5 de março de 2016

Prefeito envia projeto sobre reajuste dos servidores, mas exclui professores e outras categorias.

O prefeito municipal, Delvamberto Soares (PDT) enviou à Câmara Municipal na última quinta-feira (03/03) projeto de lei sobre reajuste para os servidores municipais do Poder Executivo Municipal.

O vereador professor Adeilton publicou no seu Blog ontem (04/03), em primeira mão, a notícia com a manchete: “Prefeito envia projeto sobre reajuste para todos os servidores municipais, com exceção dos professores”.


Imediatamente vários usuários alertaram que outras categorias além dos professores não foram contemplados com o reajustes, além dos professores.

Falando ainda sobre a falta de reajuste aos professores o professor Adeilton publicou:
“Não compreendo os motivos que fazem com que uma administração desrespeite tanto uma categoria que deveria ser a que mais recebesse investimentos. Os Professores passaram mais de três nos sem receber os reajustes repassados pelo governo federal. E esse ano, o reajuste já foi concedido pelo governo federal no valor de 11,36%”.

Editando a postagem o vereador/blogueiro acrescentou: “Além dos Professores, os cargos de Assistente Social, Nutricionista, Agente de Saúde, Agente de Endemias, Enfermeiro e Conselheiro Tutelar não foram incluídos na relação dos agraciados com o reajuste”.

Adeilton disse ainda que iria cobrar da liderança do prefeito na Câmara, justificativas sobre o porquê dessa descriminação com esses cargos e que também estaria acionando o Sinsema para que tome conhecimento do fato.

“É lamentável. É cantar a musica boi da cara preta. Esse mês é o mês mais apropriado para expor a insatisfação e apoiar a luta. Eu disse apoiar, não é fazer sozinho ou mandar que os outros façam só por mim. Vamos a luta. Já fizemos Historia, façamos outra vez. Alguma perca material não irá nos empobrecer”, comentou o diretor do sindicato professor Jose Evantuil.


Até o fechamento desta postagem nenhum gestor havia se manifestado sobre as exclusões das categorias no reajuste