27 de maio de 2016

PT deve definir nome para disputar Prefeitura de Fortaleza neste sábado

Cúpula regional do PT se reúne hoje e amanhã para definir quem será o candidato das eleições municipais deste ano. Se mais de um nome aparecer para pleito, pré-candidatos disputarão internamente no partido. 

Lideranças ainda divergem sobre nomes preferidos para representar a legenda. Entretanto, o da ex-prefeita e deputada federal Luizianne Lins é o mais cotado. Após definição, PT buscará alianças.

Encontro contará com a presença do presidente nacional da sigla, Rui Falcão, além de 220 delegados do partido em Fortaleza. Reunião desta sexta-feira definirá o regimento interno do encontro regional marcado para amanhã, último dia para inscrição de pré-candidatos ao pleito municipal. A legenda decidiu ainda em março que terá candidato próprio.

“O nome que tem mais amplitude interna é o da deputada federal Luizianne Lins”, afirmou De Assis Diniz, presidente estadual da sigla. Apesar de a ex-prefeita ser a mais cotada, De Assis cita nomes como o de Elmano de Freitas, presidente da sigla em Fortaleza, e do vereador Acrísio Sena como possibilidades apresentadas pelo diretório do partido para a escolha interna.

Já o vereador Guilherme Sampaio era apontado como um candidato potencial em fevereiro deste ano, quando deixou o cargo de secretário da Cultura da gestão Camilo Santana. Manifestada por diversos integrantes da cúpula do PT, a preferência por Luizianne, porém, é justificada, segundo Elmano, pela sua experiência em administração pública, além de “expressiva votação em 2014, e pela relação dela com a militância e especialmente com o povo mais pobre da cidade”.

A confirmação do nome da deputada dependeria, portanto, “que ela autorize o partido a apresentá-la”. Caso ela se recuse a participar do pleito, o nome de Elmano seria a aposta seguinte. Candidato do partido nas eleições municipais de 2012, o hoje deputado estadual venceu o 1º turno com 25,44% dos votos válidos, mas foi derrotado por Roberto Cláudio na etapa seguinte ao alcançar 47% dos votos, contra 53% do atual prefeito de Fortaleza.

Dentro da legenda, Elmano também conta com apoiadores. Acrísio Sena é um deles. “Não tenho nenhum veto ao nome de Luizianne. Majoritariamente o partido optará por ela, mas no meu ponto de vista o Elmano estaria mais conectado com os interesses do PT”, declarou o vereador.

Após a definição do candidato à Prefeitura, o PT deverá intensificar a busca que já vem sendo empreendida por alianças, segundo afirmou Acrísio. De acordo com o vereador, o presidente municipal da sigla, Elmano de Freitas, tem dialogado com “partidos de menor porte”. Entretanto, os acordos dependerão, também, de que candidato o PT levará à disputa.

Com informações O Povo Online