25 de agosto de 2018

TRE apresenta tempos de rádio e TV dos candidatos ao Governo e Senado no Ceará


O Tribunal Regional Eleitoral (TRE-CE) divulgou na tarde de ontem (24/08) a divisão do tempo de exposição no horário eleitoral gratuito. A propaganda política começa na próxima sexta-feira (31/08).

A cada bloco do horário gratuito eleitoral, o governador e candidato à reeleição Camilo Santana (PT) terá mais que o dobro do tempo de todos os outros candidatos somados: 6 minutos e 18 segundos. Logo atrás do petista, vem o General Theophilo, do PSDB, com a segunda maior fatia do bolo: 1 minuto e 55 segundos.

No bloco de um dígito estão Francisco Gonzaga (PSTU) e Mikaelton Carantino (PCO), ambos com 9 segundos. Candidato do presidenciável Jair Bolsonaro no Ceará, Hélio Góis (PSL) terá 10 segundos. Ailton Lopes (Psol) ficou com o maior pedaço entre as candidaturas nanicas: 17 segundos.

O rateio desse tempo obedece ao critério de representação parlamentar. Dono de um arco de alianças com 24 legendas, 16 das quais estão oficialmente coligadas à chapa que disputa a corrida ao Palácio da Abolição, Camilo lidera também entre o número de inserções.

Ao todo, o petista contabiliza 685 "spots" (peças cuja duração varia de 30 a 60 segundos) contra 210 do General e 31 de Ailton. O candidato do PSL conta 19 entradas ao longo do dia. Gonzaga e Mikaelton têm 16 cada um.

Além do tempo, o TRE-CE também sorteou a ordem de aparição dos postulantes ao Governo do Estado na estreia do horário gratuito.

Como num bingo, no qual as bolinhas numeradas vão sendo retiradas aleatoriamente de um globo metálico, a sorte determinou que Gonzaga seja o primeiro a falar com os eleitores cearenses pela televisão e rádio.

Passados os nove segundos a que o candidato tem direito, entra em cena então o nome do PCO, Mikaelton, seguido por Hélio e Ailton. Somado, o tempo desse primeiro pelotão chega a 45 segundos.

À frente das grandes estruturas partidárias e donos das maiores porções de propaganda, Camilo e General, nessa ordem, fecham o bloco, que terá 12min25s.

Por dia, serão veiculados dois segmentos de propaganda. Segundo resolução do TRE-CE, as propagandas subsequentes seguirão ordem inversa. Nela, o General começa e Gonzaga vai para o fim da fila.

As campanhas dos candidatos ao Governo e ao Senado estão agrupadas, sendo expostas no mesmo dia. Segue-se a dos postulantes a deputado federal e estadual.

O tribunal estipulou ainda tempo de propaganda e ordem de apresentação dos candidatos ao Senado. Nome da chapa governista, o ex-governador Cid Gomes (PDT), com 3min10s, será o terceiro a aparecer no horário eleitoral.

Pastor Pedro Ribeiro (PSL) e Dr. Márcio Pinheiro (PSL), com 5 segundos, abrem o bloco dos postulantes a uma vaga no Senado. Na sequência vêm Anna Karina (Psol) e Pastor Simões (Psol), com 8 segundos.

Adversários diretos de Cid, o candidato do Pros Eduardo Girão e a tucana Dra. Mayra chegam com 58 segundos.

Eunício Oliveira (MDB), presidente do Congresso que briga por um novo mandato, aparece com 2min14s o segundo pedaço mais gordo do tempo distribuído entre os concorrentes.

No mesmo grupo, fecham a participação João Saraiva (Rede) e Robert Burns (PTC), os dois com 6 segundos; Alexandre Barroso (PCO), com 4 segundos; e Magela (PSTU), com 4 segundos.

Ordem de entrada

GOVERNADOR
1) Francisco Gonzaga (PSTU), com 9 segundos
2) Mikaelton Carantino (PCO), com 9 segundos
3) Hélio Góis (PSL), com 10 segundos
4) Ailton Lopes (Psol), com 17 segundos
5) Camilo Santana (PT), com 6min18s
6) General Theophilo (PSDB), 1min55s

SENADO
1) Cid Gomes (PDT), com 3min10s
2) Eduardo Girão (Pros) e Dra. Mayra (PSDB), com 58 segundos
3) Eunício (MDB) e Bardawil (Podemos), com 2min14s
4) Anna Karina (Psol) e Pastor Simões (Psol), com 8 segundos
5) João Saraiva (Rede), com 6 segundos
6) Robert Burns (PTC), com 6 segundos
7) Pastor Pedro Ribeiro (PSL) e Dr. Márcio Pinheiro (PSL), com 5 segundos
8) Alexandre Barroso (PCO), com 4 segundos
9) Magela (PSTU), com 4 segundos

INSERÇÕES
Camilo Santana (PT) terá 685 inserções na propaganda contra 210 do General Theophilo (PSDB) e 31 de Ailton Lopes (Psol). O candidato do PSL, o advogado Hélio Góis, conta 19.

Com informações portal O Povo Online