6 de setembro de 2014

PT aponta erros da campanha de Dilma

A um mês das eleições, o comando nacional do PT se reuniu ontem, em São Paulo, para avaliar o cenário para a reeleição da presidente Dilma Rousseff.

Na primeira parte do encontro, setores do partido fizeram críticas à propaganda na televisão de Dilma, às dificuldades de diálogo com os movimentos sociais e de defesa da reforma política após os protestos de junho. 

A cúpula da legenda também discute uma estratégia para tentar desgastar a presidenciável Marina Silva (PSB), que se tornou a principal adversária da petista na briga pelo Planalto.

Segundo relatos, petistas avaliaram que a propaganda de Dilma, coordenada pelo marqueteiro João Santana, está técnica, com muitos números, faltando emoção e discurso social.

Integrantes do partido dizem que é importante o governo mostrar o que fez, mas que também é preciso apresentar ao eleitor um projeto futuro para tentar reagir ao desgaste do partido que está no poder há quase 12 anos.

A reclamação é que os comerciais destacam muitas obras, sem mostrar o impacto direto da mudança na vida cotidiana nos brasileiros. A ideia é que o filme petista consiga municiar a militância para ir às ruas em defesa da reeleição da presidente.

Petistas defendem que é preciso mostrar Dilma como a candidata de um novo Brasil que já está acontecendo.

Com informações O Povo Online