5 de outubro de 2011

Santa Teresa D’Ávila e Santa Teresinha de Jesus

As imagens das duas “Doutoras da Igreja” veneradas pelos católicos

Ainda é o comum as pessoas confundirem a Padroeira de Altaneira, Santa Teresa D’Ávila, com a Padroeira das Missões, Santa Teresinha de Jesus, mas apesar da fisionomia, do vestuário e do fato de que ambas terem sido declaradas “Doutoras da Igreja”, mais de 350 anos separam a história das duas freiras carmelitas. 

Teresa de Cepeda e Ahumada (Santa Teresa D’Ávila) nasceu em 28 de março de 1.515, na província de Ávila, Espanha e Marie-Françoise-Thérèse Martin (Santa Teresinha de Jesus) nasceu no dia 2 de janeiro de 1873, Aleçon na França

Santa Teresa D’Ávila faleceu 4 de outubro de 1582, exatamente no dia seguinte efetuou-se a mudança para o calendário gregoriano, que suprimiu dez dias, de modo que a festa da Santa foi fixada, mais tarde, para o dia 15 de outubro. A santa padroeira de Altaneira foi canonizada em 1622. No dia 27 de setembro de 1970, o papa Paulo VI conferiu-lhe o título de “Doutora da Igreja”.

Santa Teresinha de Jesus morreu em 1° de outubro de 1897 e no dia 17 de maio de 1925, o Papa Pio XI, a eleva a honra dos altares como Santa Teresinha do Menino Jesus, no ano de 1927, o mesmo Pontífice a declara Padroeira das Missões

No ano do centenário de sua morte, em 1997, o Papa João Paulo II também a declara “Doutora da Igreja”.

Vale ainda registrar que Santa Teresinha, celebrada em primeiro de outubro, era devota de Santa Teresa D’Ávila que tem suas celebrações no dia 15 do mesmo mês.

Clique nos títulos abaixo e conheça mais sobre a histórias das duas santas, “Doutoras da Igreja”.


8 comentários:

  1. Eu era uma dessas pessoas que confundia, agora não mais. Obrigada pelo esclarecimento.

    ResponderExcluir
  2. Uaaau, ajudou muito, achei que as duas eram a mesma pessoa, são muito parecidas. Obrigado

    ResponderExcluir
  3. Excelente e explanação! Aprendi bastante sobre a vida destas grandes santas de Nossa Igreja. Contudo peço ao administrador do blog que retire a declaração: "adoradas pelos católicos"; frase postada sob as imagens desta postagem. Sugiro que a colocação "amadas ou veneradas" é a forma mais correta e coerente. Pois o termo adorar é específico e próprio de Deus, Pai, Filho e Espírito Santo. Então, como eu acredito na Boa índole desse blog, que tem o interesse de bem informar seus leitores. Deus abençoe a todos nós! Paz e bem!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito bem observado. Nós católicos já somos tão julgados por pessoas que acreditam que somos adoradores de imagens e tal colocação pode corroborar ainda mais com essa ideia.

      Excluir

A Administração do Blog de Altaneira recomenda:
Leia a postagem antes de comentar;
É livre a manifestação do pensamento desde que não abuse ou desvirtuem os objetivos do Blog.