30 de maio de 2017

Ciro Gomes também declara apoio a Tasso em eleição indireta

O ex-governador do Ceará, ex-ministro e pretenso candidato a presidente da República em 2018, Ciro Gomes (PDT), declarou apoio ao senador tucano Tasso Jereissati (CE) em uma eventual eleição indireta, no caso de afastamento do atual chefe do Executivo nacional, Michel Temer.

A informação foi publicada ontem (29/05) no jornal O Povo pelo jornalista Eliomar de Lima. Ciro diz ainda que Tasso e o ex-ministro Nelson Jobim (PMDB) são “os melhores nomes possíveis”.

Segundo o jornalista para Ciro, Tasso levaria vantagem na eventual disputa, por ter “experiência de seus governos e pela respeitabilidade merecida”.

Eliomar de Lima lembra que o tucano antecedeu Ciro no governo do Ceará. E Jobim foi ministro do governo de Luiz Inácio Lula da Silva, assim como o presidenciável do PDT.

Registra, contudo, Ciro defende que o Congresso vote uma emenda à Constituição, convocando eleições diretas — seu partido, o PDT, já anunciou que não participará de eleições indiretas, mas o ex-governador admite, no entanto, que essa hipótese é pouco provável.

“O que restará é a torcida para que o Congresso escolha alguém minimamente capaz de administrar a delicada transição”, disse Ciro Gomes.

Na semana passada o governador Camilo Santana (PT) também ventilou apoio a Tasso em eleição indireta.