13 de junho de 2016

Cabeludo completa um mês como prefeito de Nova Olinda

Cabeludo no Gabinete do Prefeito em Nova Olinda (Foto: Andreia Teles)
O empresário Elízio Manoel Galdino, popularmente conhecido por Cabeludo, completou ontem (12/06) um mês a frente do Governo Municipal de Nova Olinda. O vice-prefeito assumiu o cargo de prefeito em virtude do afastamento do titular, Francisco Ronaldo Sampaio, por decisão judicial em ação civil pública de improbidade administrativa ajuizada pelo Promotor de Justiça da Comarca de Nova Olinda. 

Sem comemorações, Cabeludo foi empossado no último dia 12 de maio em Sessão Extraordinária da Câmara Municipal de Nova Olinda e na tarde do mesmo dia despachou no Gabinete do Prefeito, recebendo lideranças políticas e comunitárias e pessoas do Povo.

Uma das primeiras medidas de Cabeludo foi devolver uma camionete da Secretaria de Educação que era usada irregularmente pelo prefeito afastado, que inclusive recebeu quase 200 infrações de trânsito em menos de seis meses.

Cabeludo também abriu uma conta na rede social Facebook onde mante contato com os munícipes atendendo reinvindicações e prestando contas de suas ações. Ainda na área da informação o prefeito em exercício enviou projeto de lei criando o Diário oficial do Município para publicações dos atos administrativo do Município.

O prefeito em exercício também homologou o Concurso Público, convocou os primeiros aprovados para a Secretaria de Educação e anunciou a convocação dos profissionais de Saúde. “Vamos analisar os demais casos de forma criteriosa para que não haja prejuízo ao serviço público e aos servidores municipais” disse o prefeito em exercício.

Cabeludo exonerou todos os servidores em situação que configurava nepotismo, bem como vários cargos comissionados em desvio de função, sendo ainda constatadas várias acumulações ilícitas de cargos. As medidas resultaram em uma economia de mais de R$ 70.000,00 para os cofres públicos. Na última sexta-feira (10/06) foi efetivado o pagamento dos servidores municipais.

Todos os serviços públicos foram continuados e melhorados como a recuperação das estradas vicinais, limpeza pública, recuperação de vias e os serviços de saúde e assistência social e ainda atendeu antigas pleitos dos servidores municipais, como foi o caso dos profissionais de saúde no caso do adicional de insalubridade e da isonomia salarial. 

Cabeludo inovou na sua maneira de administrar, pois está sempre presente no Município recebendo sugestões e críticas e atendendo a todos na medida do possível.

O prefeito afastado Ronaldo Sampaio apresentou dois recursos no Tribunal de Justiça, sendo que o primeiro aguarda decisão da presidente da Corte, desembargadora Iracema do Vale e o segundo com o desembargador Francisco Pedrosa, este decidiu que só iria se manifestar sobre o pedido de Liminar após a decisão da presidente do Tribunal.

Cabeludo disse que aguarda com tranquilidade a decisão da Justiça, pois não tem apego ao cargo e tem consciência que o papel do vice-prefeito é substituir o prefeito, mas se dedicará todos os dias que permanecer no cargo trabalhando para melhorar as condições de vida do Povo de Nova Olinda.