18 de abril de 2016

Altaneirenses comentam decisão da Câmara dos Deputados sobre impedimento de Dilma

Vários altaneirenses usaram as redes sociais para criticar a decisão da Câmara dos Deputados que decidiu na noite de ontem (17/04) pela autorização para abertura de processo de impedimento da presidente Dilma Roussef (PT). 

O professor e blogueiro Nicolau Neto foi um dos primeiros a comentar o processo: “Nunca pensei que depois de estudar bastante o processo de redemocratização do Brasil, estaria agora testemunhando um golpe e no papel de escrever sobre a luta de várias classes sociais para não sofrer um retrocesso”.

O acadêmico de direito Marcelo Soares Mota, criticou a postura dos deputados ao anunciar os votos: “Uma vergonha esses políticos votando e dando qualquer justificativa, o verdadeiro motivo que é o crime de responsabilidade fiscal quase não é falado”.

Marcelo citou, ainda, que o dia dia 17 de abril de 2016 entra para a história do Brasil não apenas como o segundo processo de impeachment aprovado pela Câmara dos Deputados, e sim como a concretização de um golpe de Estado por motivos fúteis que trarão consequências de longa duração para o país.

“Além disso, as acusações de que a presidente Dilma Rousseff cometeu crime de responsabilidade fiscal foi apenas, de certa forma, um pretexto para a concretização de um golpe patrocinado pela mídia e pelos grandes setores da sociedade, que já não aguentavam perder quatro eleições seguidas para uma população que ate quatorze anos atrás era considerada insignificante para eles no desenvolvimento do país” escreveu Marcelo.

Outro acadêmico de direito, Eduardo Amorim, fez lembrar o pronunciamento do ex-governador Cid Gomes na Câmara dos Deputados: “367 é um indicativo numérico compreendido entre 300 e 400. Cid Gomes estava certo!”.

Já o estudante de contabilidade EdyclerJefferson lembrou a posição do deputado Genecias Noronha e cita que “A noite que deixamos de ser Presidencialismo e viramos Parlamentarista...”.

O fisioterapeuta Willian Soares lembrou a linhas de sucessão de Dilma e ironizou: “Michel Temer vai ser o mais novo presidente do Brasil e o seu vice Eduardo Cunha, o princípio da honestidade esses dois. Acho q eles dois são os únicos que não estão sendo processado por corrupção, Brasil está de parabéns!!!”.

O soldado PM e ex-vereador Edezyo Jalled foi taxativo: “Decepção Nacional pelo que presenciei no decorrer do dia de hoje sobre a postura dos Deputados Federais. Lamentável a postura de vários parlamentares. Quero no dia a dia analisar a hipocrisia de dezenas de amigos. Será que o Brasil vai mudar??? Resolvemos o problema da nação??? #Lamentável.

A professora Micirlandia Soares admitiu a derrota e ressaltou a ausência de crime de responsabilidade “Infelizmente não deu para ganhar na Câmara, agora partiu Senado. Deixo aqui meu protesto aos deputados que aceitaram esse impedimento sem qualquer crime cometido por a Presidenta Dilma Rousseff. #vergonhademais!”

O representante comercial Italo Duarte faz indagações aos seus amigos e diz o que aprendeu nesse domingo:
“Aos amigos que acreditam que Dilma será a primeira a cair (mesmo sem nenhum crime) para depois cair Eduardo Cunha, Temer e todos os políticos corruptos. Vocês viram o que aconteceu no picadeiro daquele circo em Brasília? Vocês viram e ouviram as ratazanas (produtos de um povo ainda, infelizmente, manipulado) defendendo Temer e Cunha quando algum deputado pensante falava as verdades? Se viram, ainda irão continuar com a ingenuidade que eles serão julgados e condenados, e que tudo não passa de um golpe?
Continuam a achar que o problema do Brasil é Dilma?
Vergonha da grande maioria dos representantes do Brasil, que não me representa!
Duas coisas que aprendi nesse domingo:
1° Não é bom voltar em quem usa o nome de Deus em vão. (Já desconfiava)
2° Nem sempre é bom está do lado dos vencedores. Cunha, Renan, temer, bolsonaro (pai e filho), Paulinho, Feliciano, entre outros.
E digo mais, não foi consumado e nem será!! Vamos pra rua, vamos defender à Democracia, o voto popular, o resultado das urnas. Sem demagogia, não sou filiado a nenhum partido, mais me senti um inútil ao ver que a vontade do Povo nas Urnas foi totalmente ignorada. Não podemos retroceder, deixar que isto seja normal. Não existe 3°turno!! Vergonha!!! #foracunha #foracorruptos”.

Centenas de compartilhamentos de "memes" e imagens criticando a postura dos deputados federais foram compartilhadas nas redes sociais, Twitter e nos diversos grupos de WhatsApp. 

Até o fechamento desta postagem não encontramos comentários dos altaneirenses favoráveis a decisão da Câmara dos Deputados.