8 de setembro de 2021

Governadores do Nordeste condenam ataques à democracia

Camilo Santana, Flávio Dino e Rui Costa se manifestaram nas redes sociais (Foto: Divulgação/Consórcio Nordeste)

Chefes do Executivo de um dos principais focos de oposição a Jair Bolsonaro no país, diversos governadores do Nordeste se manifestaram ontem (07/09) contra ataques feitos pelo presidente durante os atos de 7 de setembro pelo país.

O governador do Ceará, Camilo Santana (PT), publicou mensagem afirmando que as "ameaças de tom golpista tentam demonstrar força mas, ao contrário, só revelam a fraqueza e o desequilíbrio de quem as faz".

"Mostram desprezo às leis e à Constituição. Tentam provocar o caos para tirar o foco dos reais problemas do País e da total incapacidade de resolvê-los", disse o governador, em nota publicada nas redes. Antes dos protestos, Camilo já havia defendido que o 7 de setembro reforçasse "os ideais do respeito, da tolerância e da justiça social".

O governador do Maranhão, Flávio Dino (PSB), foi mais duro, afirmando que Bolsonaro já estaria tentando dar um golpe de Estado no País. "Não se trata mais de uma previsão. No momento em que ele faz essas marchas milicianas, com ele à frente e esse tipo de emulação criminosa, não se trata mais de discutir se ele tentará ou não um golpe, uma ruptura" disse, em entrevista ao UOL.

"Ele já está naquilo que nós chamamos de itinerário criminoso, a questão é saber até onde ele vai", conclui, criticando ainda a "lentidão" das instituições brasileiras em responder os ímpetos do presidente à altura. "Essa resposta institucional que o Brasil tem que dar nos próximos dias, uma resposta curta, clara, porque ele está tentando, mas não vai conseguir", disse ao UOL.

O governador da Bahia, Rui Costa (PT), também publicou mensagem contestando os atos nas redes sociais. "Independência é um sonho que se constrói dia a dia; Independência é amar, é respeitar, é saber conviver com o contrário, é dar as mãos na dura batalha contra o ódio. Independência é verdade que constrói e não a mentira que destrói; Independência é comida no prato, e não fuzis".

Com informações portal O Povo Online

Leia também:

Imprensa internacional destaca risco à democracia no Brasil


Nenhum comentário:

Postar um comentário

A Administração do Blog de Altaneira recomenda:
Leia a postagem antes de comentar;
É livre a manifestação do pensamento desde que não abuse ou desvirtuem os objetivos do Blog.