1 de setembro de 2017

Em despedida do Ceará, Lula lembra história do Padre Cícero

Lula, em visita ao túmulo de Padre Cícero, última parada de sua passagem pelo Ceará (Foto: Fábio Lima)
Em último ato no Ceará, o ex-presidente Lula (PT) visitou na manhã de ontem (31/08) o túmulo do Padre Cícero, na Capela de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, em Juazeiro do Norte. A visitação dos restos mortais do santo popular é parada obrigatória na região do Cariri.


Na ocasião, o ex-presidente chegou a se comparar com Padre Cícero. “Conheço a história dele, sei a importância dele para o povo nordestino. E sei que, assim como ele, todo o mundo que defende pobre neste País é perseguido. É preso, é fuzilado, é enforcado”, disse.

Na noite desta quarta-feira (30/08) o petista participou de ato público no município do Crato, ao lado de deputados estaduais e federais, prefeitos e do governador Camilo Santana e desafiou seus adversários políticos a visitarem o Nordeste brasileiro.

Em discurso no Cedro, na Região do Cariri, o petista acusou a elite política do País de não se preocupar com a região e disse que ela “tem muito a explicar” aos nordestinos.

“Eles têm que vir explicar por que nós, em 12 anos, fizemos mais escolas técnicas que eles em um século. Mais faculdades, hospitais, programas sociais”, diz. “A verdade é que a elite política nunca se preocupou com o Nordeste”, conclui.

O ex-presidente também rebateu acusações de que estaria fazendo campanha eleitoral antecipada em suas recentes viagens a estados do Nordeste. “Não estou campanha para mim, estou me defendendo”, disse, à tarde, durante passagem por Iguatu.

A viagem a Juazeiro do Norte concluiu passagem de três dias de Lula pelo Ceará. Desde terça-feira, caravana do ex-presidente que percorre o Nordeste passou por diversos municípios do Estado, indo de Quixeré até Barbalha. Ao todo, o ex-presidente percorreu cerca de 500 quilômetros no estado e visitou aproximadamente dez municípios.

Ele foi acompanhado de comitiva de lideranças petistas, incluindo o governador Camilo Santana. Ontem, contudo, o governador não acompanhou o presidente, preferindo visitar obras no Cariri. A passagem de Lula foi acompanhada por comoção popular. Em diversos momentos, o comboio de ônibus precisou parar após a população fechar estradas.

O presidente seguiu para o município de Exu, em Pernambuco, onde visitou o memorial do Luiz Gonzaga.


Com informações portal O Povo Online