retornaram aos trabalhos após o recesso parlamentar dos meses de dezembro e janeiro. A Sessão de abertura contou com a participação de todos os membros da Casa e do prefeito municipal Dariomar Rodrigues (PT) que apresentou sua Mensagem.

7 de fevereiro de 2018

Luiz Fux toma posse na presidência do TSE

Posse do novo presidente do TSE, Luiz Fux, e da vice-presidente do tribunal, ministra Rosa Weber (Foto: Beto Barata)
O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Luiz Fux tomou posse na noite de ontem (06/02) como presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). A cerimônia foi acompanhada pelo presidente Michel Temer; o presidente do Congresso Nacional, Eunício Oliveira; e a presidente do Supremo, Cármen Lúcia, além de outras autoridades.

Apenas 30 municípios cearenses devem realizar festejos de Carnaval

Em razão da crise financeira e da seca, prefeituras cearenses vão deixar de realizar festas de Carnaval este ano. Dos 184 municípios, apenas 23 responderam que vão bancar os festejos com recursos próprios à Associação dos Municípios Cearenses (Aprece). Outros sete informaram que buscaram patrocínio com o setor privado para garantir as comemorações.

Conforme levantamento do jornal O POVO no Portal de Licitações do Tribunal de Contas do Estado (TCE-CE), duas prefeituras chegaram a lançar este ano certame para realização das festas, mas cancelaram. Pentecoste foi uma delas. "A gente pensou que daria para fazer, mas não tem recurso", disse o prefeito João Bosco Tabosa.

6 de fevereiro de 2018

O Globo não é um jornal por Fernando Brito

A capa de O Globo de hoje é uma vergonha jornalística. Os mercados mundiais sofrem um imenso abalo e os índices de votatilitade dos capitais disparam.

“A política desse blogue tá muito esquisita” diz sindicalista

Comentário do sindicalista José Evantuil na rede social Facebook
Com a frase acima, transcrita da mesma forma que foi grafada, o professor, sindicalista e blogueiro José Evatuil iniciou seu comentário sobre postagem do Blog de Altaneira, na rede social Facebook noticiando que os Servidores municipais de Altaneira rejeitaram "novo imposto sindical" em que a direção do Sindicato dos Servidores Municipais de Altaneira (SINSEMA) pretendia aprovar em Assembleia Geral dos associados.

Prazo para votar Previdência é “fevereiro, e ponto final”, diz Rodrigo Maia

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia, na abertura das atividades legislativas de 2018 (Foto: Wilson Dias)
O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), afirmou ontem (05/02) que concorda com o relator da reforma da Previdência, Arthur Maia (PPS-BA), segundo o qual a proposta precisa ser apreciada em fevereiro e que o adiamento do prazo pode acabar com a expectativa de aprovação do texto ainda neste ano. Nesta tarde, após participar de reunião com governadores, Maia defendeu a discussão de outros temas, entre eles a segurança e formas de resolver os problemas fiscais dos estados.

Governo lança projeto piloto de Documento Nacional de Identidade

O projeto piloto do Documento Nacional de Identidade (DNI) foi lançado ontem (05/02), no Palácio do Planalto, em cerimônia com a presença do presidente Michel Temer e do presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Gilmar Mendes. O documento será digital e vai reunir diferentes registros civis, como CPF e título de eleitor.

Servidores do TSE e do Ministério do Planejamento vão participar do projeto e poderão fazer o download do aplicativo a partir de hoje em smartphones e tablets. A intenção é que a partir de julho deste ano a iniciativa comece a chegar aos cidadãos brasileiros. No futuro, o DNI deve incluir diversos documentos à medida em que sejam firmados convênios com órgãos públicos para a integração da base de informações.

5 de fevereiro de 2018

A festa e o limite da exposição por Ana Rute Ramires

“O que acontece em Vegas, fica em Vegas”. O ditado popular que sugere reserva para as excentricidades que acontecem na cidade norteamericana, famosa por seus cassinos e extravagâncias, já não é mais garantia em tempos de redes sociais. 

E por aqui, abaixo da Linha do Equador, é preciso estar ainda atento durante o Carnaval. A exposição digital espreita a fantasia.

O que aguarda os parlamentares no fim do recesso legislativo? por Dimalice Nunes

Temas polêmicos e impopulares podem intimidar parlamentares em busca da reeleição (Foto: Antonio Cruz)
Oficialmente o recesso parlamentar acabou na última sexta-feira 2, mas é nesta segunda-feira 5 que deputados federais e senadores começam a retornar a Brasília para encarar uma pauta cheia de temas polêmicos, da reforma da Previdência à regulamentação do casamento homoafetivo.

