12 de setembro de 2014

"Marina se faz de vítima" diz Dilma

Dilma reclamou ontem das reações de Marina às críticas (Foto: Alan Marques)
A presidente Dilma Rousseff, candidata à reeleição pelo PT, subiu o tom das críticas à sua adversária, a candidata à Presidência pelo PSB, Marina Silva, e disse que ela se faz de vítima no debate eleitoral. Em entrevista coletiva ontem no Palácio do Alvorada, Dilma afirmou que Marina teve toda a sua formação política construída no PT e agora adota discurso que não faz sentido com sua trajetória. 

“Cada vez que a gente abre o debate com a Marina, ela se dá como vítima e diz que estamos atacando. Candidata, debate político tem de ser feito. Ninguém está acima de qualquer suspeita. Ninguém pode se achar diferente dos demais. Na democracia somos todos iguais. Temos que dar conta da nossa vida pessoal, do que fizemos, sermos objeto de escrutínio. Cada um de nós, principalmente candidato à Presidência da República”.

Durante a coletiva, Dilma repudiou as declarações de Marina sobre corrupção na Petrobras e afirmou que a candidata do PSB deve sua trajetória política ao PT. Em entrevista ao O Globo de ontem, Marina afirmou que o “que ameaça o pré-sal é o que está sendo feito com a empresa. (...) Como as pessoas vão confiar em um partido que coloca por 12 anos um diretor para assaltar os cofres da Petrobras?”, indagou ela.

“Eu considero que a candidata Marina tem de parar de usar suas conveniências pessoais para fazer declaração. Ela ficou 27 anos no PT. Todos os seus mandatos, ela obteve graças ao Partido dos Trabalhadores. Dos 12 anos aos quais ela se refere, em oito ela esteve no governo ou na bancada no senado federal. Não é possível que as pessoas tenham posições que não honrem sua trajetória política e se escondem atrás de falas que não medem o sentido dos seus próprios atos durante a vida”, criticou Dilma.

Candidato à Presidência pelo PSDB, Aécio Neves criticou ontem ataques da campanha de Dilma contra Marina. O tucano classificou a estratégia petista como “absolutamente inaceitável” e disse que Dilma parte para o “vale tudo” para ganhar.

Porém, nas redes sociais, os perfis oficiais de Aécio e Marina protagonizaram embate no Twitter. “O Aécio está agora fazendo o mesmo trabalho de desconstrução que o PT faz sobre mim. Com os mesmos argumentos usados contra Lula”, dizia a mensagem no perfil de Marina.

O tucano respondeu também no Twitter. “Quem imagina ser presidente da República precisa dizer quem é. Debater não é desrespeitar o adversário. É respeitar o eleitor”, afirmou.


Com informações O Povo Online