15 de janeiro de 2015

Prefeito Municipal lança nota sobre "TRAÍRAS"

“QUEM DE FATOS SÃO OS VERDADEIROS TRAIRAS”, assim mesmo em caixa alta o prefeito Delvamberto Soares (Pros) intitulou nota publicada na rede social, reproduzindo título de postagem do Blog do Vereador Adeilton.

“Dizem muitos, que não sou político. Confesso que de fato talvez não seja, pelo menos do ponto de vista dos velhos costumes da política altaneirense. Não aceito chantagens. Não aceito imposições. Não negocio privilégios de quem quer que seja, também não entrei na politica para fazer carreira ou meio de sobrevivência” inicia a nota. 

Delvamberto afirma que leu atentamente o texto produzido pelo vereador Professor Adeilton (PP) faz as reflexões motivadas pelo tema à luz de sua participação na política.

Cita que nas últimas eleições de 2012, ao lado de Dede Pio foi reeleito com mais uma maioria histórica e que em 2014 todos os sues candidatos obtiveram mais uma grande vitória, “mesmo sem contar com alguns que se intitulam grandes lideranças”, esclarece.

Delvamberto referindo-se  ao prefeito de Penaforte, Luis Fernandes Bezerra Filho, mais conhecido por Luis Celestina menciona que a maior avaliação de um politico é a urna, “e lá que somos julgados e o povo de Altaneira já fez esse julgamento por três vezes” lembra.

“Propusemos com um grupo de parceiros, a fazer um governo voltado para a melhoria da qualidade de vida de nosso povo e a uma melhor estrutura para todo nosso município desde a zona urbana e não esquecendo a zona rural e hoje podemos afirmar que em todas as localidades existe a marca desse governo, elevando assim o nosso PIB, o poder de compra da nossa gente” escreveu o prefeito.

Delvamberto lembra que em ambos os processos de eleição e reeleição dos membros da Mesa Diretora da Câmara Municipal, fez questão de afirmar que o Poder Executivo não deveria ter ingerência nenhuma, mas dada a falta de entendimento na primeira, apresentou propostas de que cada vereador fosse presidente por um ano, a começar pela vereadora Lélia e em seguida vereador Antonio Leite, o que foi aceito por todos.

Diz ainda que as ações de bastidores mostravam na prática a existência de “agrupamento” dos vereadores Adeilton com as vereadoras Alice Gonçalves e Lélia de Oliveira, o que no seu entendimento motivou o vereador Antonio Leite, a abdicar do acordo anteriormente firmado, para que a vereadora Lélia permanecesse mais um ano no comando da Casa Legislativa.

“Lembrando que mesmo conhecendo todas as deficiências da atual presidente pedi para que os mesmos a apoiasse e lhe retribuísse a lealdade que a mesma mostrava ter ao grupo” esclareceu o prefeito.

O prefeito vai mais além e denuncia que no início de 2014, o Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) determinou fosse notificado o ex-vereador Raimundim, para que se manifestasse, na condição de ex-presidente da Câmara, sobre a denúncia apresentada pelo vereador Antonio Leite, em face do vereador Professor Adeilton Silva, por acumulação ilícita de cargos públicos.

“... ao fazê-lo, apresentou DEFESA do denunciado, aduzindo que a denúncia do Vereador Antonio Leite era perseguição política. A defesa do vereador Adeilton foi protocolada junto ao TCM-CE, em Fortaleza-CE, pela Vereadora Alice Gonçalves, esposa de Raimundim, com viagem paga pela Câmara, tudo autorizado pela Vereadora Lélia de Oliveira” denunciou o prefeito insinuando a existência de um pacto de colaboração entre os antigos adversários no Legislativo.

Delvamberto ainda compartilhou o endereço eletrônico para acompanhamento da denúncia no TCM.

“Porque não divulgaram esses feitos? Porque essa movimentação processualística não foi publicada nas redes sociais ou em seus blogs?”, indagou o prefeito.

“Esse governo não vai se submeter ou temer a esses que desesperadamente tentam de maneiras mais sórdidas possíveis com denuncias e articulações de prejudicar o desenvolvimento do nosso município, essa pratica politica de se dar bem com chantagens, jogos e ameaças funcionava em outros governos, nesse NÃO” conclui a nota.

Até o fechamento desta postagem nenhuma das pessoas citadas comentaram a nota do prefeito Delvamberto Soares.