6 de junho de 2018

Pimentel quer reeleição ao senado


Em contato com o jornalista Eliomar de Lima do jornal O Povo, o senador José Pimentel (PT) avisou: está à disposição para disputar a reeleição.

Ele reage diante da possibilidade de um acordo entre o governador Camilo Santana (PT), os ex-governadores Ciro e Cid Gomes com o MDB do senador Eunício Oliveira.

“Eu já estou há 24 anos no parlamento e continuo à disposição do nosso partido”, afirma o senador.

Indagado se teria espaço para viabilizar esse objetivo, reage: “Isso é uma discussão daqueles que controlam a política no estado do Ceará. Se eu dependesse deles, não seria nem eleito a síndico de prédio porque a minha primeira campanha, em 1994, quando fui eleito deputado federal, o meu partido apoiou na convenção o nome de Mário Mamede para ser vice de Tasso Jereissati. Isso não é novidade”.

Perguntado se teria votos para o embate, devolve: “Vamos trabalhar!”

Pimentel integra a ala no PT da deputada federal Luizianne Lins que já informou ter a direção nacional da sigla definido que, onde o PT tiver senador, brigará para manter essa vaga.

Os analistas políticos dão como certo o apoio de Camilo Santana (PT) a reeleição de Eunício Oliveira (MDB) e o ex-governador Cid Gomes para as duas vagas do Estado no Senado Federal.

Cid Gomes afirmou que só seria candidato no pleito deste ano se fosse para uma vaga no Senado Federal e negou a possibilidade de Eunício na chapa, mas defende o lançamento de apenas um nome do grupo para o Senado.