22 de agosto de 2016

Nino Schurter é Campeão Olímpico no MTB XCO

Nino Schurter confirmou o favoritismo e ficou com a medalha de ouro no Rio (Foto: Divulgação/COB)

O suíço Nino Schurter, atual campeão mundial de MTB XCO, conquistou neste ontem (21/08) a medalha de ouro na modalidade durante os Jogos Olímpicos Rio 2016. A prata ficou para Jaroslav Kulhavy da Republica Tcheca e o bronze com o espanhol Carlos Coloma.


O eslovaco Peter Sagan, atual campeão mundial de ciclismo de estrada, fez uma boa primeira volta e conseguiu ganhar muitas posições, porém um furo de pneu no começo da segunda volta acabou com as chances do atleta. No fim, visivelmente extenuado, o ciclista cruzou a meta apenas na 34° colocação.

No começo da prova, Schurter assumiu a frente em dupla com Coloma, porém Kulhavy conseguiu agrupar-se com aos dois pouco antes do espanhol perder um pouco de velocidade e contato. O francês Julien Absalon, um dos favoritos para a vitória, não teve um bom dia e acabou distanciado pelos ponteiros, cruzando a meta apenas na oitava colocação.

No começo da quinta de sete voltas, Schurter e Kulhavy tinham 30 segundos de vantagem sobre a dupla perseguidora formada por Maxime Marotte (França) e por Coloma. Porém, na penúltima volta, o suíço acelerou e dispensou Kulhavy, abrindo vantagem até cruzar a meta em primeiro com 44 segundos de vantagem. Coloma passou pouco atrás, com 1:22 de atraso para o vencedor.

O primeiro brasileiro a cruza a linha de chegada foi Henrique Avancini, que ficou com a 23° colocação. Em seu perfil do Facebook, ele afirmou ter sofrido um estiramento na musculatura paravertebral. Com isso, o ciclista que passou a primeira volta na quarta posição foi perdendo lugares nas passagens seguintes. Henrique ficou no Top10 na primeira e segunda voltas, foi para 16º lugar nas duas voltas seguintes, depois caiu para 20º e fechou a prova em 1h41min18s, na 23º colocação.

"Estava bem preparado, sabia que podia brigar pelo Top10. Larguei bem na segunda fila, mas o barro atrapalhou bastante, não consegui render bem. Aproveitei mais os trechos secos para não perder a distância, mas o cansaço foi grande. Agora, independente do resultado final, foi simplesmente maravilhoso ver o parque radical lotado, a torcida brasileira foi sensacional e isso é um grande marco para o mountain bike nacional. Essa Olimpíada foi maravilhosa e certamente temos que aproveitar o momento para fomentar ainda mais a nossa modalidade", afirmou.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

A Administração do Blog de Altaneira recomenda:
Leia a postagem antes de comentar;
É livre a manifestação do pensamento desde que não abuse ou desvirtuem os objetivos do Blog.