18 de julho de 2014

15 deputados do Ceará não concorrem à reeleição

Custos de campanha; apoio a candidatura de parentes; problemas de saúde; dificuldades em conciliar negócios e política; intenção de disputar outro cargo e problemas com a Justiça são os motivos que levaram quinze parlamentares a desistirem de suas reeleições.

O deputado federal pelo PSD, Manoel Salviano (foto), afirmou estar com dificuldades em conciliar suas atividades empresariais com a atividade parlamentar e, por isso, não disputará este ano. 

João Ananias (PCdoB) anunciou na última sexta-feira, 11, que não tentará a reeleição devido a complicações cardíacas. Ele tem angina, caracterizada por fortes dores no peito causadas pelo estreitamento das artérias que conduzem sangue ao coração. Alegando problemas de saúde relacionados a diabete, o deputado estadual Augustinho Moreira (PV) também não será candidato à reeleição.

Por sua vez o deputado estadual licenciado Nelson Martins (PT), atual secretário do Desenvolvimento Agrário estadual, afirmou que não irá concorrer devido aos altos custos de campanha e à necessidade de finalizar seu trabalho junto à Secretaria.

O deputado estadual Neto Nunes alegou que não teria legenda no PMDB por apoiar a candidatura de Camilo Santana (PT) ao Governo do Estado e decidiu investir na candidatura de sua mulher, Ana Laís Nunes (Pros). Durante o período das convenções partidárias, que definem as candidaturas, o deputado estava impossibilitado de se candidatar devido a problemas com a Justiça Eleitoral.

Paulo Facó (PTdoB), Adail Carneiro (PHS) e Ronaldo Martins (PRB), deputados estaduais, concorrerão ao cargo de deputado federal no pleito deste ano, no caminho inverso Artur Bruno (PT), deputado federal, decidiu voltar a disputar a Assembleia Legislativa do Ceará. Ele afirma que o seu “perfil parlamentar é mais próximo da Assembleia” pela sua proximidade com sindicatos, servidores públicos e professores.

Os deputados estaduais Mauro Filho (Pros), Camilo Santana (PT) e Eliane Novais (PSB) decidiram nestas eleições disputar cargos majoritários. Santana e Eliane saíram como candidatos ao Governo do Estado e Mauro Filho está concorrendo ao Senado. O deputado federal Padre Zé (PP) desistiu da disputa à reeleição para ocupar o cargo de primeiro suplente na candidatura de Mauro Filho ao Senado.

Deputados federais que não disputarão reeleição ao mesmo cargo:
- Artur Bruno (PT)
- João Ananias (PCdoB)
- Manoel Salviano (PSD)
- Padre Zé (PP)

Deputados estaduais que não se candidatarão à reeleição ao mesmo cargo:
- Adail Carneiro (PHS)
- Augustinho Moreira (PV)
- Camilo Santana (PT)
- Eliane Novais (PSB)
- Mauro Filho (Pros)
- Nelson Martins (PT)
- Neto Nunes (PMDB)
- Paulo Facó (PTdoB)
- Rogério Aguiar (PSD)
- Ronaldo Martins (PRB)
- Vanderley Pedrosa (PTB)


Com informações O Povo Online