5 de janeiro de 2015

Suplentes assumem no Congresso e na Assembleia Legislativa

Mais de 40 suplentes devem assumir por um mês mandato Congresso Nacional. As vagas surgiram com a renúncia ou licença dos deputados e senadores para assumirem como governadores de estado, ministros e secretários estaduais no último dia primeiro.

No Ceará, dois deputados federais e um senador tiveram de se afastar dos mandatos para assumirem postos no governo Camilo Santana (PT). Os suplentes ficarão nas casas legislativas até o início da nova legislatura que se inicia em 01 de fevereiro, quando tomarão posse os eleitos em outubro do ano passado. 

Assumirá a vaga do senador Inácio Arruda (PCdoB) que convidado para a secretaria estadual de Ciência e Tecnologia, o Pecuarista Raimundo Noronha Filho (foto ao lado). 

Filho Noronha como é conhecido é natural do Município de Parambu no Sertão dos Inhamuns e é irmão do deputado federal Genecias Noronha (Solidariedade).

Mais de 15 assumiram seus mandatos na última sexta-feira (02/01) e para esta semana está prevista a posse dos demais na Câmara dos Deputados. Pelo Ceará assumem ainda os suplentes dos deputados Artur Bruno (PT) que foi nomeado para o Meio Ambiente e Zé Linhares (PP) que será o presidente do Conselho de Educação.

Na Assembleia Legislativa, alguns suplentes já assumiram e outros assumiram com as vagas abertas por Mauro Filho (Pros) que voltou para a Secretaria da Fazenda (Sefaz); Dedé Teixeira (PT) que assumiu a pasta de Desenvolvimento Agrário; Mirian Sobreira (Pros) que vai para a Política sobre Drogas; Ivo Gomes (Pros) que foi para a Secretaria das Cidades; Osmar Baquit (PSD) é hoje titular da Pesca e Nelson Martins (PT) assumiu a Controladoria.