6 de dezembro de 2018

Vereadores voltam a debater processo de cassação do prefeito de Altaneira

Sessão Plenária da Câmara Municipal de Altaneira (Foto: Júnior Carvalho)
A Sessão Ordinária na Câmara Municipal de Altaneira realizada na manhã de ontem (05/12) foi quase todo dedicada para comentários sobre o desfecho final do processo de cassação do prefeito Dariomar Rodrigues (PT) na última sexta-feira (02/12) em que o Legislativo decidiu por manter o seu mandato.

Logo na abertura dos trabalhos o presidente da Casa, vereador Antonio Leite (PDT), comunicou que expediu ofícios encaminhando o Relatório Final da Comissão Processante à Procuradoria da Republica no Ceará em Juazeiro do Norte, ao Tribunal de Contas do Estado do Ceará, Procuradoria de Crimes Contra a Administração Pública no Ceará (PROCAP) e Promotoria de Justiça da Comarca.

O vereador Flávio Correia (PDT) voltou a Tribuna para dizer que foi muito difícil fazer uma investigação que culminou com pedido de cassação do prefeito, mas enfatizou que é papel do vereador, “infelizmente vejo pessoas públicas que em vez de lutar pelo bem do povo, olham para o bem próprio".

O vereador ainda criticou falta de atendimento no hospital, lembrou que na gestão anterior a unidade contava com vários serviços médicos especializados, que não teve continuidade no atual governo.

“O prefeito vem ao plenário dizer que estamos escutando pessoas que tem dinheiro, o que não é verdade, se a gente gostasse de quem tem dinheiro teríamos ficado na Prefeitura, o gestor de forma desesperada tentou cancelar votação de cassação, mas foi derrotado por duas vezes”, esclareceu o parlamentar.

A vereadora Zuleide Ferreira (PSDB), que deu o voto decisivo para salvar o prefeito voltou a dizer que o voto é seu e que não tem que escutar ninguém. “Desde o começo analisei todo processo para dar o meu voto, parabenizo o prefeito Dariomar pela administração, agora o governo está destravado”, disse a vereadora tucana.

Já o vereador Professor Adeilton ressaltou o trabalho da Comissão Processante afirmando que foi realizado de forma coerente, mas afirmou que errou em escutar demais e falar de menos, mas que o resultado final foi muito satisfatório.

“Não posso tomar uma decisão isolada, para justificar meu voto não foi preciso atacar ninguém, meu voto não foi porque sou oposição, não é porque o prefeito é Dariomar, sim pelos motivos já declarados que encontrei em pesquisa em alguns itens, como também escutando alguns amigos, a denúncia veio de um jurista da família do prefeito, mas poderia ter vindo até de um cidadão comum”.

Adeilton ainda anunciou que irá ajuizar ações contra uma pessoa que divulgou um vídeo atacando os vereadores que votaram favorável a cassaçãodo prefeito “Comunico que irei entrar na justiça e saber que foi de fato que patrocinou esse ataque, recebi vídeos das questões do vereador Devaldo Nogueira na rádio, irei na sexta na mesma rádio dá a resposta de forma respeitosa, sobre os acordos, minha posição é a mesma de quando fui eleito pela chapa de Ricardo e Rafaela, ainda me vejo no grupo de oposição, não tenho culpa dos vereadores que não aceitaram os desmando do prefeito queiram votar em mim para Presidente”.

Disse ainda que não tem motivo para desconfiança, pois deixou liderança de grupo de oposição e deixou claro que seria candidato a presidente, ainda disse que não existe nenhum candidato na campanha que sofreu com tamanha perseguição, afirmou que está decidido ficar na paz, mas está preparado para ser atacado e saberá se defender.

O vereador Devaldo Nogueira disse que foi a rádio não para agredir ninguém, apenas disse a verdade, em relação ao voto pela cassação do prefeito afirmou que todos são figurantes, até porque foram apenas dois minutos para justificar o voto, lamentou atual situação, mas que ver que existe desmando na administração, mas que é problema de família.

O vereador Cier Bastos disse que realmente esteve pouco tempo para justificar, mas que na rua vem tendo como justificar para as pessoas que querem ouvir, lamentou que alguns fiquem na rua denegrindo nomes e imagens dos vereadores. “Concordo com Adeilton, tem que tomar as providências, não existem covardia de nossa parte, somos pagos para lutar pelo bem do povo”.

Por fim o presidente da Casa, vereador Antonio leite, lamentou que pessoas se deixem ser usadas, por regalias, por portarias e lembrou que não existe motivo para comemorar “foram duas derrotados com pedido de liminar, com articulação derrotadas”.

Antonio Leite ainda desafiou alguém dizer que participou de negociações.

“Sou o vereador mais perseguido pela administração, gosto de criticar as coisas erradas, por isso o atual prefeito nunca gostou de mim, esse governo destrói quem não rezar na cartilha do prefeito, ele gosta de quem lhe adula, não tenho dúvidas que sua queda na Justiça é garantida, aqui foi uma salvação política, mas na Justiça não terá articulação” desabafou Antonio Leite que ainda prometeu intensificar a fiscalização no próximo ano.

A Sessão Câmara Municipal de Altaneira é transmitida em tempo real na página do portal Assaré Online na rede social Facebook.