4 de fevereiro de 2018

Ex-gestores se manifestam sobre polêmica educacional em Altaneira

Ex-gestores da Educação em Altaneira nos últimos 12 anos (Fotos do Facebook)
Um questionamento sobre matrículas de filhos de professores da rede municipal de ensino de Altaneira em escolas particulares de outros municípios movimentou as redes sociais nos últimos dois dias e colocou em dúvidas o título de Escola Nota 10 conquistado pelo Município na gestão anterior.

Servidores municipais de Altaneira rejeitam "novo imposto sindical"

Servidores públicos de Altaneira rejeitam desconto de contribuição sindical. (Foto: Divulgação)
O Sindicato dos Servidores Municipais de Altaneira (SINSEMA) reuniu na manhã deste sábado (03/02) em sua sede, de maneira extraordinária sócias e sócios visando discutir, dentre outros temas, o desconto sindical voluntário na folha de pagamento.

O voto nulo e a consciência da cidadania por Francisco Dirceu Barros

Em toda eleição, circula na internet um e-mail despolitizado e perigoso para o regime democrático. É uma convocação para o povo votar nulo: “Todos são corruptos, vamos votar nulo e as eleições serão anuladas”

Na realidade, tecnicamente não existe “voto nulo”. Por quê? Para José Afonso da Silva, o voto é o “ato político que materializa, na prática, o direito público subjetivo de sufrágio”, ou seja, voto é processo de escolha. 

PARA ESPALHAR NO WHATSAPP EM DIAS DE MEDO por Iana Soares


1. Cada vez que o apocalipse parecer iminente, arrisque acreditar no pós-apocalipse. Não torça por um fundo do poço mais profundo. Não cave o poço. 

2. Cobre do poder público não só a polícia nas ruas, mas que estejam iluminadas, que as praças sejam manifestos de liberdade. Que as árvores cresçam e sejam o lembrete de que a vida aqui é possível. Exija que o saneamento básico, as escolas, as artes, os esportes, os hospitais não se restrinjam às aldeotas. 

3. Lute para que a Cidade perca os muros e chore por cada morto nas Cajazeiras e em Itapajé. Cada vida importa. Não use o “envolvimento” com o tráfico como sossego ou justificativa. Cada vida importa. A juventude não pode ser exterminada.  

4. Tenha medo, investigue o medo, mas vamos, juntos, tentar não paralisar pelo medo. 

5. Perceba que a violência urbana é parte de profundas desigualdades sociais. Lembre que vivemos em um dos estados mais desiguais deste País, com gente muito rica (alguns por heranças coloniais, por corrupção e não por mérito) e gente miserável (gente até escravizada por gente muito rica). Isso não apaga o medo, mas ajuda a entender muita coisa. 

6. Se você for um gestor público, não diga que os massacres que acontecem diariamente nesta cidade são atos isolados. Ninguém aqui é burro e todo mundo tem medo. Chame os especialistas, a polícia, os jovens negros, as mães para um diálogo real e transformador.  

7. Lembre que você mora perto do mar. Olhar para o horizonte acalma, é  bom para navegar entre a tristeza e a crença utópica em um futuro melhor.  

8. Rasgue as listas. Invente suas próprias listas, refaça-as constantemente porque estamos todos perturbados, perdidos e ninguém tem fórmula universal para sobreviver ao medo nem detém o imperativo de ordenar qualquer coisa a alguém.

9. A única recomendação obrigatória, sempre: não use o celular para espalhar terror. Não compartilhe boatos, mentiras, fotos e vídeos de violência. Precisamos inventar estratégias para continuar existindo no meio das ruas. Vai ser difícil, vamos desacreditar muitas vezes, mas há de existir um jeito.

Publicado originalmente no portal O Povo Online

3 de fevereiro de 2018

Escola Nota 10 é questionada em Altaneira

Comitiva de Altaneira com o secretário de Educação no Centro de Eventos por ocasião da solenidade do Premio Escola Nota 10 (Foto: João Alves)
Um questionamento de uma leitora do BA sobre a postura de alguns professores da Rede Municipal de Ensino de Altaneira gerou grande debate na rede social Facebook ao longo do dia de ontem (02/02). A indagação era simples: “quais os motivos das professoras municipais matricularem seus filhos em escolas de outros municípios, se Altaneira tem escola Nota 10”.

Eleitores sem candidatos vão ser decisivos em 2018

Descrédito dos políticos, falta de participação, nomes que não inspiram confiança, decepções com partidos e candidatos. Para quem já decidiu votar nulo ou branco nas eleições presidenciais 2018, a expectativa de que o Brasil melhore é pequena. Entre os indecisos, a suspeita prevalece. Eles poderão decidir os rumos da corrida eleitoral.

