10 de abril de 2015

Equipe de Escola da Capital visita Altaneira

Equipe de Escola Maria Stella de Fortaleza em Altaneira (Foto: João Alves)
A Escola Municipal de Ensino Fundamental Joaquim Rufino, recebeu nos últimos dois dias (08 e 09 de abril) a visita de Equipe de Escola Maria Stella Cocheare Santiago de Fortaleza. A visita tem por objetivo principal conhecer de perto as ações pedagógicas que elevaram os índices da educação e o fortalecimento do processo de ensino e aprendizagem das crianças da referida escola.   

Pelas regras do Prêmio Escola Nota 10, a escola premiada apoia outra escola de outro Município com índices baixos. No caso Altaneira apoia uma Escola de Fortaleza.

Os profissionais da EMEF Joaquim Rufino apresentaram o diagnóstico da escola, discorrendo a respeito dos indicadores educacionais.

A equipe da escola apoiada era composta pela diretora, Maria Greoleide Sousa, pela Coordenadora  Joyciene Uchoa e pelas professoras Adelina Azevedo e Gerusa de Moura.

Por fim, reunidos em grupos, os profissionais planejaram o calendário para as visitas técnicas às escolas participantes. Essa troca de experiências possibilita-nos perceber que apesar dos desafios serem grandes estamos caminhando para aperfeiçoar nossos conhecimentos e aplicá-los.

Após as visitas as equipes das  duas escolas concederam entrevistas na rádio comunitária Altaneira FM. A diretora da Escola apoiada falou sobre a importância de intervenções necessárias que devem ser realizadas, e a escola premiada socializou as práticas pedagógicas bem-sucedidas.

“O intercâmbio entre as escolas foi uma ótima oportunidade de conhecer os avanços e dificuldades, onde a equipe Gestora da escola apoiada Maria Stella puderam compreender com sua equipe de professores os caminhos para superação dos obstáculos pedagógicos, rumo a otimização do ensino numa perspectiva de letramento, bem como elevar significativamente os índices educacionais da escola na qual gerenciam” disse a professora Micirlandia Soares, gerente local do PAIC.

Segunda a gerente, os professores da escola apoiada consideraram o encontro bastante significativo pela troca de experiências que proporcionou e pelas ações pedagógicas direcionadas a aprendizagem dos alunos que estão sendo desenvolvidas eficazmente pelas professoras alfabetizadoras da Escola Joaquim Rufino.


A EMEF Joaquim Rufino foi premiada como Escola Nota 10, no ano passado. A turma do 2º ano com um total de 119 alunos alfabetizados foram os agraciados.