17 de outubro de 2015

PMDB ensaia reaproximação com PSDB com vistas a 2016

O presidente do Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB), senador Eunício Oliveira, sinalizou proximidade com o Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB) para disputar as eleições de 2016 em todo o Estado do Ceará.

O presidente da sigla peemedebista no Ceará admitiu estar conversando com o dirigente estadual tucano, Luiz Pontes, para decidir sobre possível aliança eleitoral.

“Estamos conversando para ver se a gente faz um entendimento no primeiro turno ou só no segundo”, disse Eunício ao jornal O POVO. 

Ainda em fase de conversa na Capital, no interior do Estado o pacto já está quase firmado para que partidos aliados ao governador do Estado, Camilo Santana (PT), não obtenham vitória. “Onde o PSDB estiver mais forte no Interior, nós vamos apoiar o PSDB, e vice-versa”, declarou Eunício.

As duas legendas já afirmaram interesse em lançar candidatos próprios para a Prefeitura de Fortaleza, mas ainda não têm nomes confirmados.

Apesar de ter o deputado federal Vitor Valim (PMDB) entre os cotados para a eleição, Eunício vem repetindo em vários discursos que o mais importante é que RC não consiga se reeleger.

Hoje (17/10), o PMDB tem mais um dia movimentado para as articulações partidárias visando às eleições. No mesmo dia em que o ex-governador do Estado Cid Gomes, aliado de Roberto Cláudio e Camilo Santana (PT), ingressa oficialmente no PDT na convenção estadual do partido, o candidato derrotado em 2014 Eunício Oliveira realiza novo encontro regional do PMDB.

A reunião acontece na manhã de hoje no município de Pacajus, Região Metropolitana de Fortaleza, e discute, principalmente, o pleito de 2016. Além do senador e do vice-prefeito de Fortaleza, Gaudêncio Lucena, participam peemedebistas das bancadas estadual e federal. Este é o quarto encontro do partido neste ano - os outros foram realizados em Camocim, Quixadá e Sobral.

Prefeitos e vereadores de outros municípios devem se filiar à legenda no encontro, de acordo com Eunício Oliveira. O prefeito de Milhã, Otacílio Macêdo, atualmente do PP, estaria entre os próximos filiados, além de vereadores de cidades vizinhas e de outras lideranças.

As novas adesões são feitas em um momento em que o partido em Fortaleza perde representação na Câmara Municipal, ficando com apenas uma vereadora, Magaly Marques.

Com informações O Povo Online