18 de junho de 2018

Prefeito de Altaneira e duas professoras atendem convocação do Sindicato

Prefeito, dirigentes sindicais e professores na Assembleia do SINSEMA (Foto: João Alves)
O Garoto Beleza João Alves compartilhou na rede social Facebook imagens da Assembleia Geral convocada pelo Sindicato dos Servidores Municipais de Altaneira (SINSEMA) a pedido de um grupo de professores para tentativa de organização de manifestações ou paralisação das atividades por alguns dias.

A intenção dos professores era protestar contra o prefeito de Altaneira, Dariomar Rodrigues (PT) pela recusa em ratear com os professores os recursos do precatório do antigo Fundef que se encontra depositado na Caixa Econômica Federal.

No edital de convocação da Assembleia, também foi feita a “convocação” do prefeito, fato que causou revolta e críticas dos professores.

Logo após a publicação do Edital os professores anunciaram que não participariam da Assembleia com a presença do prefeito. A professora Zuleide Ferreira, uma das organizadoras do ato compartilhou um áudio informando que o dirigente sindical José Evantuil havia garantindo que o prefeito não participaria da Assembleia, mesmo assim os professores mantiveram a recusa em participar do ato.

Com a divulgação das imagens nos grupos de WhatsApp os professores voltaram a criticar a postura dos dirigentes sindicais.

Para o professor Anael Feitosa a ausência dos professores foi uma boa resposta aos dirigentes da entidade. “Um sindicato que não apoia seus membros, só merece esse tipo de resposta”.

A professora Zuleide Ferreira disse que antes da convocação do prefeito a expectativa era de uma participação grande de professores. “Eu e outras pessoas já estávamos confirmando pessoalmente com os professores e eles todos confirmando a presença”, disse Zuleide.

Para o professor Adeilton o momento é de parabenizar os professores por não participar dessa "assembleia" que segundo ele mais parecia reunião do Executivo, lembrou que houve promessa dos dirigentes sindicais de que o prefeito não iria participar e novamente não cumpriram o prometido.

“Não teria nenhum sentido em participar de uma assembleia com o intuito de paralisação com a presença do prefeito. Esse sindicato só comprova que não nos representa mais. Não nos engana mais, é hora de mudança, eleger uma diretoria que represente os anseios da categoria e não os interesses do patrão”, desabafou o professor.

Além dos dirigentes do sindicato, do prefeito acompanhada de uma assessora, participaram apenas as professoras Maria Rodrigues, Denildes Silva e uma criança.

Confira a assembleia de outro ângulo: