28 de outubro de 2015

Governo Municipal reativa Programa Cartão Mãe

Mães beneficiadas e público presente na solenidade (Foto: Junior Carvalho)
Realizou-se na manhã de ontem (27/10) na sede da Secretaria Municipal de Assistência Social a solenidade de relançamento do Programa Cartão Mãe, com a entrega de cheques as mães beneficiadas, com a participação do prefeito municipal, secretários e vereadores.


O Programa Cartão Mãe foi criado em 2011 e destina-se às ações de transferência de renda com condicionalidades, constituindo um instrumento de participação financeira do Município associados a ações socioeducativas, sem prejuízo dos programas sociais do Governo Federal.

Umas das principais propostas de Governo das três campanhas do atual prefeito Delvamberto Soares (PDT) o Cartão Mãe inicialmente beneficiava 269 mães, mas foi desativado após a reeleição do prefeito em 2012.

Na solenidade de ontem foram entregues os cheques a apenas 52 mães, mas o prefeito anunciou que o número de beneficiadas pode chegar a 200, até o final do seu mandato.

O vereador Professor Adeilton (PP) publicou no seu Blog críticas ao relançamento do programa as vésperas de mais uma eleição, o pagamento em cheque e a ausência de informações do Bolsa Universitária.

O líder da bancada da oposição na Câmara Municipal criticou, ainda, os critérios para a escolha das 52 pessoas e o sorteio anunciado, que não está previsto em lei e lembrando que a Câmara autorizou o pagamento em cheque apenas forma provisória, o que não se justifica quase quatro anos depois do lançamento do programa.

Além da secretária municipal de Assistência Social, Audilene Fernandes, participaram da solenidade os secretários Antonio de Kaci (Cultura), Ariovaldo Soares (Finanças), Dhonny Nergino (Educação) e a secretária de Saúde Ivanna Alcântara.

Prestigiaram também o ato os vereadores Flavio Correia e Deza Soares e Gilson Cruz (Sem Partido) e a presença do Prefeito Municipal Delvamberto Soares a reunião deu-se inicio na hora prevista.

Todos os oradores parabenizaram e exaltaram o relançamento do programa e o prefeito aproveitou a solenidade para citar as suas obras ao longo do últimos quatro anos.

Por outro lado nenhum dos oradores justificou a interrupção do pagamento do benefício, nem tão pouco os motivos do seu relançamento neste momento.

A solenidade contou com uma pequena participação popular.