8 de junho de 2014

Dia de "SuperAção" na Escola Santa Tereza

Alunos e ex-alunos em limpeza das carteiras escolares (Foto: João Alves)
Assim como aconteceu em 393 escolas da rede estadual a Escola Santa Tereza em Altaneira realizou durante todo o dia de ontem (07/06) a SuperAção 2014, uma competição solidária que mobilizou pais, alunos professores e profissionais para um dia de atividades esportivas, culturais e de preservação do ambiente escolar, além de sensibilizar e conscientizar para questões de interesse coletivo. 

Participaram da competição escolas da Capital e do Interior que integram o Programa Ensino Médio Inovador e Jovem de Futuro (ProEMI/JF). A iniciativa é resultado de uma parceria entre Governo do Estado, por meio da Secretaria da Educação (Seduc), MEC e Instituto Unibanco. 

Esse é o terceiro ano de realização do SuperAção que reúne atividades como jogos, feiras culturais, apresentações artísticas (teatro, música, poesia), cessão de cinema para a comunidade, plantio de mudas, revitalização de jardins e de outros espaços, destinados a fortalecer o ambiente escolar para que se torne cada vez mais propício ao desenvolvimento dos estudos e atraente para o jovem, estimulando sua permanência na escola.

Conforme Régia Xavier, coordenadora do Programa Ensino Médio Inovador/Jovem de Futuro, a ideia é integrar família e escola para que intervenham na realidade de sua instituição, assumindo a responsabilidade por melhorias consideradas necessárias e pelo bom clima coletivo. "A participação dos pais e responsáveis na escola é fundamental para a conquista de bons resultados" - frisa

Do total de participantes, 100 escolas irão desenvolver atividades de Esporte e Cultura, 124 ficarão com iniciativas voltadas ao Meio Ambiente e 169 com Melhoramento, responsável por mudanças no espaço escolar. Cada evento é planejado, conforme as necessidades da escola e horários disponíveis.

As tarefas são realizadas por voluntários da comunidade escolar e recebem pontuação, de acordo com as categorias: ações de preservação; de sensibilização da comunidade; de doações, além de quantidade de participantes.

A Secretaria da Educação (Seduc) aderiu ao Programa Ensino Médio Inovador (EMI), do Ministério da Educação, que utiliza o Jovem de Futuro como tecnologia de Gestão. A ação visa mobilizar alunos, professores e famílias em torno de metas pactuadas para um mesmo objetivo: garantir que os jovens entrem, permaneçam, tenham bom desempenho e terminem o Ensino Médio com sucesso.

A base do Projeto Jovem de Futuro é a capacitação de um grupo de gestão, formado por integrantes da própria escola, para a criação de um Plano de Melhoria de Qualidade que é implementado ao longo de três anos, correspondente ao ciclo do ensino médio. Cada unidade define seu próprio planejamento, identificando carências e necessidades lado a lado com os parâmetros de qualidade que pretende alcançar em cada aspecto da vida escolar.

Na Escola Santa Tereza as atividades foram desenvolvidas em limpeza, pintura de paredes, poda de árvores, revisão de instalações elétricas e hidráulicas e contou com uma boa participação de alunos, ex-alunos, professores servidores e dos vereadores Antonio Leite, Genival Ponciano, Gilson Cruz e Professor Adeilton, tudo coordenado pela Diretora Meirenildes Alencar.

Com informações O Povo Online