20 de junho de 2016

Câmara Municipal afasta prefeito de Nova Olinda

Presidente José Vieira anunciando resultado pelo afastamento do prefeito (Foto: Carlos Erivelto)
A Câmara Municipal de Nova Olinda decidiu em Sessão Extraordinária realizada na manhã de hoje (20/06) pelo recebimento de uma nova denúncia apresentada contra o prefeito Francisco Ronaldo Sampaio. A decisão se deu pelo voto de 7 dos 9 membros do Parlamento Municipal. 

Na mesma decisão pelo mesmo placar a Câmara decidiu pela suspensão das funções prefeito municipal do denunciado e pelo corte da metade da remuneração até decisão final do processo.

O afastamento do prefeito se deu dois dias após retornar ao cargo por decisão da presidente do Tribunal de Justiça da desembargadora Iracema do Vale, suspendeu Liminar do Juiz Titular da Comarca concedida na última sexta-feira (17/06).

O Magistrado local havia afastado o prefeito por 120 dias a requerimento do Ministério Público em Ação Civil Pública de Improbidade Administrativa.

Após a suspensão da Liminar a cidadão Wyldianne Sampaio decidiu apresentar nova denúncia contra o prefeito, uma vez que a primeira denuncia foi arquivada por decurso de prazo.

Além dos mesmos fatos apontados na primeira denúncia a denunciante apresentou provas de prática de nepotismo, desvio de função e o elevando numero de infrações de trânsito cometidas pelo prefeito ao utilizar veículo da Secretaria de Educação.

Os vereadores decidiram pelo afastamento do prefeito sob o argumento de que no cargo o prefeito poderia interferir nos trabalhos da Comissão Processante, impedindo a investigação, bem como para evitar que os atos apontados na denúncia sejam repetidos.

Votaram pelo recebimento da denúncia e pelo afastamento do prefeito os vereadores Francisco Vande (PSD), José Humberto (PMDB), José Marcos (PR), José Vieira (PMN), Ivanildo Gomes (Solidariedade) e as vereadoras Alzeny Rodrigues (PSD) e Socorro Matos (PT). Votaram contrária a vereadora Rita Luna (PRP) e o vereador Raimundo José (PDT). 

A Sessão da Câmara foi acompanhada por várias pessoas dos diversos seguimentos da comunidade que lotaram o Plenário e ainda acompanharam do lado de fora através de um serviço de som instalado pela Presidência da Casa.

O resultado da decisão da Câmara foi comemorada com queima de fogos em vários pontos da cidade.

Confira outras fotos do radialista Carlos Erivelton: