26 de março de 2014

Mais um grupo altaneirense se aventura sobre duas rodas

Jovens altaneirenses se aventuram em suas motos (Foto: Gutemberg Estévão) 
Formado há pouco mais de dois anos o Grupo de Amigos Kalangus Aventureiros, aproveitaram o feriado da abolição da escravatura no Ceará para sair da rotina e visitaram a Euroville no Distrito de Araporanga em Santana do Cariri e a Ponte de Pedra Nova Olinda. O nome do grupo é em homenagem aos seres (Calangos - Cnemidophorus ocellifer) da fauna nordestina, que resiste as intempéries e a vida neste ambiente. 

“Somos seres comuns e que gostamos de aventura entre amigos, curtindo a vida seja de bicicleta ou moto, sair da rotina, visitar novos lugares, com um desejo em comum, diversão” esta é a definição do grupo.

A ultima aventura contou com 15 integrantes que saíram na sede da Fundação ARCA seguindo pelos sítios Taboleiro, Baixa Grande, Riacho, Boa vista até a Euroville no Distrito de Araporanga, em Santana do Cariri.

Não foi possível a entrada na Euroville, ambiente particular, pois os proprietários proibiram o acesso a particular sem autorização prévia. Do Distrito de Araporanga os aventureiros seguiram rumo a Ponte de Pedra, localizado no Sítio Olho D'água de Santa Bárbara nas proximidades da CE-292 que liga o município de Crato a Nova Olinda.

Para o professor José Nicolau a decisão pela visita a Ponte de Pedra se enquadrou nos objetivos do grupo “A aventura ante as belezas naturais, além de se buscar formas de traçar rotas que deem uma dimensão histórica do percurso. É digno de registro ainda que a ponte se configura como um sítio profundamente marcado na paisagem, com uma vista panorâmica exuberante” postou Nicolau no seu Blog Informações em Foco.

Um dos líderes do grupo Gutemberg Estevão considerou a viagem como magnífica. “Não tenho explicações por que realmente foi extraordinariamente estrambólico de bom! planejar a próxima, pensando nos erros vistos para que se possa corrigir”. E parabenizou a equipe que se permitiu sair da rotina. “Parabéns a todos por enfrentar tudo para sair da rotina. Inclusive acordar cedo e contemplar a Nevoa e o sol raiar!!!” comentou no Facebook.

Já o universitário Cláudio Gonçalves chamou a atenção para a convivência em coletividade. “Mesmo passados dois anos após as primeiras aventuras, percebemos hoje que ainda precisamos aprender muito sobre a vida em grupo. Muito boa a aventura de hoje”, ressaltou.

Participaram do trajeto Cleison Araujo, Geisleide Martins, Givanildo Gonçalves, Océlia Alves, Evertom Amorim, Rafaela Chavier, Vinicius Freire, Adriana Correia, Cícero Iranildo, Claudio Gonçalves, Gutemberg Estevão, Cícero Herlândio, Francilene Oliveira e José Nicolau.