21 de abril de 2014

Altaneirense cursa doutorado no Rio Grande do Sul

A professora altaneirense Antonia Eliene Duarte (foto) está cursando Doutorado em Ciências Biológicas Bioquímica Toxicológica pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), no Estado do Rio Grande do Sul.

Professora efetiva do Departamento de Biologia da Universidade Regional do Cariri (URCA) Eliene é Mestre em Agronomia/Fitotecnia pela Universidade Federal do Ceará (UFC).

Eliene está desenvolvendo estudos com uma planta daninha do semi-árido nordestino, Raphiodon echinus (Nees e Mart) Shauer, conhecida por betônica ou menta rasteira. 

A betônica é uma lamiacea rasteira, cuja distribuição é registrada nos estados de Bahia, Pernambuco, Paraíba, Ceará e Minas Gerais. A espécie ocorre espontaneamente em vários pontos da caatinga, sendo mais frequente em área abertas. As flores da planta de coloração violeta exalam odor adocicado e estão reunidas em densos glomérulos. As flores são visitadas por abelhas e borboletas.

“Estamos realizando avaliação da atividade antifúngica, antibacteriana e antiparasitária em parceira com os Laboratórios de Microbiologia e de Produtos Naturais da Universidade Regional do Cariri. Vamos testar o extrato aquoso da espécie em peixes e ratos, realizar testes de toxicidade, fragilidade osmótica, danos no DNA, além de avaliar o efeito protetor sobre a pele de ratos” escreveu Eliene para o Blog.

A Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) está localizada no centro geográfico do estado do Rio Grande do Sul, distante 290 km da capital, Porto Alegre. A cidade de Santa Maria é o pólo de uma importante região agropecuária que ocupa a parte centro-oeste do Estado. O campus da UFSM está localizado no bairro Camobi, km 9, rodovia RS-509, onde se realiza a maior parte das atividades acadêmicas e administrativas.

A extensão do campus universitário é de 1.863,57 hectares, com edificações que perfazem 239.578 metros quadrados, mais 42.036 metros quadrados fora da sede, totalizando 281.614 metros quadrados de área construída.

A instituição possui 25 auditórios com a capacidade total para acomodar 4.177 pessoas, doze lancherias e dois Restaurantes Universitários, Biblioteca Central, com 92.535 volumes (livros e teses), Bibliotecas Setoriais, com 63.783 volumes (livros e teses), Hospital-Escola, com 335 leitos, Hospital Veterinário e Farmácia-Escola Comercial, Museus e Planetário.
Altaneirense Eliene e suas filhas no Campus da UFSM (Foto: Fábio Teixeira)
A UFSM oferece, ainda, área residencial, mediante cadastro socioeconômico realizado pela Pró-Reitoria de Assuntos Estudantis, com a capacidade para alojar até 1.805 estudantes, embora tal disponibilidade dependa de alguns fatores. Além da moradia, os alunos cadastrados podem pleitear auxílio transporte, alimentação, ensino de língua estrangeira, bolsa de assistência e monitoria remunerada.