30 de setembro de 2012

A Guerra dos Números em Altaneira

Chegando a reta final de mais uma campanha eleitoral parece que três tabus permanecerão intocáveis na Política de Altaneira:
1) Candidato da oposição não ganha;
2) Partido com numero maior não perde
3) Candidato com nível superior não ganha.
Este é o cenário que se desenha para o pleito do próximo domingo, dia 07.

Desde a segunda eleição em Altaneira, realizada em 1962, os candidatos apoiados pelo Prefeito ou candidatos à reeleição sempre vencem, em alguns pleitos como em 1992 e 2008 por uma mínima diferença, mas vencem.

Por outro lado desde o ano de 1982 quando dois ex-prefeitos disputaram um pleito, o número menor não ganha do número maior em Altaneira. Na época Chico Fenelon concorreu com o 15 e derrotou Oliveira Rufino que concorria com o 16, ambos na legenda da ARENA.

De la pra cá todos os candidatos que concorreram com número menor perderam, vejamos:

Em 1988 João Ivan (25) derrotou Antonio Rufino (15);

Em 1992 Mago (45) derrotou Dr. Eluizo (25);

Em 1996 João Ivan (45) derrotou Dr. Adevaldo (15);

Em 2000 João Ivan (45) foi candidato único;

Em 2004 Dorival (45) derrotou Zé David (23);

Em 2008 Dorival (45) derrotou Delvamberto (40);

Em 2011 Delvamberto (40) derrotou Andreia (25).

Como é de conhecimento de todos Delvamberto disputa mais uma vez com o número 40, já o professor Joaquim Rufino deixou o PSDB (45) e concorre pelo PTB (14) fazendo o percurso inverso do Mago em 1992 que deixou o PDT (12) para concorrer pelo PSDB (45). Em 1992 a diferença do 45 para o 25 foi de apenas 22 votos.

Pra quem acredita que números não mentem fica uma boa dica para as eleições do próximo domingo (07/10).

O terceiro tabu também está em disputa neste pleito, uma que Altaneira nunca elegeu um prefeito com nível superior. Na primeira eleição concorreu um Promotor de Justiça, Dr. Vicente da Frota Cavalcante que perdeu para o comerciante Francisco Fenelon Pereira. Em 1992 o médico Dr. Eluizo Tavares Magalhães perdeu para o empresário Edinaldo de Farias Souto e em 1996 o advogado Dr. Adevaldo Arrais perdeu para o servidor público João Ivan Alcântara. Nesse pleito o professor Joaquim Rufino é graduado em física e Delvamberto concluiu apenas o ensino médio.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

A Administração do Blog de Altaneira recomenda:
Leia a postagem antes de comentar;
É livre a manifestação do pensamento desde que não abuse ou desvirtuem os objetivos do Blog.