6 de agosto de 2016

"O esporte tem o poder de transformar" por Bárbara Freitas.

Enquanto as pessoas pensam no impacto financeiro das olimpíadas, eu só consigo pensar em quanto de esperança existe no olhar de cada jovem atleta que espera, mais que tudo, conseguir alcançar a realização de um dos maiores sonhos, senão o maior, de sua vida.

Só consigo pensar como eles podem se tornar super heróis mesmo sendo de carne e osso. Só consigo pensar em tudo de grandioso que o esporte pode proporcionar. Só consigo pensar em quanto vamos ver de garra, coragem, força e vontade, na busca da superação dos limites. 

Só fico imaginando quantas situações de amizade e respeito (até mesmo pelo adversário) iremos assistir, como estender a mão para levantar o "rival" após ele sofrer uma falta, ou como aquele abraço no final da partida de conforto ao ver seu adversário chorar por não obter o resultado que queria.

Só consigo ver como as histórias de vida de diversos atletas, que lutaram muito para chegar ao patamar do alto rendimento, podem nos inspirar. 

E mais ainda, não paro de pensar em como todas essas atitudes e valores que encontramos no esporte podem influenciar na vida dos jovens/alunos, não somente os que estão competindo, mas aqueles que estão ali, acompanhando, do outro lado, fora do campo, da quadra, do estádio, da piscina, percebendo que é bem possível que o impossível possa se realizar.

O esporte tem o poder de transformar. Esporte é amizade, respeito, excelência, coragem, determinação, inspiração e igualdade. E eu acredito nisso. "Sou verde, amarelo, branco e azul. Somos todos Brasil, juntos de Norte a Sul."

Barbara Freitas é professora de Educação Física