22 de abril de 2016

Apenas 8 partidos enviaram relação de filiados a Justiça Eleitoral em Altaneira

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) disponibilizou a relação dos filiados enviados pelos partidos políticos a Justiça Eleitoral.

Dos 17 partidos em Altaneira apenas 8 submeteram a lista de filiados a Justiça Eleitoral no prazo legal (14/04) que não estiver filiado a partido político não pode ser candidato nas eleições de outubro próximo. Enviaram a relação de filiados apenas os partidos PDT, PMDB, PR, PRP, PSD, PSDB, PT e Solidariedade.

Várias são as mudanças em relação a última listagem entregue à Justiça Eleitoral, em outubro do ano passado, no Município de Altaneira.

O vereador Antonio Leite que tinha retornado ao PRB após passagem pelo Pros, filiou-se ao PDT do prefeito Delvamberto Soares. A vereadora Alice Gonçalves deixou o PSB e filiou-se ao recém-criado PRP. O vereador Professor Adeilton trocou o seu PP pelo PSD que estuda lançar candidato próprio a prefeito. Já o vereador Gilson Cruz teve a sua filiação confirmada no PT.

Na Câmara Municipal apenas o Solidariedade tem dois vereadores, os demais parlamentares são filiados a 7 partidos diferentes, que devem se organizar em blocos na Sessão Ordinária de hoje (22/04). Apesar das várias mudanças o PMDB continua sem representação no Legislativo Municipal.

Em relação ao número de filiados o Partido Popular Socialista (PPS), encontra-se irregular no Município desde 09/11/2006, continua na liderança com 277 filiados, seguido pelo PSDB com 131 filiados e pelo PMDB conta 73 filiações regulares.

O PT do secretário de Governo Dariomar Soares é quarto colocado em filiações com 54 membros seguido pelo Democratas com 53 filiados. Todos os demais partidos tem menos de 50 filiados.

Os partidos com menor número de filiados são o PRB do ex-vereador Raimundim (07), o PRP da vereadora Alice Gonçalves (05) e o Pros que ficou apenas com uma filiada.

Por sua vez apenas 13 partidos têm seus órgãos vigentes no Município de Altaneira sendo 7 Comissões Provisórias (DEM, PDT, PR, PRB, PRP, PSD e PTB) e 6 Diretórios (PCDOB, PMDB, PSDB, PSL, PT e Solidariedade).

Os partidos que não enviaram a relação no prazo legal prevalece a última relação submetida.