18 de julho de 2016

O cenário da disputa em Altaneira a menos de um mês da campanha

O Coração do 13 e Jacaré do 15 são as novas figuras da política em Altaneira
Falta menos de um mês para a campanha eleitoral ganhar as ruas da cidade e as comunidades rurais de Altaneira e dos demais municípios brasileiros. Apesar de permitida em lei a pré-campanha em Altaneira praticamente não existe, apenas alguns navegantes das redes sociais compartilhando imagens do número 13 do PT de Dariomar Soares e outros a figura de um jacaré em alusão ao número 15 do PMDB partido do pré-candidato Ricardo Arrais.

Ricardo Arrais não tem perfil em nenhum das redes sociais, já Dariomar tem uma conta na rede social Facebook e outra no Whatsapp, mas não costuma usa-las para divulgação dos atos na pré-campanha. A movimentação nas redes sociais é feita basicamente pelo blogueiro Júnior Carvalho pelo grupo de situação e pelo presidente do Diretório Municipal do PMDB, Luiz Pedro, pelo grupo de oposição.

Além da pouca visibilidade nas redes sociais o pleito de outubro próximo se apresenta completamente diferente dos anteriores, principalmente em termos partidários. Pela primeira vez o PT disputará uma eleição majoritária e o PMDB volta a disputa exatos 20 depois da derrota do empresário e advogado Adevaldo Arrais em 1996.

Por outro nessa campanha pode repetir os pleitos de 2008 e 2012, onde dois altaneirenses pode disputar o comando do Governo Municipal, a primeira foi vencida por Antonio Dorival, cunhado de Ricardo e a segunda por Delvamberto, primo de Dariomar.

Os partidos que elegeram os últimos quatro prefeitos de Altaneira (PSDB e PSB) estão completamente fora da disputa, mas os dois últimos governos (Dorival e Delvamberto) serão com certeza o principal foco da campanha em face da proximidade familiar dos pré-candidatos com os gestores.

PT e PDT agendaram convenção conjunta para o último sábado do mês (30/07), já o PMDB e o PSD, principais partidos de oposição ainda não definiram a data das convenções.

A Lei Eleitoral estabelece o prazo de 20 de julho a 05 de agosto para realização da convenção dos partidos para escolha dos candidatos e celebração das convenções.