30 de janeiro de 2015

Tasso define cancelamento da Refinaria como “um desrespeito à História do Ceará”

O senador eleito Tasso Jereissati (PSDB) classificou, nesta quinta-feira (29/01), como “um desrespeito à História do Ceará” a decisão do governo federal, por meio da Petrobras, de cancelar o projeto da refinaria premium II do Ceará.

“Isso foi uma das maiores fraudes feitas contra o Governo e o povo do Estado do Ceará. Há mais de oito anos tenho alertado constantemente de que era uma mentira, que não tinha Refinaria. Também falamos que o projeto que poderia vir para o Nordeste foi implantada em Pernambuco com a Refinaria Abreu Lima, por decisão do presidente Lula, por razões ideológicas” disse Tasso em nota enviada ao Blog do Eliomar.

Tasso Jereissati, que assumirá seu segundo mandato como senador no próximo domingo, às 15 horas, em Brasília, foi mais além nas suas críticas: “De lá para cá, toda e qualquer promessa de refinaria foi uma mentira eleitoral que se repetia a cada ano e, principalmente, a cada eleição. Os governos Lula e Dilma mentiram para todos os cearenses, enganando de forma propositada e deliberada o povo cearense com fins eleitorais e demagógicos.”

Sobrou farpas do tucano à bancada federal cearense: “Os representantes do Ceará na Câmara e no Senado estão caladinhos, de cabeça baixa, humilhados e , simplesmente, sem resistência. Falta indignação e uma representação que possa realmente falar, que dê ao povo cearense o respeito e a dignidade que ele merece.”

O tucano deixou claro que seus governos deixaram a base montada – Complexo Industria e Portuário do Pecém, além de estradas, aeroporto novo e outros investimentos, prontos para receber a refinaria.


Com informações Blog do Eliomar