22 de fevereiro de 2018

Câmara de Altaneira aprova suplementação de mais de 3,4 milhões a pedido do prefeito

Plenário da Câmara Municipal de Altaneira (Foto: Júnior Carvalho)
Em Sessão realizada na manhã de ontem  (21/02) a Câmara Municipal de Altaneira aprovou, por unanimidade, Projeto de Lei de autoria do prefeito Dariomar Rodrigues (PT) que autoriza a abertura de crédito adicional suplementar no valor equivalente a 20% (vinte por cento) do orçamento de 2018.

A apresentação do projeto causou preocupação nos professores municipais, uma vez que não é comum a apresentação de tal projeto no início do ano, o receio é que o prefeito use a autorização da Câmara para gastar os recursos do precatório do Fundef que se encontra depositado na Caixa Econômica Federal.

O vereador Flavio Correia (Solidariedade) chegou a anunciar que não aprovaria o projeto, pois não se tinha as garantias de que o gestor não usaria os recursos, mas mudou de opinião e emitiu Parecer favorável ao projeto, dizendo que o projeto veta o prefeito de gastar os 60% do Precatório permaneça intocável.

Flavio Correia disse ainda que não vai ser responsável por não chegar merenda nas escolas, que não vai travar o município, como também afirmou que o prefeito Municipal é quem tem que ter responsabilidade com os recursos do município, e que a casa sempre estará para ajudar administração, como para fiscalizar.

O líder de oposição vereador Professor Adeilton Silva (PSD) afirmou que também estava disposto a votar contrário ao projeto, mas com a apresentação da emenda “travando o Prefeito Municipal de gastar os recursos do Precatório”, decidiu votar favorável.

A vereadora Zuleide Ferreira (PSDB) seguiu a linha de pensamento do seu líder, afirmou ainda que tem responsabilidade com desenvolvimento de Altaneira, que mais do que ninguém, ela tem interesse na questão do precatório, disse também que “com esse veto no projeto o dinheiro do precatório está assegurado”.

O vereador Devaldo Nogueira (PMDB) disse que participou de uma reunião para tratar sobre o tema, mas apenas 17 professores apareceram e registrou que nenhum professor apareceu em Plenário para acompanhar. Disse que aprovava o projeto porque a responsabilidade no gasto dos recursos é dos gestores municipais.

O vereador Valmir Brasil (PDT), enfatizou a forma como a Comissão Permanente deixou claro que dando a suplementação, o dinheiro dos professores estará guardado esperando decisão da justiça.

O vereador Cier Bastos (PDT), disse não viu em nenhum momento que o Prefeito Dariomar soares, vinhesse gastar os 60% do precatório, já que o mesmo sempre foi bem claro que vai esperar a justiça decidir.

Já o presidente da Câmara, Antonio Leite (PDT), parabenizou a harmonia que as sessões vêm se desenvolvendo, que ainda não precisou votar, mas que sempre estará a disposição quando for preciso.

Nenhum vereador estranhou a apresentação do projeto com menos de dois meses de gestão, nem tão pouco questionaram a ausência da origem dos recursos e a destinação das despesas.


Com informações Assessoria de Comunicação da Câmara Municipal de Altaneira.

Clique aqui e assista o vídeo da Sessão no canal do YouTube.