7 de setembro de 2013

Feriado de 7 de setembro em Altaneira

Professores da rede municipal de ensino em frente a Prefeitura Municipal para o hasteamento das bandeiras - foto João Alves
Para alguns as comemorações foram fracas, este sentem saudades dos grandes desfiles escolares de décadas passadas: para outros as comemorações nem deviriam acontecer, pois o momento é de protesto e não de comemoração. O professor José Nicolau publicou no seu “Informações em Foco” excelente artigo sobre a histórica data que marca a passagem do Brasil Colonial para o Brasil Imperial. Vejamos:

A Independência do Brasil é um dos fatos históricos mais importantes de nosso país, pois marca o fim do domínio português e a conquista da autonomia política. Muitas tentativas anteriores ocorreram e muitas pessoas morreram na luta por este ideal. Podemos citar o caso mais conhecido: Tiradentes. Foi executado pela coroa portuguesa por defender a liberdade do Brasil, durante o processo da Inconfidência Mineira.

No entanto, ao contrário dos que muitos afirmam, esse fato não significou a independência Econômica do território nacional, haja vista que saímos das amarras lusitanas e caímos sob a tutela da Inglaterra e, posteriormente dos Estados Unidos.

Com a independência política em 1822, as classes sociais menos favorecidas continuaram excluídas. Sem participação nas decisões políticas e sem ter acessos as riquezas oriundas do seu próprio trabalho. O povo mais pobre sequer acompanhou ou entendeu o significado da independência. A estrutura agrária continuou a mesma, a escravidão se manteve e a distribuição de renda continuou desigual. A elite agrária, que deu suporte D. Pedro I, foi a camada que mais se beneficiou. 

Dentro deste cenário, Estados e os Municípios continuam praticando os atos que revigoram a memória desse processo, como por exemplo, o hasteamento das Bandeiras em pontos estratégicos (Prefeitura, Câmara e Instituições Escolares) e as instituições de ensino, inclusive, na sua grande maioria, ainda continuam trabalhando essa temática sem nenhum rigor crítico. Fortalece a identidade nacional dos estudantes, mas o senso crítico destes com relação ao processo que ensejou o momento e as mudanças e permanências desse cenário está debilitada, outros sequer entende o que foi o sete de setembro.


Enquanto nas várias capitais do Brasil se verificou grandes movimentações e protestos contra a corrupção que vem assolando o país recentemente, inclusive com várias demissões, em Altaneira, na Região do Cariri, as comemorações não se diferenciaram das dos últimos anos, a saber, com a caminhada de Representantes Políticos e Servidores parando nos locais estratégicos e hasteando as Bandeiras do Brasil, Ceará e do Município.

Publicado originalmente no Blog Informações em Foco

Confira outras fotos:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

A Administração do Blog de Altaneira recomenda:
Leia a postagem antes de comentar;
É livre a manifestação do pensamento desde que não abuse ou desvirtuem os objetivos do Blog.