23 de setembro de 2014

Cid anuncia licença do cargo para se dedicar à campanha

Cid anunciou decisão após solenidade de entrega de viaturas na Capital (Foto: Evilázio Bezerra)
“Nos próximos dias estarei tirando uma licença do governo. Vou me dedicar exclusivamente à campanha para eleição do candidato Camilo”, declarou o governador Cid Gomes (Pros), na manhã de ontem, 22, durante a entrega de viaturas policiais e do Corpo de Bombeiros. Apesar do anúncio de seu afastamento, a Chefia do Gabinete do Governador informou que não foi definido ainda quando e por quanto tempo durará essa licença. 

A 15 dias do primeiro turno das eleições, o chefe do executivo estadual irá a campo em campanha pró-Camilo depois que os dados da última pesquisa O POVO/Datafolha, mostraram que o petista, apoiado por Cid, subiu três pontos, mas permanece atrás de Eunício Oliveira.

Apesar da diferença entre Camilo e Eunício ter caído para sete pontos, o peemedebista venceria a disputa no primeiro turno, ao levar em consideração os votos válidos (51%). Contudo, com a margem de erro de três pontos percentuais, a possibilidade de um segundo turno entre os dois candidatos não é descartada.

O Presidente do Tribunal de Justiça do Estado, desembargador Luiz Gerardo de Pontes Brígido, deve substituir Cid, pois o Estado não tem um vice, desde a saída de Domingos Filho -agora conselheiro do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM).

Mesmo na ausência do vice-Governador, o atual presidente da Assembleia Legislativa, Zezinho Albuquerque, também não poderá assumir a vacância, pois ele disputa uma reeleição ao cargo de deputado estadual.

Segundo a assessoria do TJCE, o desembargador Luiz Brígido ainda não recebeu nenhum comunicado oficial por parte do Palácio da Abolição até o início da noite de ontem.


Com informações O Povo Online