26 de setembro de 2015

"Dessa vez não foi a pauta que viajou..." por Eduardo Amorim

Os vereadores Deza e Flávio não tinham conhecimento da viagem de seus colegas (Foto: Eduardo Amorim)
A cada sexta-feira a presidente da Câmara Municipal de Altaneira, consegue nos surpreender. Na tarde de ontem, (25/09), os vereadores do Solidariedade, Deza Soares e Flávio Correia, foram surpreendidos ao chegarem no Plenário da Câmara Municipal. O local destinado a se realizar a Sessão Ordinária, estava envolto em ferramentas e materiais elétricos. Tratava-se de um técnico que estava realizando a instalação de câmeras no plenário do Poder Legislativo. 

Mais cedo, ao chegar para a reunião da Comissão Permanente, o vereador Deza Soares que é presidente da Comissão foi surpreendido com ofício do Relator Professor Adeilton (PP) e da Secretária Zuleide Ferreira (PSDB), justificando suas ausências em face da participação deles em um Congresso em Fortaleza de 25 a 28 deste mês, isso mesmo, sexta-feira, sábado, domingo e segunda-feira.

Já a tarde no horário regimental, os vereadores do Solidariedade, se fizeram presentes ao plenário, onde foram informados pela presidente da que não haveria sessão, já que só estavam eles três na câmara. Isto mesmo, os vereadores Genival Ponciano (PTB), Gilson Cruz (Sem Partido), Alice Gonçalves e Roberci Vânia Oliveira (ambas do PSB) também foram ao tal congresso.

Tanto Flávio, quanto Deza se disseram surpresos, tanto por não serem avisados do referido evento, como não terem sido avisados que não haveria a Sessão. Deza lembrou que foram três reuniões importantes que deixaram de acontecer no mesmo dia.

Verificando o Diário Oficial dos Municípios, constatei que cada vereador que foi ao evento recebeu a quantia de R$ 1.280,00 de diárias, no total foi um gasto para o Legislativo no montante de R$ 7.680,00. Isto mesmo, além dos R$ 7.750,00 por a Sessão Ordinária que os vereadores vão receber, mesmo sem ter acontecido. Um montante de mais de 15 mil reais gastos em 4 dias, sem nenhum retorno ao contribuinte.

Uma cena triste foi ver o ex-presidente da Câmara Municipal, vereador José Romão Pereira (foto ao lado), tentando em vão adentrar ao Plenário para assistir a Sessão que não seria realizada.

Desta vez não foi a pauta que viajou, foram mais da metade dos vereadores, impedindo de haver sessão já que não houve quórum (o mínimo de vereadores necessários para a abertura da sessão).


Mais uma vez não houve sessão. Mais uma vez os vereadores vão receber sem votar nenhum projeto em benefício do povo. Mais uma vez o povo é desrespeitado.