28 de janeiro de 2015

Refinaria da Petrobras no Ceará é Cancelada

Em balanço divulgado na madrugada desta quarta-feira (28/01), a Petrobras anunciou o encerramento dos investimentos na construção das refinarias Premium I e II, que seriam instaladas, respectivamente, em Bacabeira (MA) e São Gonçalo do Amarante (CE), dentro do complexo portuário do Pecém.

A empresa apontou a baixa com as refinarias como um dos principais fatores responsáveis pela queda de 38% no lucro do terceiro trimestre em relação ao segundo, de R$ 5 bilhões para R$ 3,8 bilhões. 

"O encerramento destes dois projetos gerou uma perda de R$ 2.707 milhões (ou seja, R$ 2,7 bilhões)", afirma o documento.

De acordo com a estatal, a decisão se deu por conta dos resultados econômicos, as baixas taxas de previsão de crescimento dos mercados internos e externos e ausência de parceiro econômico - as perdas com as fraudes da operação Lava-Jato não foram citadas no balanço.

Os dois projetos, bem como as recém-construídas Abreu e Lima e Comperj, foram propostos e aprovados na gestão do ex-diretor Paulo Roberto Costa, delator na operação Lava Jato. Começaram a ser planejadas em 2008, com investimentos previstos de US$ 30 bilhões, e deveriam entrar em funcionamento em 2016 (I) e 2017 (II).

De lá para cá, o Governo do Ceará já investiu cerca de R$ 657 milhões em obras de infraestrutura para a instalação da refinaria.


Com informações portal Brasil 247