8 de janeiro de 2015

Na primeira reunião com secretários, governador anuncia cortes de custeio para 2015

O governador cobrou planejamento das ações para os próximos 100 dias (Foto: Divulgação)
O governador Camilo Santana (PT) reuniu, nesta quarta-feira (07/01), todos os secretários de Estado para traçar metas de trabalho para os próximos anos. Foi o primeiro encontro da gestão que terá como marcas o diálogo, a transparência e a impessoalidade no desenvolvimento dos trabalhos. 

"Nós estamos reforçando nossos compromissos de campanha para que estejam sempre na pauta dos secretários. E para que sejam postos em prática. Precisamos estar atentos às necessidades do povo cearense, sempre valorizando o acolhimento para uma gestão eficaz para todos. Estamos recebendo as demandas e cobrando planejamento das ações emergenciais de cada pasta com um cronograma para os próximos 100 dias”, reforçou Camilo.

Os secretários receberam relatórios da equipe de transição e o documento '7 Cearás', resultado do trabalho da equipe de plano de governo, desenvolvido durante a campanha eleitoral e que destaca as características e os desafios por área.

Na contenção de despesas de custeio, o secretário da Fazenda, Mauro Filho, apresentou as previsões econômicas em níveis nacional e estadual. Durante a reunião, os secretários foram informados das metas de contigenciamento, que serão de 20% para as Secretarias da Saúde, Educação e Segurança e 25% para as demais pastas.

“Estamos vivendo um cenário de decréscimo econômico nacional. O Governo Federal já anunciou cortes e, para manter a média histórica de crescimento acima do nacional, vamos fazer algumas reduções de custeio a serem definidas por cada secretaria. Não vamos aumentar impostos e nem reduzir investimentos, tendo em vista que o ex-governador Cid Gomes deixou muitas operações de crédito garantidas”, aponta Mauro Filho.

Com informações Coordenadoria de Imprensa do Governo do Estado