1 de novembro de 2018

Mais uma Sessão de desabafo na Câmara Municipal de Altaneira

Plenário da Câmara Municipal de Altaneira (Foto: Júnior Carvalho)
A Sessão Ordinária da Câmara Municipal de Altaneira realizada na manhã de ontem (31/10) foi marcada pelo desabafo do vereador Professor Adeilton (PSD) e do presidente da Casa, vereador Antonio Leite (PDT). Os vereadores ainda criticaram a construção do CEO com destruição de salas do Hospital Municipal.

O vereador Professor Adeilton disse mais uma vez que não deixou o grupo de oposição, mas tomou conhecimento que algumas pessoas, que mudaram o discurso, andam comentando que ele estaria “morto politicamente”.

Adeilton disse que não tomou a decisão de deixar a liderança do grupo para ser presidente da Casa. “Tomei essa decisão seguindo meus eleitores, minha decisão de entregar a liderança não foi por interesse, sim pensando em meus eleitores e amigos, se estou certo ou errado o tempo vai me dizer, não posso deixar meus amigos, em dezembro esse momento vai acabar, em janeiro iremos continuar lutando pelo bem do povo” disse o vereador Adeilton.

Já o presidente da Casa, vereador Antonio Leite, criticou depoimento do prefeito na Comissão Processante, onde mais uma vez chamou os vereadores do grupo de “golpistas”. Lembrou que o prefeito queria ter o controle dos vereadores do grupo, mas a união entre os parlamentares prevaleceu.

Antonio Leite disse ainda que mente ao falar do uso das máquinas do Município. “Todos sabem que quem se promoveu foi o prefeito, inclusive trabalhando na sua propriedade pessoal com maquinas do município, quando secretário de governo fez com máquinas do município um açude e com combustível do Município terreno de seu futuro castelo”.

O presidente da Casa disse que “golpista, traidor e covarde” era o prefeito pois tomou dinheiro emprestado a parentes e amigos e não honrou os compromissos.

“Nós vereadores não temos nossos nomes na boca de agiotas” finalizou o Presidente.

O vereador Adeilton disse que os fatos narrados pelo presidente são graves as acusações, o que pode configurar “caixa dois na campanha” do prefeito municipal.

O vereador Flávio Correia (Solidariedade) usou a palavra para lamentar a situação do Hospital Municipal, enfatizou que as salas de emergência e outras que estão sendo fechadas, para a construção do Centro de Especialidades Odontológicas.

O vereador Adeilton Silva disse que foi procurado por pessoas reclamando sobre o fato e que os vereadores devem buscar uma solução para embargar a obra, o vereador afirmou ser contra a construção no referido local.

O vereador Devaldo Nogueira também disse que recebeu reclamações sobre a obra, disse que o certo era  não ter aceitado começar, mas que agora ficou difícil parar essas obras, disse ainda que é preciso ter cuidado para que a culpa não recaiam sobre os vereadores, mas reafirmou ser contra a obra.

A Sessão contou ainda com a participação do servidor Júnior Ponciano que relatou as ações realizadas na área do Esporte e pediu ajuda aos vereadores.

A Sessão Câmara Municipal de Altaneira é transmitida em tempo real na página do portal Assaré Online na rede social Facebook.