Pesquisa divulgada nesta semana expõe um cenário inédito. Pela primeira vez na história do Datafolha, a intenção de votos nulos ou brancos pelos eleitores chegou ao patamar de 32%. O número aparece oscilando com 24% em quatro cenários de eleições sem o ex-presidente Lula. 

"Não é momento para oportunismo", diz Camilo na Assembleia

Na Assembleia o governador voltou a cobrar responsabilidades do Governo Federal (Foto: Fabio Lima)
Quase uma semana após a maior chacina do Ceará, nas Cajazeiras, o governador Camilo Santana (PT) discursou na solenidade de abertura dos trabalhos da Assembleia Legislativa, na manhã de ontem (02/02) e afirmou que este não é o momento para oportunismo. “Essa discussão deve ser séria, desapaixonada e, principalmente, longe do discurso oportunista e politiqueiro de quem não quer a solução dos problemas, mas se locupletar diante deles”, afirmou aos deputados.

Governador apresenta mensagem à Assembleia e reforça compromisso de manter investimentos públicos

Na reabertura dos trabalhos da Assembleia Legislativa, Camilo Santana apresentou balanço de 2017 e reafirmou o compromisso em manter o Ceará como o estado que mais investe no País (Marcos Studart)
O governador Camilo Santana participou na manhã desta sexta-feira (02/02) da abertura oficial dos trabalhos na Assembleia Legislativa, oportunidade em que levou ao Legislativo a Mensagem Governamental com as ações de 2017 e os principais projetos do Estado para este ano. Na ocasião, Camilo ressaltou os esforços para enfrentar desafios do Estado, especialmente nas áreas de segurança, saúde, educação e segurança hídrica.

2 de fevereiro de 2018

Educação é estratégia para queda da violência, diz Camilo

O lançamento do Programa EEMTI foi na sede da Secretaria da Educação do Estado, no Cambeba (Foto: Marcos Studart)
O lançamento foi na sede da Secretaria da Educação do Estado, no Cambeba Marcos Studart
O governador Camilo Santana (PT) declarou ter confiança na educação como um dos pilares para a diminuição dos índices de criminalidade no Ceará. Ontem (02/02), ele lançou oficialmente a implantação do ensino médio em tempo integral (EEMTI) para mais 40 escolas de Fortaleza e do Interior já no ano letivo de 2018. 

O papel de Temer na sucessão por Érico Firmo

Michel Temer (MDB) tem popularidade insignificante e rejeição recorde. O poder de “contaminação” é expressivo.

No Datafolha divulgado esta semana, 87% dos entrevistados disseram que não votariam em um candidato no caso de ele ter apoio do emedebista. Ou seja, as pessoas não apenas não gostam do presidente - não vão com a cara dele, ele diria - como o mero apoio dele é capaz de inviabilizar qualquer chance de o postulante chegar ao segundo turno.

1 de fevereiro de 2018

Os Campeões do Municipal MTB de Altaneira

Os Campeões Higor Gomes (2014), Francisco Serafim (2015, Ruan Jacinto (2016) e Vanderlei Calista (2017)
Assim como na mais famosa competição de ciclismo do Mundo, os campeões do Campeonato Municipal MTB de Altaneira usam a Camisa Amarela nas etapas. No último domingo deste mês (25/02) será realizada a primeira etapa da quinta edição do Municipal MTB de Altaneira que teve 4 campeões nas quatro edições anteriores.

As 10 mais visualizadas no mês de janeiro de 2018

O primeiro mês do ano de 2018 foi o melhor de todos os janeiros desde o lançamento do BA. Foram quase 70.000 visualizações. A melhor marca de janeiro foi no ano passado (2017) quando o BA superou 60.135 acessos. Este mês os destaques foram para a Festa da Virada do MegaSom em Fortaleza, o lançamento da Clinica de Willian, o Mestrado de Heloisa e a posição do ex-prefeito Delvamberto sobre o Precatório do Fundef, dentre outras.

O incerto cenário sem Lula por Érico Firmo

A principal notícia da pesquisa Datafolha divulgada ontem provavelmente seja a pouca mudança após a condenação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). A última consulta de intenções de voto havia sido em novembro. Muita coisa aconteceu desde então. A principal delas, a condenação de Lula. Mesmo assim, o cenário se mantém quase inalterado.

E ele hoje é o seguinte: no caso de Lula ser candidato, se a eleição fosse hoje, dificilmente alguém o derrotaria.