4 de junho de 2014

Ciro diz que “é muito remota” possibilidade de Eunício ser o nome da aliança


O ex-governador e atual secretário estadual da Saúde, Ciro Gomes (Pros), disse ontem que o senador e pré-candidato ao governo Eunício Oliveira (PMDB) está parecendo uma “biruta de aeroporto” em razão de suas conversas com adversários do governador Cid Gomes (Pros).

Segundo Ciro, Eunício “tem se associado a tudo que representa o retrocesso ao estado do Ceará” e, por isso, “é muito remota” a possibilidade de ele ser o nome da aliança para a sucessão de Cid. 

“Possibilidade mesmo é muito remota. Explico por que: ele, nos últimos meses, tem se associado a tudo que representa o retrocesso ao estado do Ceará. Parece esses sinais de aeroporto, a chamada biruta de aeroporto: ora vai pra cá, ora vai pra lá, ora afirma isso, ora afirma aquilo. E o cearense precisa de rumo, precisa de firmeza. Tanto mais nesses tempos bicudos que estamos vivendo”, declarou.

Ciro participou ontem à noite de encontro com os partidos governistas, no Marina Park Hotel, onde expôs dados sobre realizações e demandas do Estado na área da saúde. Falando à imprensa antes da palestra, Ciro ironizou o discurso atual do PMDB, o qual, depois de entregar os cargos que ocupava no governo, do Estado, no início de maio, começou a criticar setores como segurança e saúde.

“O PMDB esteve até muito recentemente junto conosco, ao longo desses sete anos e meio, pro bem e pro mal. Se eles agora estão enxergando alguns defeitos, a população vai perguntar onde é que eles estavam quando esses defeitos aconteciam e eles não apontaram”, disse Ciro.

“Por outro lado, é sempre normal que uma pessoa possa examinar suas possibilidades e depois fazer uma autocrítica e perceber que talvez tenha errado no caminho. Vamos ver”, completou.


Com informações O Povo Online