1 de maio de 2010

Trabalhadores podem se orgulhar de terem eleito um metalúrgico para presidente


Lula discursando em assembléia dos metalúrgicos do ABC


O presidente Lula prestou uma homenagem a todos que lutaram para reduzir a jornada de trabalho para oito horas durante a atividade das centrais sindicais União Geral dos Trabalhadores (UGT), Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB) e Nova Central Sindical de Trabalhadores (NCST) em homenagem ao Dia do Trabalhador, realizada na capital paulista. Foi o segundo evento do dia que contou com a participação do presidente.

Tem muita gente que não sabe os sacrifícios feitos para atingir essa jornada. Já houve jornada de 16 horas, mas no momento em que homens e mulheres se revoltaram contra isso, muitos perderam a vida e hoje comoramos a jornada de 8 horas e o projeto dos dirigentes sindicais conseguiram dar entrada na Câmara dos Deputados, de redução da jornada de trabalho de 40 horas para os trabalhadores brasileiros, para que possamos colocar mais gente no mercado de trabalho.

Lula destacou o orgulho que tem de, em seu último ano como presidente da República, poder terminar o mandato e ver que a classe trabalhadora pode dizer, “de cabeça erguida”, que valeu à pena acreditar e eleger um metalúrgico pra presidir o País.

O meu orgulho é maior porque esse País já elegeu empresários, fazendeiros, generais advogados e professores, mas precisou eleger um trabalhador metalúrgico para fazer o que tinha de ser feito para a classe trabalhadora brasileira.

Com exceção da China, disse o presidente, nenhum outro Pais criou a quantidade de empregos que o Brasil criou nesses sete anos (veja aqui infográfico), mesmo passando pela crise econômica que o mundo já viu, afirmou.

Lula enfatizou que ainda há muito o que ser feito pela classe trabalhadora e lembrou que antes de sua gestão, não havia oferta de crédito para os pobres e para os aposentados no Brasil.

Criamos o crédito consignado e hoje são R$ 115 bilhões que estão na carteira, emprestando dinheiro a um povo que antes não tinha condições sequer de entrar num banco. E mais importante que isso, é que quando criamos o Bolsa Família, diziam que estávamos dando esmola e quem dizia isso era quem comia do bom e do melhor e jogar fora mais comida do que tinha na casa dos pobres. Eles não sabem o que uma mãe é capaz de fazer com 100 reais, entrando no supermercado e levando comida para a sua família. Mais de 1 milhão e 100 famílias em São Paulo recebem o Bolsa Família, nesse estado que é o mais rico da federação e que a única política social é a política feita pelo governo federal.

Do Blog do Planalto.

Ouça aqui a íntegra do discurso.

3 comentários:

  1. o pro-une do governo lula beneficia ricos por não ter investigação se o requerente realmente tem o direito ou não ao beneficio mais uma das mazelas que o pt faz no brasil fazendo com que o seu programa elogiado até por acadêmicos que talvez faça parte de esquemas igual o do paraná onde ricos estuda por conta dos brasileiros e desfilam em carros de luxo enquanto o pro-une paga seus estudos. é isso ai

    ResponderExcluir
  2. Meu caro Tonin infelizmente o sistema é falha e muitos tentarão burlar a lei, alguns conseguirão, mas o projeto é muito bom, graças ao ProUni formaremos o primeiro filho de altaneira em medicina.
    Já temos bacharéis em direito e outros estão concluindo seus cursos em universidades que sem o projeto de Lula jamais conseguiriam.
    Cabe a todos os brasileiros denunciar o mal uso que as providencias serão adotadas.
    Pior era em outros governos que pouco fizeram pela educação de nossos jovens. Meu caro Tonin infelizmente o sistema é falha e muitos tentarão burlar a lei, alguns conseguirão, mas o projeto é muito bom, graças ao ProUni formaremos o primeiro filho de altaneira em medicina.
    Já temos bacharéis em direito e outros estão concluindo seus cursos em universidades que sem o projeto de Lula jamais conseguiriam.
    Cabe a todos os brasileiros denunciar o mal uso que as providencias serão adotadas.
    Pior era em outros governos que pouco fizeram pela educação de nossos jovens.

    ResponderExcluir
  3. mais o erro que o pt comete é em fazer os projetos e não fiscalizar como deveria. um rombo de mais de 300mil que as estudantes deram nos bolsos dos brasileiros nunca teremos de volta e o pt é um dos culpados por não elabora projetos bem feitos evitando que os que possui grana entre no programa. o programa é ótimo também concordo só que mal fiscalizado come é o bolsa familia que deixa corre a solta pra agradar a todos.é isso ai.

    ResponderExcluir

A Administração do Blog de Altaneira recomenda:
Leia a postagem antes de comentar;
É livre a manifestação do pensamento desde que não abuse ou desvirtuem os objetivos do Blog.