18 de fevereiro de 2017

Ciro se diz pronto para ser presidente da República

O ex-governador do Ceará, Ciro Ferreira Gomes, disse ontem, durante fala na abertura do IV Seminário de Vereadores do PDT, em Brasília, que está “pronto para a tarefa de ser presidente da República”.

Diante de cerca de 400 representantes de Câmaras Municipais de várias cidades brasileiras, da cúpula partidária e de representantes das bancadas na Câmara e Senado, Ciro chegou a adiantar, durante debate que se seguiu à palestra, que já tem um ministro da Fazenda escolhido. “Será um nome ligado à produção”.


Ciro atacou a política econômica brasileira atual, reclamando que a riqueza está sendo escoada “brutalmente para o exterior”. Dizendo-se pronto para cumprir a missão que o partido determinar, o político cearense, que também já foi deputado estadual e federal, ministro da Integração Nacional e da Fazenda, em governos tucanos e petistas, afirmou que se lhe for determinada uma candidatura à presidência da República “farei com a maturidade adquirida em minha caminhada política e com a energia que nossos jovens vereadores irradiam hoje aqui”.

Em palestra no mesmo evento, já no período da tarde, Ciro foi ainda mais enfático, dizendo-se imune a golpes, Segundo ele, caso chegue ao poder, o PDT, não pode falhar. “Eu não posso falhar. Sou novinho demais para me matar, como Getúlio, e não deixarei ninguém fazer um golpe, como fizeram com João Goulart e com a Dilma. Chegando lá o pau vai cantar, comigo ninguém me derruba”, desafiou, sob muitos aplausos.

Para Ciro, não se pode mais repetir para o futuro do Brasil o “mais do mesmo”. Há necessidade, segundo ele, de um “novo pacto nacional”. “Não estou falando de acordão político, estou falando de uma sobrevivência”, esclareceu.

O encontro nacional de vereadores, que tem uma expressiva presença de pedetistas cearenses, prossegue ao longo do dia de hoje com palestras e debates sobre gestão, comunicação, processo legislativo, dentre outros pontos fundamentais para ampliar os resultados da atuação nas Câmaras Municipais.

Carlos Lupi, presidente nacional do PDT, abriu o encontro falando sobre a necessidade de fortalecer o partido a partir da base: os vereadores. “Esse encontro é para nos aproximarmos da base do nosso partido, o vereador. Aquele que está mais próximo da população e conhece de perto as necessidades do povo. São eles que darão sustentação à candidatura de Ciro Gomes na caminhada rumo ao cargo máximo da república”.

Salmito Filho, presidente da Câmara Municipal de Fortaleza, salientou a  importância do partido no processo político brasileiro. “Temos consciência do papel do PDT nesse momento político que nos traz a oportunidade de assumir o protagonismo na política nacional. E vamos trabalhar, em nossas cidades, para construir essa realidade”, garantiu, em nome dos vereadores no evento.


Com informações O Povo Online