23 de junho de 2016

TRE discute registro de candidaturas com partidos

No encontro foi evidenciado os novos prazos para convenção e registro (Foto: Divulgação)
O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) reuniu ontem (22/06), no Fórum Eleitoral Péricles Ribeiro, representantes de 34 partidos, que concorrerão ao pleito municipal em outubro próximo, para alertar sobre novos prazos e registros de candidaturas. 

Com a minirreforma eleitoral, os prazos foram reformulados para todo o processo de eleição municipal que se avizinha. Em relação aos pleitos anteriores, a Justiça terá um tempo reduzido para julgamento dos registros de candidatos. O prazo final, antes no dia 5 de julho, passou a ser em 15 de agosto. As convenções devem ocorrer de 20 de julho a 5 de agosto de 2016.

A juíza Sílvia Nóbrega, coordenadora do Registro de Candidaturas em Fortaleza, alertou as legendas sobre o hábito de deixar para a última hora o registro dos candidatos.

“Sei que é hábito dos partidos deixarem tudo para o último dia, mas aqueles que já tiverem reunido a documentação dos seus candidatos, após as convenções partidárias, procurem logo a nossa comissão para fazer o registro, evitando assim erros e atropelos”.

A magistrada reforçou a obrigatoriedade do registro do percentual mínimo de 30% para cada gênero, além da documentação exigida pelas regras eleitorais.

Ao jornal O POVO, a juíza afirmou que o Tribunal aumentou de um para cinco o número de juízes que trabalharão no julgamento das candidaturas no pleito. O objetivo é evitar, assim, pendências em relação aos registros.

De acordo com a juíza, uma força-tarefa está sendo implementada com todos os servidores do Tribunal para cumprir todos os prazos estabelecidos pela legislação. “O TRE está se adaptando da melhor forma possível. Essa força-tarefa vai dar maior agilidade aos julgamentos”, disse.

Com informações O Povo Online