18 de dezembro de 2013

Homenagem do professor Fabrício Ferraz aos 55 Anos de Altaneira

O professor Fabrício Ferraz, paulista de nascimento, baiano de criação e altaneirense de coração captou mais uma vez belas imagens da cidade de Altaneira e seus arredores.

Esta é a terceira vez que Fabrício faz imagens da cidades, a primeira foi em 2008 da torre da antiga TeleCeará, a segunda em 2009 da torre da Claro, ainda em construção e por último as imagens que ilustram esta postagem feitas também da torre da Claro.

Ao compartilhar as imagens na rede social Facebook a professora Heloisa Bitu fez uma dedicatória especial para o Blog de Altaneira o qual recebemos com muita alegria.

Heloisa Bitu, esposa de Fabrício e sua sócia na empresa Copy Art's em comentários a alguns postagens registrou o crescimento acelerado da cidade com aberturas e alargamento de ruas. 
“As principais mudanças foram o acelerado crescimento da cidade com a abertura e alargamento de ruas, grandes loteamentos entre a sede e o Sítio Estevão”, comentou ela. 
 
Heloisa também demonstrou grande preocupação com a degradação do meio ambiente, em especial da Lagoa Santa Tereza.  “A infeliz situação da Lagoa de Santa Teresa D'ávila, cada vez mais degradada e inclusive em chamas!”, denunciou a professora.

Para o professor José Nicolau, historiador e blogueiro faz-se necessário informar que esse tipo de registro constitui em importantes fontes de conhecimentos para essa geração e principalmente para as futuras, pois se configura na construção da história ao evidenciar as mudanças e permanências ocorridas durantes esse processo.

"As fotos demonstram também a falta de preocupação  da classe política de outrora com o desenvolvimento social e urbano, com o falta de respeito ao meio ambiente e, claro, com a ausência de ações que pudessem realmente colocar Altaneira no rol das cidades que viesse a proporcionar um crescimento físico aliado ao crescimento e desenvolvimento humano e, isso significa dizer que a geração de emprego e renda foi um dos calos das administrações anteriores" protesta Nicolau.

Em artigo publicado no seu Blog Informações em Foco, Nicolau ressalta que se faz necessário um comprometimento e um esforço maior dos governantes e da sociedade civil/organizada para a completa realização desse projeto, principalmente ações que caminhem no sentido de conviver com os problemas advindos da seca. 
As imagens captadas por Fabrício no início de novembro deste ano mostram um aspecto desolador nos arredores da cidade, muito diferentes dos registros de 2009.

Clique aqui e confira as novas imagens da cidade de Altaneira pela lente do professor Fabricio Ferraz